EM DEFESA DA SOCIEDADE

Juíza midiática antecipa sentença de acusados de corrupção e 'absolve' pela imprensa

Selma Rosane mancha a imagem do judiciário ao dar declarações que antecipam sentença e defende governo tucano

Judiciario

Redação 1787 acessos 11

Juíza midiática antecipa sentença de acusados de corrupção e 'absolve' pela imprensa

A juíza Selma Rosane Santos Arruda, da Sétima Vara Criminal, tem feito um belo estrago na imagem do poder judiciário de Mato Grosso, primeiro tentando conseguir projeção política com a toga, depois sentenciando ou inocentando os réus acusados de corrupção no estado, através de entrevistas dadas na mídia com uma parcialidade fora do comum.

Selma, que se prepara para se candidatar a algum cargo em 2018 na chapa de Pedro Taques, disse que não se pode comparar os episódios relativos a "Operação Rêmora" envolvendo Taques, com os crimes cometidos nas outras operações envolvendo Silval Barbosa e José Riva. Na prática, a juíza quantificou os crimes em grandes e pequenos, e praticamente inocentou os acusados de roubarem R$ 56 milhões da Secretaria de Educação do Estado no governo Taques, alegando que estes foram crimes ‘pontuais’.

Segundo a magistrada, as acusações contra Silval e Riva são muito mais fortes e robustas do que as feitas em relação aos envolvidos na Operação Rêmora, que investiga um desvio na Secretaria de Estado de Educação (Seduc) envolvendo nomes como o do ex-secretário da pasta, Permínio Pinto Filho, já na gestão do governador Pedro Taques (PSDB).

“O Silval Barbosa (investigado nas operações Seven e Sodoma) é apontado pelo Ministério Público como líder de uma organização criminosa que atuou durante anos e anos a fio no estado de Mato Grosso cometendo crimes que visavam o desvio de dinheiro público. Isso é uma cadeia criminosa muito grande, com muitas pessoas envolvidas. A gravidade destes fatos imputados a ele é muito maior do que os relativos ao escândalo da Seduc, que é uma coisa pontual que começou a ser feita e cortada no começo. O que é apontado em relação ao ex-governador é bem mais grave”, sentencia ela em entrevista ao programa SBT Comunidade, antecipando qualquer julgamento.

Com esse tipo de comportamento, a juíza perde quebra o princípio da imparcialidade, por já verbalizar opinião formada sobre o caso, podendo assim ser afastada por parcialidade, já que também andou elogiando o governo Taques, a quem ela investiga.

O caso é de medida extrema junto ao CNJ, pois há dois pesos e duas medidas para os mesmo crimes. Por exemplo, o empresário Giovani Guizardi e o ex-secretário Perminio Pinto só foram soltos pela juíza Selma porque fizeram delação premiada. Levando em conta que a delação de um réu só pode ser homologada pela justiça se ele apresentar provas robustas que confirmem a veracidade da sua delação, a juíza não poderia dizer que não existem provas de caixa 2, e jamais minimizar o crime dizendo que é apenas um 'roubo pontual'.

Ao fazer comentários de cunho político e antecipando juízo de valor, a magistrada também cria categorias de crime menor e maior, crime e não crime, perdendo toda e qualquer imparcialidade para julgar os membros do governo a quem ela atibui nota 8 e se mostra ser aliada política.

Recorrente

Selma Rosane já foi afastada de processo, em 2015, por ter violado premissa de delação, de maneira que a imparcialidade do julgamento foi comprometida, “pois, revelou estar contaminada pelo convencimento típico de quem investiga”, diz trecho do processo votado por unamidade pelo afastamento da magistrada.

 

O que dizem sobre isso?

  1. Quando V Exa vai julgar os envolvidos na morte do Soldado Abinoão, que ocorreu em 2010?

  2. Quando V Exa vai julgar os envolvidos nairte do Soldado Abinoão, que ocorreu em 2010?

  3. QUEM TEM QUE MUDAR SUA POSTURA É O POVO DESSE ESTADO.... QUE SÓ SABE FALAR COISAS DA BOCA PARA FORA.... SEM QUALQUER EMBASAMENTO JURÍDICO.... A JUÍZA EM NENHUM MOMENTO ANTECIPOU A SENTENÇA DE NINGUÉM..... APENAS FALOU SOBRE A CORRUPÇÃO EXISTENTE NO ESTADO..... TEMOS QUE EXALTAR ESSAS PESSOAS QUE TEM CORAGEM DE ENFRENTAR OS CORRUPTOS.... COLOCANDO SUA VIDA EM PERIGO PARA COMBATER ESSES CRIMES.... SE ELA VAI SER CANDIDATA OU NÃO, ISSO É UM PROBLEMA EXCLUSIVAMENTE DELA.... É UMA CIDADÃ QUE PAGA SEUS IMPOSTOS E TEM TODO DIREITO DE FAZER O QUE QUISER..... UMA CERTEZA EU TENHO.... A CIDADÃ SELMA ARRUDA TEM MEU VOTO..... SÓ MAIS UM RECADO.... MUVUCA, VC QUE DIZ SER COMBATENTE DAS INJUSTIÇAS, DEVERIA ENALTECER AS PESSOAS QUE ESTÃO LUTANDO CONTRA OS CORRUPTOS DESSE ESTADO, NÃO SÓ A JUÍZA, MAS TODOS QUE COLABORAM PARA MUDAR ESSE CENÁRIO DE TERROR QUE MATO GROSSO VIVE....

  4. ESSE É O NOSSO JUDICIÁRIO DE MT, UMA VERGONHA.

  5. Simples porque os absolvidos patrocinadores e testas de ferro da farra publica e crime organizado sao sempre os mesmos que patrocinam as atrocidades através de laranjas e laranjais. Alguém tinha que mover unindo todas as forças um processo contra a juizite inconsequente e partidaria desse País! A começar aqui. Cade os homens da lei e ilibados? É o fim!

  6. ESTA JUIZA È O JUIZ SERGIO MORO DE SAIA E LINGUA SOLTA ,QUEM É DO PSDB NAO VAI PRESO PORQUE E DA MESMA PANELA SUJA, QUE A SOCIEDADE PRECISA APRENDER SE DEFENDER DESTE TIPO DE VERME.

  7. Muvuca, preciso que faça uma matéria sobre esse fiplan que esta fora do ar, não da para saber pagamento de ninguém, alem disso atrapalhar os fornecedores faz com que o governo faça o que quiser sem ninguém saber.

  8. Não consigo entender o porquê do tribunal de justiça ministério público e assembleia legislativa se curvarem diante de Pedro Taques certo ou errado todo mundo se cala e sem falar no tribunal de contas que nao serve pra nada. Eta povinho covarde

  9. Vai sair candidata a quê??? NÃO GANHA NEM PARA PRESIDENTE DE BAIRRO...

  10. Dizer que alguém é inocente, sem o devido processo legal, não soa bem para ninguém.

  11. Putz Dra...ficou feio...imparcialidade zero.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG