EM DEFESA DA SOCIEDADE

AL abril

14 obras tocadas pelo governo federal serão retomadas no Estado

O Governo Federal anunciou a retomada de 436 obras no país; em MT, as 14 custarão de R$ 23,8 milhões

Brasil

635 acessos

14 obras tocadas pelo governo federal serão retomadas no Estado
ALINE ALMEIDA

O Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão anunciou na última quarta-feira a retomada de 436 obras em todo o país. Em Mato Grosso será dada continuidade em 14 obras com custo total de R$ 23,8 milhões. Bahia será o Estado com maior número de obras retomadas, 55, totalizando R$ 112 milhões. Somadas, as obras a serem retomadas tem custo de R$ 847 milhões. 

Segundo o Governo Federal o número integra os 1,1 mil projetos recuperados em novembro do ano passado. Do total, 79 já foram concluídos e a estimativa é de que todas as obras sejam colocadas em andamento até 30 de junho de 2017. As obras estão espalhadas em 24 estados. 

Das obras retomadas e em andamento no Estado aparecem uma praça em Rondonópolis, Centro de Iniciação ao Esporte em Sinop, duas creches em Sinop, uma creche em Guarantã do Norte, uma creche em Pontes e Lacerda, uma creche em Santo Antônio do Leverger e uma em Denise. Além de duas quadras poliesportivas, uma em Castanheira e outra em Santo Afonso. E ainda uma obra de abastecimento de água. Juntas as obras em andamento somam R$ 15 milhões. 

Segundo o levantamento do Governo Federal, entre as obras já retomadas estão creches e pré-escolas (89), obras de prevenção em áreas de risco (13), quadras esportivas nas escolas (141), obras de saneamento (67), obras de urbanização de assentamentos precários (68), entre outras. 

Em Mato Grosso entre as obras concluídas aparece uma creche no município de Guiratinga. Além de obra de saneamento nos Bairros Jardim Ipanema e Boa Esperança. Além de urbanização de assentamentos precários. As três obras concluídas somaram quase R$ 8 milhões. 

O Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão confirmou ainda que existem recursos disponíveis e suficientes para todas as obras, inclusive assegurados em orçamento. O Ministério confirmou a liberação de R$ 847,7 milhões para a execução. A maioria desses projetos são operações realizadas com empresas pequenas e médias e, até por isso, foram retomadas mais rapidamente. 

Em novembro do ano passado o Governo Federal já havia divulgado a lista de 1,6 mil obras de infraestrutura que receberão recursos federais para a retomada da execução. Segundo Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão, os empreendimentos – que têm, cada um, o valor de até R$ 10 milhões – estavam paralisados em 30 de junho e foram selecionados em função da relevância para a população e da melhoria que irão proporcionar nas condições de vida dos brasileiros. 

O Ministério confirmou ainda que a retomada das obras irá movimentar a economia nos estados e municípios, com a criação de novos postos de trabalho. A estimativa é de que a iniciativa gere até 45 mil empregos na construção civil. As obras estão compreendidas em diversas categorias e contemplam 1.071 municípios localizados nos 26 estados. Das 1.600 na lista de prioridade, 55 estão no Estado de Mato Grosso com custo de R$ 93,6 milhões. (Diário)
 

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé