EM DEFESA DA SOCIEDADE

TCE abril

Posto de biometria começa a operar no Fórum de Cuiabá

Quem não fizer o cadastramento terá o título cancelado

Cotidiano

Redação 431 acessos

Posto de biometria começa a operar no Fórum de Cuiabá
Com informações da assessoria

A população cuiabana terá mais um local para realizar o cadastramento biométrico a partir da próxima segunda-feira (5 de fevereiro). Um posto de biometria foi montado no Fórum de Cuiabá e funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Para inaugurar o novo ponto de cadastramento biométrico, haverá uma solenidade com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos Ribeiro; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), desembargador Márcio Vidal; e o vice-presidente da Corte Eleitoral, desembargador Pedro Sakamoto, às 8h30, no posto de biometria do fórum.

A estrutura está localizada no piso inferior do Fórum da Capital, ao lado da Central de Conciliação, com nove guichês de atendimento ao público.

De acordo com a juíza-diretora do Fórum da Capital, Edleuza Zorgetti, a expectativa é atender, em média, 450 pessoas por dia. O posto funcionará até o mês de maio.

Para realizar o recadastramento, basta levar um documento oficial com foto (RG, CNH, carteira de trabalho etc.), comprovante de residência e o título de eleitor. Quem não tem o título em mãos pode levar o comprovante de votação ou a certidão com o número do título, que pode ser emitida no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Importante frisar que os eleitores de Várzea Grande não poderão realizar a biometria no Fórum de Cuiabá, pois é necessário fazer o cadastro na zona eleitoral onde a pessoa vota.

O acordo para implantação do posto no Fórum de Cuiabá foi firmado no dia 23 de janeiro pelos desembargadores-presidentes e pela corregedora-geral da Justiça, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro.

Na ocasião, o presidente Rui Ramos – que já presidiu a Corte Eleitoral – afirmou que “o cadastramento biométrico é uma questão de cidadania que garante mais segurança e impede fraudes. Não poderíamos ficar fora de uma colaboração com o Tribunal Eleitoral. Não negaríamos esforços para ajudá-los, por isso disponibilizamos recursos humanos e estrutura para abrigar esse posto”.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG