Secretário de Saúde propõe terceirização do novo Pronto Socorro  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

CUIABÁ Quinta-feira, 08 de Novembro de 2018, 15h:20 | - A | + A




CUIABÁ

Secretário de Saúde propõe terceirização do novo Pronto Socorro

Reunião extraordinária foi marcada para esta sexta-feira (9)

Por: Helena Corezomaé

O Conselho Municipal de Saúde de Cuiabá irá se reunir amanhã (9), ás 14h30, no auditório da Secretaria de Saúde para discutir a pauta: “Novo Modelo de Gestão do Novo Pronto Socorro de Cuiabá”.

A reunião extraordinária foi convocada pelo Secretário Municipal de Saúde, Huark Douglas Correia, que também atua como presidente do Conselho Municipal de Saúde.

Conforme denuncia, de um dos membros do Conselho que preferiu não se identificar, o objetivo da reunião é articular uma forma de terceirizar o funcionamento do novo Pronto Socorro da Capital, que será inaugurado em dezembro.  

Em 2011, quando a prefeitura era comandada por Chico Galindo, a administração tentou estadualizar os Prontos Socorros de Cuiabá e Várzea Grande. Na época, a medida foi barrada pelos Conselheiros.

Porém, o objetivo da Secretaria Municipal de Saúde agora é tentar terceirizar a administração do Hospital, sem que aconteça uma ampla discussão com a sociedade cuiabana.

Segundo um dos conselheiros a intenção da atual gestão é entregar a administração do novo Pronto Socorro para Empresa Cuiabana de Saúde, que foi criada em 2015.

A Empresa Cuiabana tem equipe própria e terá liberdade para efetuar contratos profissionais e aquisição de equipamentos, diferentes do que ocorre na administração direta feita pela Secretária de Saúde, cujos procedimentos precisam se submeter a processos licitatórios.

A reunião entre os conselheiros de saúde está marcada para esta sexta (9) e será aberta ao público.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Bolão - 08-11-2018 18:25:21

Isso é uma piada, a saúde em MT já está a aproximadamente 18 anos sem concurso público, tendo seus hospitais o sistema de terceirização que só piorou a qualidade do atendimento da Saúde Pública em MT. Isso é um problema tanto para o cidadão que depende do sistema, quanto para quem vai trabalhar para ele recebendo uma mixaria e engordando os bolsos dos empresários! Concurso Público já para Saúde em MT, chega de terceirizações, ou o Governador cumpre o dever dele como Gestor do Estado ou pede para sair! É muito fácil entregar uma repartição pública do estado nas mãos das empresas e deixar a responsabilidade de gestor público de lado como Governador. De ao público o que é público e ao privado o que é privado!

Responder

18
3


Carlos Nunes - 08-11-2018 17:02:07

Alguém entende isso? Gastam MILHÕES DE REAIS pra construir a Obra Pública...e depois de pronta dão pra um Grupo Empresarial tomar conta - Terceirizam/Privatizam o negócio. Na hora de construir POR QUE não fizeram uma PPP, pro setor empresarial aplicar ALGUNS MILHÕES DE REAIS no negócio? Agora vão participar da Concorrência pra Terceirizar, Grupos que vão fazer a conta no lápis, pra saber se o negócio é rendoso ou não. Se acharem que é rendoso, participam...se não, caem fora. É evidente que é rendoso pra burro - quem ganhar a concorrência vai ficar uns 30 anos enchendo os bolsos até fofar. Vão ter um prédio novinho, equipamentos novinhos, tudo zero quilômetro...Toda vez que Terceirizam/Privatizam um negócio público, tão dando a si mesmo um Atestado de Incompetência Gerencial...tão dizendo: na nossa mão o negócio não funciona, é ruim pra burro...vamos Terceirizam porque senão não funciona. Qual dia terá a tal da COMPETÊNCIA GERENCIAL? Por que são sempre incompetentes?

Responder

21
1


2 comentários