MT deve receber R$ 4 milhões para construir centro de controle na fronteira | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

GOVERNO Sexta-feira, 08 de Junho de 2018, 17h:01 | - A | + A




BOLÍVIA

MT deve receber R$ 4 milhões para construir centro de controle na fronteira

Por: G1

Localizado na fronteira com a Bolívia, Mato Grosso deve receber R$ 4 milhões do governo federal para investir em segurança na fronteira, visando o combate ao tráfico de drogas e roubo de veículos.

Com essa verba, que deve ser liberada a partir de um acordo assinado na quarta-feira (6), o governo do estado prevê a construção de um Centro Integrado de Comando e Controle, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

O acordo foi firmado com representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), na região de fronteira, os policiais militares e federais e agentes do Exército travam combates diários contra o tráfico de drogas e de armas, contrabando e roubos e furtos de veículos.

A Sesp afirma ainda que a Bolívia é um dos principais destinos de caminhonetes roubadas em Cuiabá e Várzea Grande.

Segundo a secretaria, com uma extensão de 983 km entre áreas secas e alagadas, a região de fronteira é extensa demais e cheia de vias de acesso, o que dificulta a ação do Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

“Sempre buscamos junto ao governo federal investimentos para ampliar nossa rede de combate, pois entendemos que temos que investir em ações preventivas”, destaca o secretário estadual de Segurança Pública, Gustavo Garcia.

Ainda segundo Garcia, a Sesp pretende levar ao governo federal um projeto para a construção de para uma base do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e a implementação do sistema de comunicação utilizado pelas forças de segurança, na região da fronteira.

O Centro Integrado de Comando e Controle da Fronteira deve ser interligado ao centro integrado regional, em Cuiabá.

O diretor de operações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão ligado ao Ministério de Segurança Pública, Wanius Amorim, disse que o governo federal vem atuando para promover nos estados que fazem fronteira com outros países um pacto para que haja uma interligação das ações.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Jogo duplo de candidato pode enterrar sua eleição
Veja o resultado completo
Deputado desafia governador e chama de porcaria
PT, MDB e PSDB possuem as maiores quantias
Enquanto se "estapeiam" republicano cresce

Últimas Notícias
22.06.2018 - 19:11
22.06.2018 - 18:40
22.06.2018 - 18:17
22.06.2018 - 18:06


Nenhum deles

Mauro Savi

Wilson Santos

Wagner Ramos

Eduardo Botelho

Prof. Allan Kardec

Nininho

Janaina Riva

Valdir Barranco

Romualdo Júnior

Saturnino Masson

Silvano Amaral

Sebastião Rezende

Max Russi

Guilherme Maluf

Gilmar Fabris

Dilmar Dal Bosco

Max Russi

Roberto Bezerra

Niuan Ribeiro

Paulo Araújo

Antônio Marçal

Josair Lopes

Waldir Caldas

Diany Dias

João Batista

Oscarlino Alves

Edmundo César

Henrique Lopes

Suelme Evangelista

Carlos Avalone

Carlos Brito

Leonardo Oliveira

Layr Mota

Cabo Juliano

Dr. Edvaldo

Professora Rita

Nieta

Sergio Lader

Diego Guimarães

Juca do Guaraná

Faissal

Gilmar Fabris

Ademir Brunetto

Pedro Satélite

Oscar Bezerra

Zeca Viana

Luizinho Magalhães

Baiano Filho

Branquinha

Jajah Neves

José Antônio Pilegi

Luis Braz

Emílio Populo

Marcio Mendes

Cláudio Sena

Emídio de Souza

Major EB Cicero

Guarda Sttefany

Auditor Claudemir

Sargento Joelson

Gisele Lopes

Dr. Divino Henrique

Sr. Elias

Dr. Ardonil

Eliseu Nascimento

Samir Katuma

Dilemário Alencar

Gislene Cabral

Madona

Túlio Fontes

Joyce Lombardi



Informe Publicitário