EM DEFESA DA SOCIEDADE

Mato Grosso fica com nota 3,2 no IDEB, uma das piores do país

MEC divulgou resultados nesta quinta-feira e nota do ensino médio no estado foi não alcançou nem projeção de 4,0.

Educação

Redação 1099 acessos 2

Mato Grosso fica com nota 3,2 no IDEB, uma das piores do país

Mato Grosso teve mais um desempenho pífio no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Ministério da Educação (MEC). O ensino médio das escolas continua com a média abaixo da meta estabelecida para 2015. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) afirmou que deverá se pronunciar sobre mais esse desastre até sexta-feira (9).
 
Conforme o Ideb, do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental, chamado de ensino fundamental 1, que é de responsabilidade dos municípios, o estado superou a meta estabelecida pelo MEC, que era de 5,0, alcançando a nota 5,7. Enquanto as escolas da rede pública (municipal e estadual) apresentaram média de 5,5 – quando a meta projetada era de 4,9 –, as escolas da rede privada alcançaram a nota 7,1, acima da meta proposta pelo MEC, de 6,6.
 
O desempenho do ensino fundamental 2, que compreende as turmas do sexto ao nono ano do ensino fundamental, também ficaram abaixo da média no estado, com nota de 4,6. A rede pública, com nota de 4,5, superou a marca de 4,2 estabelecida pelo MEC, enquanto a rede privada alcançou nota de 6,2.
 
Quando o recorte é feito apenas nas unidades de ensino da rede estadual, o bom desempenho também aparece. No ensino fundamental 1, as escolas da rede estadual alcançaram nota 5,6 quando a marca projetada era de 4,9. Já no ensino fundamental 2, o índice alcançado foi de 4,5, acima da meta proposta de 4,1.
 
Ensino médio
 
O desempenho do ensino médio em Mato Grosso continua abaixo da meta projetada pelo MEC. De uma forma geral, a nota do ensino médio no Ideb 2015 foi de irrisórios 3,2, dois décimos acima da nota alcançada na avaliação anterior, mas ainda abaixo da meta proposta, que era 4,0.
 
O desempenho das unidades de ensino da rede privada mantiveram a nota tirada no Ideb de 2013, de 5,3. Já as escolas da rede estadual melhoraram em três décimos em relação à avaliação anterior, tirando a nota 3,0, mas ainda abaixo da meta proposta de 3,5.
 
Ideb
 
O Ideb é um indicador geral da educação nas redes privada e pública, criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho no Saeb/Prova Brasil aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.
 
O índice é divulgado a cada dois anos e tem metas projetadas até 2021, quando a expectativa para os anos iniciais da rede pública, por exemplo, é de uma nota 5,7. Assim, para que o Ideb de uma escola ou rede cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente as aulas.

O que dizem sobre isso?

  1. Chama o secretário de educação de um pequeno município de Mato Grosso que ele pode te ajudar a mudar esse resultado cidade com nome Feliz mas uma politticagem suja é só olhar os gráficos da evolução de quando pegou em 2012 e como vai entregar em 2016

  2. Estado de Potrefação!

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG