EM DEFESA DA SOCIEDADE

Bom de bola prefeitura cuiaba novembto

Taques imita PT e lança 'Bolsa miséria' com valor de R$ 100 reais para 35 mil famílias

Ainda sem nome, o plágio do Bolsa Família em nível estadual vai distribuir cem reais, que não custeia sequer uma cesta básica

Cidades

Redação 4794 acessos 23

Taques imita PT e lança 'Bolsa miséria' com valor de R$ 100 reais para 35 mil famílias
MUVUCA POPULAR

O governo estadual resolveu dar uma espécie de esmola no valor de R$ 100 reais para 35 mil famílias das mais de 140 mil que vivem abaixo da linha de miséria em Mato Grosso. O anunciou foi feito nesta segunda (09) na ocasião da nomeação do novo Secretário de Assistência Social, Max Russi, e deverá ser lançado oficialmente apenas em fevereiro, com data incerta para implantação. A quantia estipulada não dá para comprar, sequer, uma cesta básica, cujo preço em Cuiabá, segundo o Dieese, está em torno de R$ 431 reais.

O secretário de Trabalho e Assistência Social, Max Russi, revela que se trata de um programa que será desenvolvido em parceria do governo com as prefeituras, Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Maçonaria, clubes de serviço, federações patronais e igrejas. Russi explicou que após triagem social a família contemplada terá que se enquadrar a algumas exigências, a exemplo de manter os filhos matriculados e dos seus adultos participarem de programas de capacitação de mão de obra. 

O montante transferido será fixo, de R$ 100 reais mensais por um período de até um ano e os beneficiários terão prioridade nas listas de vagas de trabalho do Sistema Nacional de Emprego (Sine) do Ministério do Trabalho. 

O governo diz que já tem dinheiro no Fundo da Miséria, que atingirá cerca de 1% da população mato-grossense. O desembolso do estado custará, somente em benefícios, sem contar o valor gasto com propaganda e outras despesas, R$ 3,5 milhões/mês, ou R$ 42 milhões ao ano, aproximadamente a metade do que se gasta com a publicidade do governo durante um ano. 

Os pagamentos serão feitos por meio de cartões magnéticos operados em banco e deverá ser o trunfo eleitoral do governador Pedro Taques rumo a uma pretensa e improvável reeleição em 2018. 

O Programa é uma imitação piorada do Bolsa Família, implantado pelo governo do PT em nível federal. De acordo com os analistas, a ideia do governador Tucano é agradar as camadas populares, já que perdeu completamente o laço com o funcionalismo público estadual e a classe média do estado.

P.S. Vale ressaltar, que no início do governo Pedro Taques foi cancelado o Programa Panela Cheia, implantado ainda no governo Blairo Maggi, e que assistia mais de 20 mil famílias nos 141 municípios.

O que dizem sobre isso?

  1. Mais uma vergonha nacional, fala sério crise, para comprar voto tem dinheiro.

  2. Fala sério.....me falaram que era uns 300 reais....já tô com nome nessa porcaria!.....100 não paga nem meus shake.....e a academia? E as roupa que querem que use da casa prado?....assim não dá.....vou cortar as picada desse bando de veado mão de vaca! Acabou festinha no florais.....querem a picona vão ter que pagar de vdd

  3. Assino embaixo tudo que você disse Portolei. Aqui é o local certo para debatermos esse desgoverno.

  4. Leio todos os dias os comentários de todas as reportagens relacionadas ao governo no Muvuca Popular. O que percebo com tudo isso, é que são pessoas esclarecidas que formam a gama de leitores deste jornal. Quanto ao assistencialismo, digo que ele é necessário, uma vez que têm famílias abaixo da linha da pobreza e que precisam de ajuda para continuar sobrevivendo. Alguns aqui dizem quem paga a conta de tudo isso somos nós trabalhadores...somos nós sim, e não sou contra nada disso, penso que deveriam pagar mais para essas famílias, independentemente de governos...o que eu não concordo é de estarmos sustentando um judiciário com altíssimos salários, um legislativo com excelentes benesses, MP,TCE e outros, sendo que não vemos justificativas desses tão altos ganhos. Somos aqueles quem sustenta toda a máquina, do pobre ao mais abastado, nós sustentamos...somente penso que esse sistema de feudalismo deve ser revisto, pois em toda história da humanidade sempre tem uns espertalhões abusando do trabalho do proletariado, aprovando leis e julgando-as em benefício da minoria. Neste des-governo não é diferente. Basta sabermos até quando aguentaremos sustentar esses marajás em detrimento do povo.

  5. Esse incompetente e incapacitado sem pescoço já vai começar a comprar voto desde cedo.

  6. Esses 35 mil pegam os 100 reais e depois votam na oposição. Seria um baita troco para tanta ruindade. Mas infelizmente, Jesus não tem dentes no país dos banguelas... Ainda ganha de novo em 2018 e acaba de escaldar o funcionalismo, até o povo implorar por uma PDV, concretizando a agenda dos neoliberais tupins.

  7. http://veja.abril.com.br/brasil/garotinho-comandou-compra-de-votos-com-mao-de-ferro-diz-juiz/ Caros colegas, Não sei bem o porquê, mas esta reportagem fez lembrar-me desse fato (do link). Mas Garotinho fez assistencialismo em ano eleitoral e de forma irregular. Aí não "colou". E outra problemática, é que ele não tinha o judiciário como parceiro. Mas "gente honesta' precavida pode obter mais sucesso. E ademais, não torço contra o benefício, afinal não querer que uma família necessitada não receba algo que vai lhe ajudar, seria maldade. E é sabido, que os políticos já perceberam que o voto do funcionalismo público pode fazer a diferença em uma eleição, logo, sem esse apoio, é preciso buscar alternativas. E se, como já divulgado, o programa atingir os 141 municípios, aí pode-se pensar em um resultado possível/favorável em 2018. Simples assim. P.S. Mas acredito que o valor R$ 100,00, seria maior se não fosse a crise!

  8. Sem dúvida, já está comprando voto e boca de urna. Cara de pau!!!

  9. Olhando lá trás no início da Gestão Taques o então Secretário Valdiney fez questão de acabar com todos os Programas, Projetos etc etc, exonerou pessoas de criação, articulação e trabalho, ficando apenas com os oportunistas de plantão, o então Secretário mandou auditar todos os projetos, programas e convênios, atacou muitas pessoas, hoje ta ai quem gospe para o alto cai na testa, o então Secretário resolveu criar os novos programas entres eles: Casamento social = Casamento comunitário, Bolsa Miséria = Panela Cheia de tanto sucesso que até caiu, enfim a Transformação cade kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, da um chego na setas e vai ver tanto de transformação parado.

  10. Como e triste a falta de iniciativa do Governador Pedro Taques, essa iniciativa vai diretamente de frente com a fala dele que o estado está sem margem para investir e o servidor come todo o dinheiro com os salários, atitude essa que não passa de uma ação populista descaraterizada em politica social mais que no fundo não passa de uma ´´boca de urna´´ antecipada, o mais triste e que ainda vamos ter gente agradecendo e proclamando essa iniciativa como glamurosa, eu acreditei nesse senhor como diferente mais hoje me decepciona como sendo pior dos que já existiam, falta iniciativa positiva criando condições em um estado que se agoniza enquanto o gestor insiste em culpar os servidores ou em comparar nosso estado ao outros da federação demonstrando total despreparo, um gestor não procura culpados pela D.... e sim busca soluções para os problemas, o que não vislumbro na atual gestão soluções apenas lavação de roupa empurrando o problema para os menos culpados que são os servidores.

  11. Ser pobre da lucro no Brasil, 85,00 por cabeça do bolsa familia mais 100,00 do Estado mais 960,00 do bolsa presídio no caso pra quem tem parentesco presos. A soma da 3.455,00 rsrs detale nao estudou, nao contribui com a receita, e ainda ganha mais que eu... BRASIL

  12. Estado com problemas de caixa não faz este tipo de assistencialismo. Este governo é criminoso ja passou da hora dos cidadãos desse estado se juntarem e tirarem esse desastre do governo! Num período que se fala em economia ele faz bolsa miséria? Até os Vereadores não aumentaram salários e num ato criminoso este gestorzinho de merda vem aumentar a carga do trabalhador tirando da saúde, da segurança educação...

  13. Pedrão está pensando na reeleiçåo. Isso não basta, é preciso melhorar muito.

  14. Deixa ele espernear. O mito já caiu. Votei nele, não voto nunca mais.

  15. Sem comentario pra isso. É apelação total no desespero pra reeleger. Só que caridade com o dinheiro alheio não vira neh, o "Merduca" é quem elege no final.

  16. Criticou tanto o Lula e o PT e agora está fazendo igual ou talvez pior.

  17. Só vejo crítica destrutiva, não construtiva, tanto no texto como nos comentários... ops, estou no merduca.

  18. Até pagando atrasado ele atrasa no dia. Antigamente, nos melhores governos que tivemos, o pagamento estava na conta no último dia útil do mês e nas primeiras horas do dia. Não entendo essa matemática!

  19. Os envolvidos na morte do Soldado Abinoão Oliveira, que ocorreu em 2010, NÃO foram ecpulsos da PM-MT até a presente data (10/01). Pedro, assim não dá!

  20. E IMPRESIONANTE COMO ESSE GOVERNO FAZ UMA BURRADA ATRAS DA OUTRA. ESTA TOTALMENTE PERDIDO EM SUA ADMINISTRAÇAO. PARECE UMA BARATA TONTA.

  21. Que é isso? Agora resolveu dar uma de bonzinho, ajudar os pobres com cem reais. Que vergonha!!! Esse governo e seus secretários estão gozando na cara do povo. Mas a hora vai chegar, 2018 a resposta virá. Fora Taques, incompetente.

  22. Isso se chama compra de voto antecipada. Esse governo só falta ser chamado de Comendador. Após comprar o judiciário de Mato Grosso, parte agora para comprar os mais pobres. Mas isso não vai funcionar. Até essas pessoas sabem que o Comendador Taques não vale um pequi ruído.

  23. É fácil fazer caridade com o dinheiro alheio. Enquanto o servidor público é massacrado por este governo (que insiste em dizer que não tem dinheiro para nada), o asfalto chega nas fazendas de seus patrocinadores, cria-se programas sociais de cunho puramente eleitoral, derrama dinheiro na midia estadual para que não falem da paralisia do governo.

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé