EM DEFESA DA SOCIEDADE

TCE abril

Dona de casa diagnosticada com Guillain-Barré aguarda vaga em UTI e acompanhamento neurológico em MT

Lilian Félix da Silva, de 32 anos, espera transferência de Tangará da Serra para Cuiabá, já que no município não possui neurologista. Ela também precisa de vaga em UTI.

Cotidiano

Redação 272 acessos 1

Dona de casa diagnosticada com Guillain-Barré aguarda vaga em UTI e acompanhamento neurológico em MT
G1

Com síndrome de Guillain-Barré, uma dona de casa de 32 anos está internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, no aguardo da transferência a Cuiabá para ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e receber acompanhamento com um neurologista.

No município, o Sistema Único de Saúde (SUS) não dispõe de neurologista.

Lilian Félix da Silva está numa cadeira de rodas e perdeu parte dos movimentos. Ela espera um leito de UTI desde a última terça-feira (10), data que foi encaminhada para a UPA.

"Hoje eu preciso de uma vaga no Hospital Universitário Júlio Müller para continuar meu tratamento neurológico, porque aqui (em Tangará da Serra) não tem neurologista pelo SUS", disse.

Tem dois meses que ela foi diagnosticada com Guillain Barré.

Há duas semanas, a Lilian ainda conseguia andar e agora faz poucos movimentos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o nome dela foi encaminhado para a Central de Regulação do Estado, quando ela chegou na UPA no início da semana.

Como em Tangará da Serra não tem neurologista que atende pela rede pública e nem UTI, ela precisa ser transferida para Cuiabá.

Em nota enviada às 9h52, a Secretaria de Saúde do Estado informou que foi pedida uma vaga de UTI para Lilian e que aguarda a atualização do sistema da central de regulação do Sistema Único de Saúde (SUS) para a transferência. Informou ainda que Lilian passa por um tratamento contra uma infecção urinária e que só vai ser transferida depois desse tratamento ser feito.

Mas, depois, às 12h15, a pasta emitiu uma nota nota dizendo que a Central de Regulação Estadual do SUS informou que a paciente está com quadro de saúde estável e que será submetida a exames e que não foi confirmada a necessidade de UTI como havia sido solicitado anteriormente.

O que dizem sobre isso?

  1. Vaga em UTI? A mesma estória de sempre...outro dia uma senhora, aqui em Cuiabá mesmo, levou um tombo em casa, teve traumatismo craneano, precisava urgentemente de uma vaga em UTI...não tinha vaga...como doença não espera vaga de UTI aparecer...MORREU. Sabe quando o SUS, a Saúde, vão melhorar uns 1000%? Quando fizeram uma |Lei, onde todas as nossas "otoridades", do vereador até o presidente da república, sejam atendidos exclusivamente pelo SUS. Virem clientes do SUS...aí, o SUS melhora da noite pro dia. Aparece dinheiro. Dizem que Saúde é um direito constitucional dos cidadãos e cidadãs. Constituição é aquele livro que todos os dias é rasgado e jogado no lixo. Quando o cidadão procura um Posto de Saúde e dizem: não tem médico, ou um Hospital e dizem: não tem vaga em UTI.

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé