EM DEFESA DA SOCIEDADE

Diário de contas novo (TCE)

Tesoureiro de campanha operou caixa 2 de Pedro Taques, afirma Globo

Alan Maouf é apontado pela imprensa nacional como o operador do caixa 2 de Pedro Taques

Denuncia

Redação 2181 acessos 4

Tesoureiro de campanha operou caixa 2 de Pedro Taques, afirma Globo

O jornalista Lauro Jardim não se intimidou com os desmentidos sobre o caixa 2 do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, e voltou à carga nesta terça-feira, 22,  no jornal O Globo, com publicação de Guilherme Amado.

Hoje o blog revela o nome do suposto operador do esquema de caixa 2, Alan Malouf, empresário da construção civil, e tesoureiro da campanha de Taques em 2014, quando este disputou a eleição contra o médioco Lúdio Cabral, o ex-deputado José Riva e o jornalista José Marcondes.

Alan Malouf foi denunciado pelo MPE na operação Sodoma, acusado de ter  “lavado” aproximadamente R$ 2,1 milhões em proveito dos ex-secretários Pedro Nadaf (R$ 1,5 milhão) e Arnaldo Alves (R$ 620 mil). 


Leia abaixo íntegra da publicação de hoje na coluna de Lauro Jardim: 

Pedro Nadaf, secretário da Casa Civil de Silval Barbosa no Mato Grosso, afirmou em sua proposta de delação premiada que o empresário matogrossense Alan Malouf foi o operador que intermediou o repasse de R$ 2,5 milhões para a campanha do tucano Pedro Taques (foto) em 2014.

Malouf atuou como arrecadador para Taques em 2014, mas também tem laços com o PMDB do estado. Em setembro, o Ministério Público local pediu a prisão de Malouf no âmbito da operação Sodoma, que prendeu Silval.

Taques nega que tenha havido caixa dois em 2014. A delação premiada de Nadaf deve ser homologada ainda este mês.


Nota de Esclarecimento

Acerca da notícia intitulada “Delator no Mato Grosso entrega suposto operador de Pedro Taques”, publicada nesta terça-feira (22), na coluna do jornalista Lauro Jardim, do O Globo, esclarecemos que a informação é equivocada.

Em nenhum momento o empresário Alan Malouf foi “operador financeiro” na campanha de Pedro Taques, muito menos assumiu alguma função no grupo político. Malouf atuou, juntamente com outros empresários, como colaborador.  

Rechaçamos, ainda, a ligação feita entre o empresário e o PMDB, como insinua a notícia, uma vez que Alan Malouf nunca teve ligações partidárias ou vínculo político.

 

O que dizem sobre isso?

  1. ESTA FAMILIA MALOUF ESTA MAIS SUJA DO QUE PAU-DE-GALINHEIRO! Que vergonha!

  2. Agora sei pq o Governador passou mal esses dias...

  3. MUVUCA, por favor, não coloque fotos desse sr...essa cara dele me dá náuseas...

  4. Agora deu nome aos bois

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG