EM DEFESA DA SOCIEDADE

Novembro AL Ética

FEX deve ser votado nesta semana em Brasília; Governador quer ''obrigar'' aprovação

Para tentar 'convencer' os deputados de Brasília, Pedro Taques (PSDB) viajou nesta segunda-feira (4) para conseguir aprovação do FEX

Governo

Redação 494 acessos 3

FEX deve ser votado nesta semana em Brasília; Governador quer ''obrigar'' aprovação

A votação do Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) deve ser votada nesta terça-feira (5), na Câmara dos Deputados em Brasília.  O governador Pedro Taques (PSDB) para garantir a sua possível candidatura em 2018, foi à Brasília para acelerar e conseguir de qualquer maneira que o FEX seja aprovado. 

O governador sabendo que muitos dos servidores do Estado e a população já estão revoltados pelos atrasos salariais, pela falta de repasse a saúde, educação e segurança, Taques viajou nesta segunda-feira (4), para conseguir parceria com deputados da capital do Brasil. Assim, seria mais um alívio de garantir ao menos alguns votos para sua eleição no próximo ano pagando os salários em dia e quitando alguma dívidas, principalmente com a saúde.

O montante de R$ 1,9 bilhão é para o FEX, que é um recurso em que os Estados têm direito e recebe todos os anos. Desse valor, R$ 496 milhões devem ser destinados a Mato Grosso, após aprovação da Câmara dos Deputados e o Senado Federal aprovem o projeto. 

Desesperado, essa é a 5ª vez que o governador embarca a Brasília em duas semanas em busca de recursos para quitar dívidas de Mato Grosso. 

Segundo o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Pinto Oliveira, o salário dos servidores deve ser escalonado novamente, neste último mês do ano de 2017. Ele explicou nesta segunda-feira (4), em entrevista, que o caixa do governo está praticamente zerado. Além disso, afirmou que se o Estado não receber o FEX, não terá como fechar a folha de dezembro em dia.

“Não temos dinheiro guardado em caixa. Estamos para receber a confirmação do FEX na quarta-feira para quitarmos as dívidas e pagar os salários. Caso não recebermos, o governo terá que fazer o escalonamento de salários dos servidores, não há outra chance”, afirmou.

O que dizem sobre isso?

  1. Muvuca não morro de amores pelo anão de jardim pedrinho taques, mas no caso do FEX, ele está certo em fazer pressão, é obrigação do governo federal pagar o que deve.....Se ficar esperando essa grana numa boa, aí o conde drácula do Temer não manda nunca!!!!!

  2. AGORA QUE ELE PERCEBEU QUE O BARCO ESTÁ A FAZER ÁGUA AO BORBOTÕES ENTRA EM DESESPERO? VENDO A POSSÍVEL CANDIDATURA A REELEIÇÃO NAUFRAGAR JUNTO, FICA NESSA CORRERIA? SE ELE, DESDE O 1º DIA DE GOVERNO, TIVESSE FAZENDO UM ESFORÇO, 50% DESSE DE AGORA, TALVEZ MT ESTIVESSE NAVEGANDO EM MAR DE BRIGADEIRO! MAS DEIXOU PRA ULTIMA HORA, OS PORTÕES SE FECHARAM E FICOU PRA FORA ! SIMPLESMENTE DANÇOU! VAI FICAR QUATRO ANOS A VER NAVIOS, SE NÃO FICAR MAIS, POIS O BRASIL E MT ESTÃO CHEIOS DE ELEITORES IGNORANTES QUE PODEM ELEGER, DE NOVO, UM TAPIR DESSE AÍ!

  3. quer obrigar? kkkkk a cara dele mesmo achar que manda em tudo né.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG