EM DEFESA DA SOCIEDADE

Cuiabá humanizada ago certo

Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

A equipe mato-grossense jogará sem pressão, por já estar classificada para as oitavas de final

Esportes

Junior Martins 34 acessos

Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

O Cuiabá Arsenal confrontará o Goiânia Rednecks na reta final da fase classificatória do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, a 1ª Divisão da modalidade, em 16 de setembro, às 18h, no campo do Clube Sesi Antônio Ferreira Pacheco, em Goiânia, mas a equipe mato-grossenses já está classificada por ter vencido os três rivais anteriores. E o Rednecks irá com tudo para cima do Arsenal em busca de uma das quatro vagas para a próxima fase.

Com vitórias sobre o Sinop Coyotes (placar de 34 a 13), Tubarões do Cerrado (placar de 29 a 22) e Campo Grande Predadores (38 a 00), o Cuiabá Arsenal se concentra para essa partida, fora de casa, contra o Goiânia Rednecks. Embora já classificado, o time garante que vai à Goiânia para vencer. E, segundo o técnico do Cuiabá Arsenal, Kenneth Joshen “A expectativa é sempre de ganhar. O foco do time é um jogo de cada vez”, disse.

Além da vitória, o Cuiabá Arsenal utilizará a partida para testar atletas que ainda não entraram em campo. E, para o presidente do Arsenal, Paulo César Machado, serão feitas mudanças para esse jogo. “Temos como calcular e saber qual será o possível primeiro rival da próxima fase. E, desta forma, a comissão técnica testará alguns jogadores e poupará outros contra o Rednecks, já com olhos no primeiro oponente dos playoffs”, contou.

Machado ainda avalia que a pressão do jogo está com o Goiânia Rednecks, que perdeu a última partida para o Sinop Coyotes por placar de 19 a 12.

Transporte

De acordo com o presidente do Cuiabá Arsenal, Paulo Cesar Machado, é importante lembrar e agradecer ao apoio dado pela Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael-MT), representada pelo secretário, Leonardo de Oliveira, por ter conseguido transporte para a partida em Goiânia (GO). Segundo o presidente Paulo Cesar, o custo do transporte para um campeonato brasileiro é elevado e esse apoio é de suma relevância para time.

Texto: Letícia Ferraz / Junior Martins

Foto: Junior Martins

 

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé