MT deve receber R$ 4 milhões para construir centro de controle na fronteira | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

GOVERNO Sexta-feira, 08 de Junho de 2018, 17h:01 | - A | + A




BOLÍVIA

MT deve receber R$ 4 milhões para construir centro de controle na fronteira

Por: G1

Localizado na fronteira com a Bolívia, Mato Grosso deve receber R$ 4 milhões do governo federal para investir em segurança na fronteira, visando o combate ao tráfico de drogas e roubo de veículos.

Com essa verba, que deve ser liberada a partir de um acordo assinado na quarta-feira (6), o governo do estado prevê a construção de um Centro Integrado de Comando e Controle, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

O acordo foi firmado com representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), na região de fronteira, os policiais militares e federais e agentes do Exército travam combates diários contra o tráfico de drogas e de armas, contrabando e roubos e furtos de veículos.

A Sesp afirma ainda que a Bolívia é um dos principais destinos de caminhonetes roubadas em Cuiabá e Várzea Grande.

Segundo a secretaria, com uma extensão de 983 km entre áreas secas e alagadas, a região de fronteira é extensa demais e cheia de vias de acesso, o que dificulta a ação do Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

“Sempre buscamos junto ao governo federal investimentos para ampliar nossa rede de combate, pois entendemos que temos que investir em ações preventivas”, destaca o secretário estadual de Segurança Pública, Gustavo Garcia.

Ainda segundo Garcia, a Sesp pretende levar ao governo federal um projeto para a construção de para uma base do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e a implementação do sistema de comunicação utilizado pelas forças de segurança, na região da fronteira.

O Centro Integrado de Comando e Controle da Fronteira deve ser interligado ao centro integrado regional, em Cuiabá.

O diretor de operações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão ligado ao Ministério de Segurança Pública, Wanius Amorim, disse que o governo federal vem atuando para promover nos estados que fazem fronteira com outros países um pacto para que haja uma interligação das ações.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Deputado vai se dedicar aos negócios
Críticos serão indenizados após 10 anos
Deputada deve mudar de lado no segundo mandato
Afirma Nelson Barbudo
Taques avalia que não venceu porque não teve votos

Últimas Notícias
15.10.2018 - 13:23
15.10.2018 - 13:21
15.10.2018 - 13:08
15.10.2018 - 13:04




Informe Publicitário