EM DEFESA DA SOCIEDADE

AL Cidadão abril

11 empregadores de MT estão na 'lista suja' do Ministério do Trabalho

No estado, 78 pessoas foram resgatadas entre janeiro e dezembro do ano passado. No

Cotidiano

Redação 452 acessos

11 empregadores de MT estão na 'lista suja' do Ministério do Trabalho

Onze empregadores de Mato Grosso estão incluídos na 'lista suja' do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) por submeter os trabalhadores à condição análoga à escravidão. No Brasil, 166 nomes, 34 pessoas físicas e jurídicas estão na lista pela primeira vez.

No estado, o maior problema foi identificado na área rural.

Em fazendas e outras propriedades, os trabalhadores eram forçados a trabalhar em jornadas excessivas e ainda enfrentavam ameaças e restrições para deixar o trabalho.

As fiscalizações foram feitas em propriedades nos municípios de Santo Antônio de Leverger, Sorriso, Matupá, Itiquira, Paranaíta, Paranatinga, Poxoréu, Itanhangá e Feliz Natal.

Nos locais de trabalho: as ações encontraram alojamentos sem nenhuma estrutura e limpeza.

No ano passado, Mato Grosso liderou o ranking de resgates de trabalhadores em situação análoga a escravidão do MTE. Entre janeiro e dezembro do ano passado, 78 pessoas foram resgatadas no estado.

No total, 184 propriedades foram visitadas em todo o Brasil, o que resultou no pagamento de R$ 2,28 milhões. Em Mato Grosso, as multas geraram indenização de R$ 503 mil.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG