EM DEFESA DA SOCIEDADE

Agosto AL o que é AL

Produtores:

Segundo o presidente do Sindicato o atraso afeta a cidade, que, segundo ele, está em amplo desenvolvimento.

Cidades

Redação 349 acessos

Produtores:

Em forma de protesto produtores rurais colaram um cartaz na placa oficial que anuncia o asfaltamento de 37 quilômetros da MT-338, entre o município de Itanhangá e o Distrito de Ana Terra.

Um trecho dos dizeres do cartaz fala, "é muita maldade o que os governantes fazem conosco". Segundo eles, a obra está paralisada há mais de um mês e tem prejudicado o dia a dia do homem do campo, que precisa de estrada boa para escoar a produção.

Orçada em R$ 30 milhões, a pavimentação teve início na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), mas foi paralisada no final de 2014. Em junho de 2016, o atual governador Pedro Taques (PSDB) anunciou sua retomada.

"Mais uma vez a obra de pavimentação desta rodovia foi iniciada e interrompida. Mais uma vez milhões de reais dos nossos suados impostos foram aqui jogados na lama”, diz outro trecho do cartaz.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itanhangá, Luiz Carlos Nunes, o atraso afeta a cidade, que, segundo ele, está em amplo desenvolvimento. Ele relatou que esteve na estrada nesta segunda-feira (9) e não viu nenhuma máquina trabalhando. Informou ainda que há diversos buracos e crateras dificultando a passagem.
 
“Tem produtor que faz entrega até três vezes ao dia e ter de trafegar em uma estrada dessa é prejuízo, é um custo a mais”, disse.

Outro Lado
Em nota, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) disse que a empresa Guaxe – responsável pela obra – interrompeu os serviços devido às chuvas, mas, segundo a nota, os trabalhos já foram retomados.
 
Ainda segundo a Sinfra, a previsão é que a obra esteja finalizada ainda este ano.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG