EM DEFESA DA SOCIEDADE

Novembro AL Ética

Júlio revela caminhos do DEM e supostos candidatos a majoritária em 2018

Também revela, que a sigla tem nomes fortes para disputar a vaga para majoritária nas próximas eleições.

Geral

Redação 772 acessos 2

Júlio revela caminhos do DEM e supostos candidatos a majoritária em 2018
Larissa Malheiros e Elloise Guedes

Em entrevista ao MPopular durante o mês de novembro, o ex-deputado federal Júlio Campos fala da atuação do governador Pedro Taques, no comando do executivo de Mato Grosso e os caminhos dos democratas para 2018. Também revela, que a sigla tem nomes fortes para disputar a uma vaga, para majoritária, nas próximas eleições.

Júlio, que é ex-governador do Estado e um dos caciques democratas, disse que a situação atual do Estado é crítica e faz um levantamento dos pontos que dificultam o avanço do Governo.

“Taques está enfrentando uma crise dificílima. Crise que não é fácil de administrar, não é só de finanças do Estado, mas é crise política, crise administrativa”, destaca Campos.

Além disso, assegura que o partido não irá criticar Taques, mas não tem como afirmar que caminho irá tomar, nas próximas eleições. Ainda comenta, que em relação a possível aliança com os tucanos para reeleição de Taques, vai aguardar as orientações do diretório Nacional.

Também explica, que aguarda a decisão de alguns políticos com mandatos que sinalizaram ir para os democratas. “ Fizemos o convite para todos que estavam descontentes em seus partidos, nosso objetivo é fortalecer a sigla”.

Além de destacar que finalizando o processo de integração dos novos correligionários, pode garantir que o DEM tem quatro nomes que possam entrar na disputa para o Senado e para governador.

“O partido é forte e ele cresceu, mas ainda não temos nada resolvido e nomes confirmados para as eleições. Mas temos políticos que se encaixam no perfil  para senador”, pontua e aponta:

“Os nomes para concorrer a vaga do senado não seria só o de Jaime Campos (DEM), temos várias opções como, Mauro Mendes (ex-prefeito de Cuiabá), Eduardo Botelho (presidente da Assembleia Legislativa) e Júlio Campos ,” disse, referindo o último nome ao dele.

 

 

 

 

O que dizem sobre isso?

  1. Pela minha interpretação falou falou e não disse nada. Porque nao fala que vai ter candidato e que vai assumir cargo pra disputa só moagem de conversa fiada querendo cargos

  2. Do grupo DISSIDENTE do PSB, Mauro Mendes vai para o PR e dois deputados estaduais vão para o PP. Os demais vão mesmo para o DEM. E, então, formarão a coligação PR-DEM-PP e outros partidos como o PSDB- e neste caso o governador Pedro Taques será o candidato ao governo, ou se o PSDB não participar dessa coligação, então, o Mauro Mendes disputará o governo. Os candidatos a senadores serão, certamente, Jaime Campos e Blairo Maggi.

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé