EM DEFESA DA SOCIEDADE

Novembro AL Ética

Funcionários já arrecadaram R$ 4 mil com pedágio em rodovia para pagar contas de hospital em MT

Como não tem condições de contratar um anestesista, a sala de cirurgia - mesmo completamente equipada não funciona mais.

Cotidiano

Redação 327 acessos 1

Funcionários já arrecadaram R$ 4 mil com pedágio em rodovia para pagar contas de hospital em MT
G1

Funcionários do Hospital das Clínicas de Denise, a 208 km de Cuiabá, já arrecadaram R$ 4 mil com o pedágio que vem sendo feito na MT-246, a fim de pagar despesas básicas da unidade e mantê-la funcionando. Os médicos do hospital já estão com salários atrasados há três meses, enquanto os funcionários estão há um mês sem receber.

A Secretaria de Saúde de Denise informou que já repassou R$ 46 mil para o hospital, mesmo a instituição estando com a certidão negativa, e afirmou que até o fim do ano irá repassar mais R$ 60 mil.

O hospital é filnatrópico e o único daquele município. A média de atendimentos da unidade é de 500 pacientes por mês. Desde que a crise começou, alguns setores do hospital precisaram ser desativados e, na farmácia, já faltaram medicamentos básicos.

Como não tem condições de contratar um anestesista, a sala de cirurgia - mesmo completamente equipada - não funciona mais. A sala de parto também não é utilizada há quatro meses. Diante da situação, os funcionários decidiram ir para a rodovia pedir por doações aos motoristas. O pedágio não é obrigatório.

Com o dinheiro arrecadado até agora, os funcionários pretendem quitar as dívidas contraídas com o mercado e com a farmácia do município - sendo que, só com esse último, a dívida já chega a R$ 2 mil. O hospital também tem uma dívida de R$ 800 mil com a Previdência e, por isso, está com a certidão negativa, o que impede de receber o repasse da prefeitura.

O que dizem sobre isso?

  1. OBRIGAÇÃO DO ESTADO MANTER HOSPITAIS FUNCIONANDO. OLHA QUE SITUAÇÃO CHEGOU.

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé