EM DEFESA DA SOCIEDADE

FALTA DE CRITÉRIO PARA PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DOS BOMBEIROS

Servidores do Corpo de Bombeiro do Estado de Mato Grosso reclamam da falta de valorização dos chamados “praças” (novatos) das corporações da capital.

Coluna Popular

Redação 1059 acessos 2



Segundo informações recebidas pela redação, o critério de avaliação para graduação vai além do que pede o regimento.

Temos exemplos de soldados que entraram com pedido de Ato de Bravura, por salvamento de crianças de casas e prédios em chamas, que tiveram seus pedidos engavetados sem maiores explicações. E outros pedidos, como exemplo, a de um bombeiro que foi condecorado pelo simples fato de matar um cachorro.

As distorções abrem caminho para a sociedade pensar, quais os critérios de avaliação estão sendo utilizados e que não constam no regramento dos bombeiros? Ou será que até isso está sendo corrompido por politicagem e apadrinhamento? Será que um servidor que arriscou a sua vida para salvar outra não merece ser avaliado da mesma forma que os demais? São perguntas que ficam ainda sem respostas.

Este tipo de situação acontece não só no Corpo de Bombeiros mais em outras unidades da Segurança Pública, que leva ao desanimo do servidor. Diante do sentimento de desvalorização pelo seu próprio “chefe”, digamos assim, quem é que não perde a vontade de fazer o seu melhor.

O que dizem sobre isso?

  1. Quando os responsáveis pela morte do Aluno Rodrigo Claro serão punidos? Tem que expulsar da Corporação e prender esse pessoal! Na realidade, é preciso substituir o Comando do Corpo de Bombeiros. Chega de impunidade!

  2. Parabéns pela reportagem.tem muitos soldados que tem caráter e trabalham com respeito as pessoas e não são reconhecidos .

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG