EM DEFESA DA SOCIEDADE

Taques 'dá banana' para servidores e transfere R$ 300 milhões para empreiteiras

Ao não pagar o funcionalismo Taques 'economiza' R$ 600 milhões para gastar como quiser até o final do ano

Governo

José Marcondes Muvuca 103925 acessos 32

Taques 'dá banana' para servidores e transfere R$ 300 milhões para empreiteiras
RETROSPECTIVA 2016

O governo do estado abriu neste sábado (04) orçamento fiscal com crédito suplementar por anulação de recursos de todas as fontes no valor de R$ 109,5 milhões para a Secretaria de Infraestrutura e Logística do estado, com esse repasse o montante suplementado à Sinfra nos últimos 30 dias chega a próximo de R$ 300 milhões, sendo que durante a viagem do governador Pedro Taques (PSDB) para os Estados Unidos mais R$ 150 milhões foram transferidos para a pasta, além, de repasses menores de R$ 10 milhões.

Ao ‘bombar’ a Sinfra com recursos que seriam suficientes para pagar o RGA, o governo garante o pagamento dos empreiteiros que tocam as obras do Pró-estradas, programa licitado e iniciado ainda no governo Silval Barbosa e que não sofreu nenhuma alteração diante das auditorias realizadas por Taques quando assumiu o poder.

O repasse suplementar também revela que dinheiro em caixa tem, e reforça o argumento dos sindicalistas de que o governo não está pagando o RGA por ‘birra’.

O gesto mostra que Taques está de olho nas eleições municipais que se avizinham, e como o Muvuca Popular antecipou, ele fez uma proposta inaceitável, com a tese de que seria a única proposta possível, para dar uma satisfação ao eleitorado e colocar a opinião pública contra o funcionalismo, taxando-o de radical e usando depois a justiça para decretar a greve ilegal.

A radicalização de Taques para com os servidores chegou a tal ponto que, mesmo se o governo deixasse de fazer os repasses suplementares e resolvesse pagar agora, não conseguiria atingir o objetivo político de recompor sua principal base, já que está jogando pesado contra aqueles que mais contribuíram para sua eleição, inclusive fazendo terrorismo ameaçando cortar ponto, multando e usando a justiça, num confronto aberto que substituiu o diálogo. Forçoso lembrar que a própria justiça teve várias suplementações este ano.

Com os repasses suplementares Taques também pratica uma manobra orçamentária, conhecida como ‘pedalada fiscal’, já que mexe na LDO 2016 aprovada pelos deputados tirando recursos de uma área para alocar em outro.

No caso da presidente Dilma, ela foi afastada do cargo por tirar recursos de algumas áreas para pagar o bolsa família. A pedalada de Taques é menos popular, e tira recursos de todas as outras áreas para pagar empreiteiros. O gesto seria suficiente para abrir um processo de cassação de mandato aos moldes do que aconteceu com a petista.

Ao não pagar o RGA o governo ‘economiza’ pelo menos R$ 600 milhões para distribuir como quiser nesses 6 meses que faltam para encerrar o segundo ano de gestão.

O que dizem sobre isso?

  1. Uma pouca vergonha, esquecer os Servidores Públicos, num inflação de 14%, pagar somente 02%, e com promessas de 5,30% para janeiro/17 e abril/17; e o restante quando tiver RECEITA, pois é a receita sempre teve, o que falta é pagamento, por quem já prestou serviço ao estado de MT, mas vamos cobrar sim, seja do estado, seja do governo MT; A falta de verdade têm preço, dias atrás MT foi classificado em quatro lugar de crescimento de arrecadação, é o quatro estado mais lucrativo da federação, ai pergunto: Cadê a Crise? Cadê o imaginativo quebra , quebra. Tudo isso é falta de boa Gestão Pública e compromisso com os Servidores Públicos; Elegemos o Taques para fazer boa gestão pública e estamos decepcionado com essa má gestão.

  2. As Pessoa boa engana uma vez so

  3. Só para esclarecer. Conforme o entendimento dos órgão fiscalizadores, a pedalada fiscal também se caracteriza pelo desvio da finalidade de um recurso cobrado do contribuinte como taxa de serviço, para custear outras despesas que não constituem da natureza e finalidade da dita taxa. Sendo assim, a utilização de recursos do DETRAN, do INDEA e de outras autarquias para custear outras despesas do Estado constitui-se em pedalada fiscal sim.

  4. Quebramos uma asa dos tucanos agora para em 2018 quebrar a outra. Votar nulo vai ajudar em nada. Temos que dar uma lavada no Wilson Santos para ficar na história.

  5. Se ferrou malvadinha! Para um jornal que não tem credibilidade, são quase 100 mil visualizações. Indiretamente quase 500 mil pessoas. E muita coisa. Parabéns muvuca. Vc é o cara!

  6. TEUS DIAS NO PODER ESTÃO CONTADOS PEDRINHO MALVADEZA, APROVEITE BEM.

  7. O povo nao vota mais não, Governador

  8. Esse senhor não é da Justiça. É da injustiça. Mas espero que um dia ele volta a ser da justiça. Que ele procure fazer justiça ou os servidores faça a justiça que ele merece. Esquceu que foi e é servidor público também.

  9. Esse é o governador da transformação. Tadinho. Tão Velho esse gesto. Copiou de outro governo passado.

  10. Me pergunto e ninguem toma uma atitude? Reclamar, apenas, o deus não está nem aí. Tem trauma de povo, porque, quando o mesmo era um da massa, nascia um monstro nele por ser excluído daa rodas de colegas, festas, das rodas sociais e aos poucos essa ira contida virou obsessão pelo poder e dinheiro. Nem as melhores amizades da época de Procurador manteve para chegar a política. Vendeu a alma para o Diabo e assim ingressou eleito em seus pleitos. Financiado pelos corruptos e corruptíveis. No exercício como Governador está discontando como pode na maioria que a ele representa os bobós cheira cheira. Orquestrou com suas influências a Operação Ararath, para dar mais legitimidade aos seus discursos- e só. Estão todos sendo malhionetes na mão do ditador, mas, ninguém faz nada. Os que deveriam se venderam e a voz da maioria das pessoas não têm valia para coisa alguma. Esse homem terá um triste fim. Acabando com todos os pilares morais, éticos, humanos e a fazendo da nossa terra um grande quintal de crimes bárbaros e apoiado aos narcotraficantes. Não deveríamos pagar para ver. Será o pior legado já visto na história do MT. Se preparem, ou, tomem providências minha gente.

  11. Tá certo o Governador . Funcionário é funcionário e tem mais é que trabalhar. Se não estiver satisfeito , que peça o desligamento e se credencie como empresário, pois aí voces verão com quantos paus se faz uma canoa;

  12. A corda sempre quebra do lado mais fraco. Somente com a união de todos os servidores injustiçados será possível vencer essa batalha. Eles: (Taques e Cia) são poucos,nós, servidores juntos, somos milhares...sejamos firmes, essa causa é nossa...é justa...

  13. Pois bem! Um cara que parecia ser um bom administrador, um bom governador e que na realidade faz uma administração de merda!

  14. É muito triste sermos tratados como vaquinhas de presépios , nosso Direito cadÊ a URV ? Nosso R G A será a mesma coisa em 2017 será outra luta se o desse ano vai até o ano que vem vamos ver se vai ter concursos e se vai continuar aumentando as trrceitizacso vamos ficar. De olho e cobrar duro.

  15. E pensar votei contra a vontade de minha família e patrão neste senhor nobre senhor procurador da justiça....agora só Jesus o salvar!!!

  16. O pior q até o próprio funcionalismo na época das eleições, esquece tudo o q aconteceu e vota novamente, sempre foi assim e vai continuar sendo. O meu voto será. NULO.

  17. O pior q até o próprio funcionalismo na época das eleições, esquece tudo o q aconteceu e vota novamente, sempre foi assim e vai continuar sendo. O meu voto será. NULO.

  18. Se alguém no funcionalismo votar nesse homem de novo, pode emitir o atestado de burrice para os tais. Dá de presente também uma cama de faquir, pois quem gosta de sofrimento é masoquista. Como servidora, nunca vivi tantos revezes na carreira... Inclusive esse fantasma da privatização, última moda dos pelegos tucanos para agradar os donos do capital.

  19. Seria cômico se não fosse triste! Hilariante é que repassou o RGA do legislativo e judiciário, sem discussão, dando ao executivo certeza do recebimento do mesmo. Nao havua feito as contas e vusto que nao haveria verba para todos? Por que não dividiu a porcentagem? Será que é porque necessita do legislativo para aprovar suas leis e do judiciário para encobrir as falcatruas? Sinceramente, acreditei muito nesta pessoa! Não achei que ficaria tão decepcionada.

  20. Se pedalada fosse justificativa para tirar alguém do poder esse aí já estava fora faz tempo

  21. Dilma.pedalou pra pagar bolsa familia?! Agora o site é de fantasias?! Ja foi provado que os programas sociais nao consumiram 20% das pedaladas dela. Tome vergonha antes de publicar essas mentiras

  22. Quer conhecer o coração de um homem? transforme - o em Governador e saberá. ..

  23. O problema não é o dinheiro, ou a falta dele, mas existe a Lei de responsabilidade fiscal, mesmo economizando em outras áreas não vai mudar a proporção que a Folha de pessoal tem na receita foi estado, a única saída então seria aumentar a arrecadação, através de impostos, que a longo prazo vai piorar ainda mais i crescimento do estado. Acho que não é justo os servidores pagarem sozinhos sem o reajuste. Mas pelo menos eles não tem o medo que o resto da população tem de perder o emprego. Gestão é bom, até que afete o nosso bolso.

  24. Como diz Bóris: "Isso é uma VER-GO-NHA!!!"Além de uma afronta tamanha e desrespeito aos servidores que alavancam essa engrenagem chamada ESTADO!!! MUITO TRISTE ESTAMOS SR GOVERNADOR, DA PRÓXIMA VEZ, VAMOS ELEGER OUTRO DO JUDICIÁRIO, MPE,TCE, PGE , SÓ QUE NÃO!!!VAMOS CONTINUAR FIRMES COLEGAS SERVIDORES!!!!FIQUEM DE OLHO NA PASTA DA SEFAZ, ONDE LÁ QUEM MANDA SÃO ESSES QUE LEVARAM MILHÕES ATRAVÉS DO TAL SALDO COTAS, OS TAIS FTES!!! POR ONDE ANDA O MPE???AVANTE GUERREIROS SERVIDORES DESSE MEU GRANDIOSO ESTADO DE MT, VOCÊS NOS ORGULHAM!!!

  25. Repassando AMA | Sábado, 04 de Junho de 2016, 17h00 Depois que observei na ação proposta pelo governo a solicitação de inconstitucionalidade do RGA perdi totalmente a esperança nesse pseudo-cidadão "emérito professor de Direito Constitucional" chamado Pedro Taques. É o fim da picada, pois como vocês podem verificar na reprodução de um julgado do STF de março/2016: "STF reconhece direito adquirido em reajuste concedido a servidores do Tocantins. Por maioria de votos, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão desta quinta-feira (31), julgou procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4013 e reconheceu a existência de direito adquirido a reajustes previstos em lei para servidores do Estado do Tocantins (TO). O julgamento estava suspenso para aguardar o voto de desempate do ministro Edson Fachin, integrante mais recente da Corte. Como vocês podem ver, o PLENO DO STF acabou de julgar um caso semelhante no Estado de Tocantins, e o cidadão quer alegar inconstitucionalidade do reajuste. É muita falta de sensibilidade, será que ele disfarçou tanto assim na campanha, dissimulou ao máximo a sua aversão aos trabalhadores públicos. Será que um homem desse merece a confiança de alguém, Reflitam bem, esse é um caso de total prevaricação com a coisa pública. Ele é apenas um gestor e não dono da coisa pública, meu povo, ingressem também nas barras dos tribunais, não viram como um juiz federal já barrou ele no caso da terceirização do Detran. Entrem ou patrocinem ações judiciais para valer os seus direitos minha gente, não deixe uma pessoa só vilipendiar seus direitos adquiridos. Ou só ele é o dono da verdade perante 100.000 servidores públicos. É o fim da picada.

