Igreja Batista Getsemâni

Depois do risco de cancelamento, governo lança calendário dos Jogos Escolares

Dinheiro de fundo esportivo vem sendo usado indevidamente para o custeio da máquina pública

Marcio Camilo
Redação

Gcom-MT

Gcom-MT

Depois da polêmica do governo ameaçar não realizar os Jogos Escolares por falta de verba, o que gerou revolta entre os desportistas, e do uso indevido do Funded [Fundo de Desenvolvimento Desportivo] para o custeio da Seduc, a secretaria adjunta de Esporte e Lazer divulgou o calendário atualizado das 13 etapas do evento estudantil.

Pelo novo calendário, os jogos começam na cidade de Querência, no próximo dia 19. No calendário antigo, está primeira etapa deveria ocorrer na primeira quinzena de maio.

Embora o governo não confirme de vez a realização dos jogos, o novo calendário não deixa de ser um alento para os professores/técnicos, secretários municipais de Esporte e sobretudo para os estudantes/atletas que depende do evento para fazer ranqueamento e assim conseguir o Bolsa Atleta.

A polêmica de não realizar os jogos surgiu na segunda-feira passada (04), quando uma equipe técnica do governo decidiu se reunir para avaliar a possiblidade de cancelar o evento, sob o pretexto de fazer economia para o caixa do Estado.

A situação gerou revolta entre os profissionais da área, que se mobilizaram e buscaram o auxílio de agentes políticos para interferirem no processo, entre eles estavam os deputados estaduais Allan Kardec (PDT), que é formado em Educação Física; e Baiano Filho (PSDB), que já foi secretario estadual de Esporte e Lazer.

A pressão deu certo e o governo recuou em relação ao cancelamento das 13 etapas dos Jogos Escolares. Na oportunidade, após encontro com os políticos, Taques afirmou que o governo fará um grande esforço para manter a realização do evento, no entanto sem dar grandes garantias ou explicações da viabilidade financeira para isso.

O site Mpopular Popular apurou que o governo vem usando indevidamente a verba do Funded para custear as despesas da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer – órgão diretamente ligado à Secretaria de Educação.

Basicamente, o governo tem pagado com o Funded conta de luz, fornecedores e principalmente as diárias de viagens dos servidores da secretaria.

Para se ter uma ideia, neste ano, já foram usados R$ 2.209, 322 milhões do Funded. Desse valor, 2.018,800 milhões (91%) foi para custeio. Os dados são do portal Mira Cidadão – mecanismo de transparência dos gastos públicos do Governo do Estado.

Por lei, os recursos do Funded têm que ser aplicados majoritariamente para o fomento do lazer e esporte amador – fato que não vem ocorrendo nos últimos três anos. LEIA MAIS AQUI.

CALENDÁRIO JOGOS ESCOLARES

Os jogos estão divididos em 10 etapas regionais e 13 estaduais, envolvendo estudantes de 12 a 17 anos, em modalidades como: basquete, futsal, handebol, vôlei e atletismo.

Além de Querência, também recebe as etapas regionais cidades como: Sinop, Nobres, Jauru, Cáceres e São Feliz do Araguaia.

Os jogos em Mato Grosso classificam os melhores atletas e equipes estudantis do Estado para a etapa nacional do Evento, que neste ano será realizado em Natal, Joinville e Manaus.

Confira o calendário dos jogos na íntegra: 

 

SAEL-MT

Calendário dos Jogos Escolares

Cidades que vão receber as etapas dos Jogos Escolares, conforme calendário da Sael-MT

 


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: http://www.muvucapopular.com.br