EM DEFESA DA SOCIEDADE

ALMT - Hanseniase - Topo

Escritório de Taques livra acusados de pagar pelo rombo de R$ 500 milhões nos cofres públicos

Detalhe de uma letra no nome de Jorge Taques foi o suficiente para Justiça livrar tucanos que teriam arrombado os cofres do estado

Judiciario

Redação 7902 acessos 12

Escritório de Taques livra acusados de pagar pelo rombo de R$ 500 milhões nos cofres públicos

Paulo Taques, Chefe da Casa Civil, e sócio afastado do escritório do irmão Jorge Taques, conseguiu o impossível. A ex-chefe de fiscalização de tributos estaduais, e símbolo da "Máfia dos Fiscais" que quase implodiu o tucanato liderado por Dante de Oliveira, acaba de conseguir no Tribunal de Justiça (TJ) se livrar de cinco anos de prisão. A justiça não a levou ao espeto por meros detalhes técnicos, mais precisamente, foi absolvida por uma letra do alfabeto.

A máfia fazendária que teria desviado aproximadamente R$ 500 milhões, bem mais do que supostamente Riva e Silval juntos - estes espetados na cruz da opinião pública. Mas os crimes da máfia que não dizem respeito aos vilões da história presente, foram barrados na porta dos superiores da 'cabeça' do esquema, que é defendida pelo badalado escritório dos donos do poder no estado. Bem orientada, ela e os seus subordinados assumiram toda a bronca.

O escândalo foi tão grande à época, que para se livrar do assédio da imprensa, o então secretário da Sefaz Valter Albano abriu fuga por duas semanas. Voltou quando se fechou a acusação: Leda Regina de Moraes Rodrigues era a única responsável, e não se falou em devolver a fortuna desviada.

O resultado frustrou a equipe Ana Bardusco-Pedro Taques (veja mais sobre rumoroso e numeroso assunto). Porém nada se poderia fazer se os denunciados não falassem sobre outros nomes e o destino da montanha de dinheiro desviado do Tesouro de MT.

A acusação contra a chefe dos fiscais do estado era supressão de impostos mediante concessão fraudulenta de benefícios fiscais e embaraço a fiscalização. A fiscal foi demitida sem abrir o bico para o MPE. Acabou condenada a prisão porque o advogado Paulo Taques se esqueceu de apresentar defesa no prazo certo (tempestiva).

Mas de modo engenhoso descobriu que o oficial de justiça entregou a notificação para "Joge Taques" ao invés de "Jorge Taques", e esse detalhe viola "o propósito da comunicação dos atos processuais". Outro detalhe foi que o oficial de justiça esqueceu de perguntar a notificada Leda se "almejava recorrer".

Detalhes esquecidos e lembrados pelo escritório de Taques, e mais o cochilo do MPE (proposital?), levaram o desembargador a decretar na apelação 120952/2014 que "in dubio pro reo" (na dúvida a justiça fica ao lado do réu) E dane-se o dinheiro roubado!

Alheia ao numerário, a justiça chutou o ponderável, mandou qualquer remorso para com o dinheiro das escolas e hospitais que foram roubados do estado às favas, e absolveu a ex-chefe da fiscalização fazendária dos tucanos, e essa vitória abre caminho feliz para outras decisões na Justiça, como o retorno dos meliantes para fiscalização no governo tucano ‘Pedo’ Taques, primo de ‘Joge’.

O precedente é perigoso, e imoral, incompatível com os novos tempos de trasnformação, sugere algo suspeito e valores insondáveis sendo despejados no bolso de alguns. E viva a transformação!

 

O que dizem sobre isso?

  1. Bastião e Alysson, vocês são do governo da putrefação? Aquele que ta fedendo mais que defunto enterrado? Só pode...se tivessem dois neurônios entenderiam o que esse povo ta fazendo com o estado...e outra...quero ver quando esse povo coitado operado em ônibus começar a aparecer com infecções bacterianas e fúngicas...um local onde funciona feiras agropecuárias, funcionar de sede pra cirurgias...só neste pais e neste estado...e com a conivência dos entendidos..e como tem entendido nesse governo

  2. Bastião e Alysson, vocês são do governo da putrefação? Aquele que ta fedendo mais que defunto enterrado? Só pode...se tivessem dois neurônios entenderiam o que esse povo ta fazendo com o estado...e outra...quero ver quando esse povo coitado operado em ônibus começar a aparecer com infecções bacterianas e fúngicas...um local onde funciona feiras agropecuárias, funcionar de sede pra cirurgias...só neste pais e neste estado...e com a conivência dos entendidos..e como tem entendido nesse governo

  3. Esse tal Alysson é um tonto...só pode...

  4. Estou cansado dessas matérias tendenciosas. A chamada da matéria tenta induzir a erro o leitor fazendo-o crer que o governador tem escritório de advocacia.

  5. chega de inveja. O Paulo Taques é um homem correto, probo, integro e imune a corrupção.

  6. É bom quando estas podriqueiras vêm a tona... Por outro lado colocar este governo atual atrás das grades só se for a PF mesmo. Pq parece q está td contaminado inclusive o baixinho recebeu nota 8 de uma magistrada.

  7. Esse site é o melhor que existe em Mato Grosso

  8. Gosto de ler os textos desse site

  9. Parabéns Muvuca! Sempre em dias com a verdade e a ética !

  10. Livra acusados de pagar pelo rombo... A chamada está errada. Parece que o escritório livraria do rombo ao estado. Ao contrário. Livrou os criminosos de pagar pelo rombo... Mas o texto está realmente excelente! Parabéns!

  11. Parabéns Muvuca pela matéria, vc deveria convocar os colegas jornalistas pra reproduzirem esses furos de reportagens que vc publica, por sinal muito bem escritas digno de um profissional de alto nível. Parabéns.

  12. PUT@QU30P@R10! Isso é demais! E5535 F1lh05 d@ PUT@ 35T@0 @RR3B3NT@ND0 0 35T@D0!

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG