Governo pede para STF desconsiderar pedido de Defensoria | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

GOVERNO Segunda-feira, 11 de Junho de 2018, 15h:45 | - A | + A




DUODÉCIMOS

Governo pede para STF desconsiderar pedido de Defensoria

O pedido de bloqueio é no valor de R$ 12 milhões das contas do Estado

Por: Redação

O governador Pedro Taques (PSDB) requisitou ao Supremo Tribunal Federal(STF) que desconsidere o pedido de bloqueio de R$ 12 milhões das contas do Estado, feito pela Defensoria Pública, referente ao pagamento dos duodécimos atrasados.

O secretário da Fazenda, Rogério Gallo, afirma que o valor total que deve ser repassado aos Poderes chega a R$ 200 milhões, isso explica a aflição do Executivo.

A Defensoria comunicou a ministra Rosa Weber que não possui interesse em uma conciliação com o governador Pedro Taques (PSDB), devido a liminar já obtida no STF.

De acordo com a Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), instituição que demandou judicialmente a ação em dezembro de 2017, o déficit causado pela falta de repasses do duodécimo a Defensoria Pública de Mato Grosso é responsável pelo fechamento de 15 unidades representativas no Estado.

A ministra Rosa Weber é a responsável pela decisão que obriga o Estado a realizar o pagamento dos duodécimos atrasados e futuros, no dia 20 de todo mês, à Defensoria. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Zeca - 12-06-2018 09:06:51

O governador podia pedir para o parente dele devolver o dinheiro desviado do DETRAN, já pensou, já que ele está pedindo para STF.

Responder

1
0


Well - 11-06-2018 18:53:47

Vc acredita que o Pedro Taques vai pagar as dívidas de seu governo? Com certeza que não! Vai deixar pro próximo. Imagina o rombo que o outro governador vai pegar

Responder

6
0


Carina - 11-06-2018 18:50:31

já era pra ter sido confiscado tudo

Responder

5
0


Carmem - 11-06-2018 16:57:33

Eles só querem receber seus salários, sem ter o trabalho de trabalhar. Querem é ficar mamando nas retas do governo. ficam brigando por dinheiro e os interesses da população fica cada dia para trás, o governador tem que pegar esse dinnheiro e investir na saúde

Responder

1
3


4 comentários