  26. “No Brasil quem é penalizado quando os governos querem equilibrar as contas públicas ou cortar gastos são os trabalhadores e funcionários públicos, que não tem nenhuma culpa por administrações incompetentes, desvios de dinheiro, rombos no orçamento ou gastos excessivos em campanhas eleitorais. E isto vem acontecendo de tempos atrás aos dias atuais, através dos governos estadual e federal, quando são aprovadas leis que retiram direitos trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores. O governo federal do presidente interino Michel Temer prevê um rombo de 170 bilhões no orçamento de 2016, o déficit nas contas vem aumentando desde 2014. Com isso, a equipe econômica está estudando a volta do imposto da CPMF e o aumento na idade mínima de 65 anos para a aposentadoria dos trabalhadores, inclusive para as mulheres, com o objetivo de diminuir o rombo. E mais uma vez quem pagará a conta de tantos desmandos com o dinheiro público serão os trabalhadores assalariados, os aposentados e os pobres. Não duvido de que no futuro os governos queiram acabar com o 13º salário, FGTS, licença prêmio, férias remuneradas, seguro-desemprego ou auxílio-doença, e com certeza vão aumentar a idade mínima para o trabalhador se aposentar, pois assim sobrará mais dinheiro e eles criarão milhares de empregos para os “companheiros e apadrinhados” em cargos comissionados com altos salários que certamente não serão penalizados com leis citadas acima. A maioria dos políticos é farinha do mesmo saco, pois quando estão na oposição defendem os trabalhadores e criticam veemente os da situação, mas quando chegam ao poder fazem igual ou pior dos que lá estavam e vice-versa. “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”, esta é a situação dos trabalhadores no Brasil.” por José Costa, Professor

  27. Repassando por Pé de piqui, em 09/06/2016 às 18:01 Leiam a história recente de MT: 8 anos PSDB/Dante: sem reposição. Depois 16 anos sem PSDB: teve reposição. Volta o PSDB: não tem reposição. Querem que desenhe ou dá para entender?

  28. Incrível como um canal de comunicação distorce a realidade. Melhor seria vocês estudarem melhor sobre as "pedaladas" da Dilma, antes de publicar essas asneiras. O povo mais humilde que não tem acesso as verdadeiras informações, ficam a mercê dessa mídia manipuladora, que este site representa. Vergonha! E depois ainda vem reclamar que o governo corta verba da mídia. Só pra esclarecer, Dilma não tirou dinheiro de uma área pra usar em outra. Dilma usou o dinheiro de financiamentos do Banco do Brasil, da Caixa Econômica, do BNDES, do FGTS, só que é provado, fora o resto, e não foi pra financiar nenhuma obra popular. Todos sabemos como e onde esses recursos foram usados. Então por favor, usem o poder de comunicar que vocês detém, para informar a população e não para manipular inescrupulosamente, como vêm fazendo. Vergonha!

  29. Qual a diferença do governador Pedro Taxi do ex - governador Julio Campos? Apenas a forma de dar banana para os servidores...acredite sr governador o tempo será implacável na sua breve vida política

  30. Temos que aprender a não esquecer dos falso políticos, lançando mão da nossa maior força.O voto.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG