EM DEFESA DA SOCIEDADE

Prefeitura conciliação outubro

FRAUDADORES DO AGRONEGÓCIO EMITIRAM 2 BILHÕES EM NOTAS FISCAIS FALSAS EM MT

Apenas nos dois últimos anos, e com o envolvimento de gente graúda, se permitiu que sonegadores dessem golpes que ultrapassaram os R$ 140 milhões.

Coluna Popular

Redação 853 acessos 2



Operação Crédito Podre deflagrada hoje (07) prendeu organização criminosa que apenas na safra agrícola 2016/2017 sonegou R$140 milhões em impostos, sem contar a venda de créditos do ICMS. O rombo poderia ser maior se os crimes anteriores a 2012 não estivessem prescritos.

Esquema bilionário igual a esse tem o envolvimento de gente grande, e os presos nessa operação são conhecidos como estelionatários de pequenos golpes na Capital. Segundo a Secretaria de Fazenda, os únicos servidores envolvidos foram juízes enganados pela quadrilha para concessão de liminares para se manter o esquema funcionando, mesmo com a emissão de mais de 2 bilhões de notas fiscais falsas.

O que dizem sobre isso?

  1. Continuem não taxando devidamente o agronegocio ....

  2. Juízes enganados é muito boa, piada né! Uma liminar concedida em plantão, tudo bem! Mas quando vira rotina, aí complica! Ou não lê a peticao ou tem algo maculado nisso!

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé