EM DEFESA DA SOCIEDADE

Cuiabá humanizada 2 banner

Sintep aponta falhas em edital de concurso lançado pelo governo

Sindicato destaca que vagas ofertadas representa menos da metade da necessidade da educação pública.

Educação

Redação 1472 acessos 5

Sintep aponta falhas em edital de concurso lançado pelo governo

Os problemas apresentados no edital do concurso público da educação, publicado nesta semana pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Seduc-MT), serão apontados em um relatório do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) na próxima segunda-feira (11). O concurso foi lançado na última terça-feira e prevê preenchimento de 5,7 mil vagas para cargos de nível médio, fundamental e superior.

Os equívocos, assim como as possíveis soluções, serão apresentados no documento, que inclui apontamentos já feitos pelos diretores do Sintep/MT, durante a elaboração do edital, mas que não foram ouvidos.

Resultado da greve de 67 dias no ano passado, o concurso público foi uma das reivindicações para a volta ao trabalho dos educadores. Além do atraso na publicação do edital, o documento traz entre seus problemas a quantidade de vagas, que mesmo com cadastro de reserva chega a pouco mais da metade das vagas disponíveis na rede estadual, que são de mais de 13 mil.

Em coletiva concedida nesta quinta-feira, o presidente do Sintep/MT, Henrique Lopes do Nascimento apontou alguns dos equívocos no edital. “Além dos erros de grafia, um dos problemas é que a nota de corte é 5, mas ao mesmo tempo o edital fala que só serão corrigidas provas (discursivas) até quatro vezes o número de vagas, ou seja, mesmo quem tirar acima de 5 pode não ter a prova da segunda fase avaliada”.

Outra questão apontada por Henrique é a exigência de que professores, mesmo de habilitações em áreas de linguagens, façam prova com questões de matemática e lógica. A prova didática, é contestada porque o candidato após aprovado já passa por avaliações periódicas durante o estágio probatório de três anos, além da de não estar previsto no edital o meio comprobatório em caso de contestação dessa etapa.

O presidente do Sintep/MT enfatiza que apesar dos problemas, o concurso não está inviabilizado e os profissionais devem fazer a inscrição. “Assim como falamos para os nossos alunos, desejamos que os trabalhadores/as da educação se preparem bem e consigam realizar uma ótima prova”.

O que dizem sobre isso?

  1. Eu acho que podemos sim ter problemas com o concurso da Seduc. Parece que estamos participando de um concurso um tanto suspeito, indicando que aquele que realmente estuda vai ficar desclassificado. Concordo com o medo de todos em fazer esse concurso e ver seus esforços indo por água a baixo.

  2. Isso que dá querer economizar contratando uma banca de natureza duvidosa. Guardem o que vou dizer: esse concurso vai ser anulado por fraude.

  3. Corretíssimo.O pedagogo avalia a parte didática,mas conhecimento de conteúdo é somente o profissional da área.. Pedagogo não pode avaliar um professor de matemática.. .Edital muito subjetivo.Prova didática tem que ser gravada e com direito de ser questionada através de um recurso...Prova no horário matutino(questões objetivas) e vespertino com redação e mais 3 ou 4 questões discursiva,fora um conteúdo muito extenso para 2 meses. Impossivel!!!! A parte discursiva já contempla o conhecimento específico de cada área atuante do professor,seja ele de matemática,física,português..Ultimamente á alfabetização deixa a desejar com professores desqualificados...veja as séries iniciais que nossos alunos progridem de ano sem saber ler e escrever...isso se deve a muitos pedagogos e não todos, que ficam na ilusao de uma escola construtivista....Sou do método tradicional onde a teoria se intercala com exercícios.

  4. To de olho, você faz observações válidas, mas não parece ter muita educação e respeito. Você foi alfabetizado onde? Na escola? Em casa? Foi alfabetizado por um professor de Química Quântica? Tua mãe com certeza deve ser uma senhora maravilhosa, mas certamente deve ter limpado seu bumbum também!

  5. ESTE EDITAL FOI FEITO PARA EFETIVAREM OS COMISSIONADOS DA SEDUC, QUE VIVEM NAS TETAS DO ESTADO. ESSA SEGUNDA PARTE, COM PROVA DIDÁTICA SÓ VAI SERVIR PARA DESCLASSIFICAR QUEM TA NA FRENTE, PARA CLASSIFICAR AS CARTAS MARCADAS. AE COLOCA AQUELAS PEDAGOGAS QUE SÓ SABEM LIMPAR BUNDA DE CRIANÇA PRA AVALIAR PROFESSORES DANDO AULA DE QUÍMICA, FÍSICA, MATEMÁTICA ... RIDÍCULO! IMAGINA O CANDIDATO QUE ESCOLHER O TEMA - QUÍMICA QUÂNTICA PRA DAR A AULA KKKKKKKKKKKKKKKKK AS PEDAGOGAS VÃO PIRAR. E O MAIS INTERESSANTE E QUE AS AULAS NÃO SERÃO GRAVADAS E A ANALISE SERA COMPLETAMENTE SUBJETIVA. OU SEJA SE NÃO FOREM COM SUA CARA VC VAI SER ELIMINADO. O SINTEP NÃO PODE PERMITIR ISSO, NEM QUE SEJA COM UMA GREVE.

Comente, sua opinião é Importante!

Cuiabá humanizada banner