EM DEFESA DA SOCIEDADE

Cuiabá humanizada 2 banner

Escolas do município ofertam 200 vagas para Jovens e Adultos

Jovens e adultos são alfabetizados em busca de um futuro melhor.

Educação

Redação 504 acessos

Escolas do município ofertam 200 vagas para Jovens e Adultos

Estão abertas as matrículas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas de Cuiabá que atendem essa modalidade. Apesar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontar que existe mais de 19 mil jovens e adultos analfabetos em Cuiabá, a procura pela EJA nas escolas da capital ainda está muito aquém do esperado.

Existem em Cuiabá, oito escolas urbanas e quatro rurais que realizam a alfabetização e ofertam o ensino fundamental para jovens e adultos. Além disso, a EJA também funciona em quatro centros de convivência de idosos.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) convida aos interessados a procurar uma unidade e realizar a matrícula. (Confira, em anexo, a relação das unidades)

A EJA atende alunos com 15 anos completos ou mais. Para a matrícula, o interessado deve levar RG, CPF e comprovante de endereço. A EJA possibilita que em 4 anos de estudo, o jovem e o adulto sejam alfabetizados e ainda concluam o ensino fundamental. As aulas são realizadas no período noturno, das 19h às 22h, porque a maioria dos alunos trabalha o dia todo.

Conforme o último senso do IBGE realizado em 2014, Cuiabá possui uma população de mais de 400 mil de jovens e adultos. Deste total, 4,5% são analfabetos, o que representa um universo de 19 mil pessoas.                      

A costureira Maria Alves fez só até a antiga 4ª série, antigo primário. Onde ela morava não tinha os outros anos. Agora, aos 62 anos resolveu retomar os estudos. Ela conta que vivia em casa só cochilando, mas um dia sentiu essa vontade de fazer algo além e que lhe desse prazer de viver. Por isso, resolveu ir até a EMEB Ranulfo Paes de Barros, no bairro dela, no Santa Izabel.

“Essa escola aqui é maravilhosa, os professores são atenciosos, carinhosos, ensinam muito bem. Todo mundo aqui é legal, desde os professores até as coordenadoras e a diretora”, conta. “Isso aqui é um presente de Deus pra quem quer estudar”, acrescentou.

Desde que volta à sala de aula, Maria mostrou que tem potencial. O resultado de tanto esforço foi 422 pontos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). E ela não vai parar por aí. Maria tem o sonho de fazer faculdade de música.

O motorista Aluísio Ramos era analfabeto, não sabia ler nem escrever, agora o seu orgulho e já saber escrever o próprio nome. “Eu sempre tive que trabalhar. Toda vida fui pobre, rico só de saúde. Nunca é tarde pra aprender na vida”, afirmou.

Líder de equipe da EJA, Marilene de Souza Carvalho, explica que são mais de 200 vagas ofertadas este ano. As inscrições são feitas durante todo o ano. “Em todas as etapas do ensino fundamental temos vagas”, esclarece.

Escolas urbanas (EMEBs) que ofertam a EJA:

1- Antonia Tita Maciel de Campos, no Florianópolis. (Tel. 3313-3090 e 3631-2390)

2- Cândido M. S. Rondon, no Alvorada. (Tel. 3313-3220 e 3642-1821)

3- Guilhermina Monteiro de Figueiredo, no Carumbé. (Tel. 3313-3004)

4- Jesus Criança, no Parque Nova Esperança. (Tel. 3313-3104)

5- Maximiano Arcanjo da Cruz, no Santa Laura. (Tel. 3313-3123 e 3665-5177)

6- Nossa Senhora Aparecida, no Novo Colorado (Tel. 3313-3280 e 3626-1865)

7- Pedrosa de Morais e Silva, no Novo Paraíso. (Tel. 3313-3204 e 3641-3877)

8- Ranulpho Paes de Barros, no Jardim Santa Izabel. (Tel. 3313-3071)

Escolas Rurais (EMREBs) que oferecem EJA:

1) Dr. Estevão Alves Corrêa, na comunidade Rio dos Peixes.

2) Nossa Senhora de Penha de França, no Distrito do Coxipó do Ouro. (Tel. 3641-3898)

3) Nova Esperança, no Nova Esperança. (Tel. 98100-7546)

4) Udeney Gonçalves Amorim, no Aguaçú. (Tel. 3313-3290)

Centros de Convivência de Idosos com EJA:

1) Aidê Pereira, no Novo Horizonte. (Tel. 3646-9299)

2) João Guerreiro, no Altos do Coxipó. (Tel. 3617-7379)

3) Maria Ignês, no CPA. (Tel. 3617-1554)

4) Padre Firmo, no Porto/Dom Aquino. (Tel. 3616-6737)

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé