EM DEFESA DA SOCIEDADE

Cuiabá humanizada substituição

284 magistrados receberam 20,7 milhões de salário em dezembro. Média é de R$ 72 mil (Veja a lista)

Montanha de dinheiro paga para sustentar 284 marajás em um mês daria para pagar salário mínimo a mais de 23 mil trabalhadores

Judiciario

José Marcondes Muvuca 15175 acessos 21

284 magistrados receberam 20,7 milhões de salário em dezembro. Média é de R$ 72 mil (Veja a lista)
MUVUCA POPULAR

Os magistrados de Mato Grosso receberam em dezembro de 2016 salários de fazer inveja a qualquer marajá mundo afora. A análise das três últimas folhas salariais dos cerca de 284 juízes e desembargadores do estado, feita por Muvuca Popular, mostra que a maioria recebe, em média, vencimentos acima do teto constitucional de R$ 28.059,59, e uma única juíza chegou a recebeu em dezembro R$ 330 mil reais. Ao todo, a seleta classe de servidores privilegiados custaram aos cofres públicos, somente no último dezembro, R$ 20.769.257,42 milhões, representando uma média salarial de R$ 72,8 mil bruto naquele mês.

Para se ter uma ideia da montanha de dinheiro, o valor gasto em um único mês com 284 magistrados daria para pagar um salário mínimo para 23,6 mil trabalhadores, ou ainda 125,8 mil benefícios do Bolsa Família. Em um mês de salário daria para pagar o benefício de 40 mil famílias que vivem abaixo da linha da miséria em Mato Grosso e eram cadastrados no Programa Panela Cheia, que foi extinto pelo governador Pedro Taques. Aliás, o governador fez um repasse suplementar de R$ 17 milhões para o TJ em dezembro para saldar pontualmente a folha dos magistrados, enquanto que os servidores do executivo ainda não receberam o salário de dezembro, programado para o dia 10.

Os dados salariais dos magistrados são públicos e podem ser obtidos no Portal Transparência do Tribunal de Justiça. A campeã de recebimento foi a desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak que teve a soma de R$ 338.017,41 depositados em sua conta. A badalada juíza Selma Rosane, que começou elogiar Pedro Taques no período do repasse suplementar ao TJ, foi beneficiada com R$ 75,1 mil reais em dezembro. A juíza Maria Rosi de Meira Rosi Borba, que determinou a soltura do empresário Alan Malouf na véspera do Natal, recebeu R$ 79,1 mil.

Embora os recebimentos sejam exorbitantes, não há ilegalidade na remuneração. Embora seja uma aberração que não encontra justificativa moral plausível em qualquer argumento. Isso porque os salários dos magistrados são inflados sob as rubricas de “vantagens pessoais”, “vantagens eventuais” ou “indenizações”. Eles fogem da barreira salarial e permitem receber além do estipulado na Constituição. Os magistrados têm direito a uma série de benefícios, como auxílio-creche, auxílio-refeição, auxílio-obras técnicas e outros perundicalhos criados exclusivamente para burlar a lei justificar o alto e imoral rendimento.

O TJ afirma que o teto constitucional é obedecido. Existe porém caso de acumulação e indenizações. De acordo com o Tribunal, “alguns magistrados têm direitos pontuais, como abono permanência”, por ter direito a aposentadoria, ou o auxílio-moradia. A questão toda se resume a uma interpretação da Constituição que só o Supremo Tribunal Federal (STF) pode fazer: o teto deve ser aplicado ao salário básico (como sustenta o TJ) ou ao total de vencimentos recebidos regularmente todo mês (como quer o bom senso)?

Veja abaixo quanto cada magistrado recebeu em salário no mês de dezembro.

  1. ABEL BALBINO GUIMARAES      Juiz(a) de Direito             104.081,86         
  2. ADAIR JULIETA DA SILVA             Juiz(a) de Direito             79.114,60
  3. Adalto Quintino da Silva              Juiz(a) Substituto            85.421,38
  4. ADAUTO DOS SANTOS REIS       Juiz(a) de Direito             79.114,60           
  5. ADRIANA SANT'ANNA CONINGHAM    Juiz(a) de Direito             7134,31           
  6. AGAMENON ALCÂNTARA MORENO JÚNIOR     Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  7. ALBERTO FERREIRA DE SOUZA  Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02
  8. ALBERTO PAMPADO NETO         Juiz(a) de Direito             79.114,60           
  9. ALCINDO PERES DA ROSA           Juiz(a) de Direito             65.156,74           
  10. ALETHEA ASSUNÇÃO SANTOS  Juiz(a) de Direito             71.636,47           
  11. ALEX NUNES DE FIGUEIREDO    Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  12. ALEXANDRE DELICATO PAMPADO          Juiz(a) de Direito             67.258,74
  13. ALEXANDRE ELIAS FILHO             Juiz(a) de Direito             79.114,60           
  14. ALEXANDRE MEINBERG CEROY Juiz(a) de Direito             68.313,53           
  15. ALEXANDRE PAULICHI CHIOVITTI            Juiz(a) de Direito             65.156,74           
  16. ALEXANDRE SÓCRATES DA SILVA MENDES         Juiz(a) de Direito             70.142,29
  17. ALINE LUCIANE RIBEIRO VIANA QUINTO BISSONI           Juiz(a) de Direito             74.950,36
  18. AMINI HADDAD CAMPOS           Juiz(a) de Direito             46.186,76           
  19. ANA CRISTINA SILVA MENDES  Juiz(a) de Direito             78.448,08           
  20. ANA GRAZIELA VAZ DE CAMPOS ALVES CORRÊA             Juiz(a) de Direito             82.258,65
  21. ANA HELENA ALVES PORCEL RONKOSKI              Juiz(a) de Direito             71.796,88
  22. ANA PAULA DA VEIGA CARLOTA MIRANDA       Juiz(a) de Direito             75.134,31
  23. ANDERSON CANDIOTTO             Juiz(a) de Direito             71.636,47
  24. ANDERSON GOMES JUNQUEIRA             Juiz(a) de Direito             71.636,47
  25. ANDRÉ BARBOSA GUANAES SIMÕES    Juiz(a) de Direito             42.188,37
  26. ANDRÉ LUCIANO COSTA GAHYVA          Juiz(a) de Direito             44.136,30           
  27. ANDRÉ MAURÍCIO LOPES PRIOLI             Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  28. Angela Maria Janczeski Goes    Juiz(a) Substituto            97.996,30           
  29. ANGELA REGINA GAMA DA SILVEIRA GUTIERRES GIMENEZ     Juiz(a) de Direito      79.114,60
  30. ÂNGELO JUDAI JUNIOR               Juiz(a) de Direito             71.636,47           
  31. ANGLIZEY SOLIVAN DE OLIVEIRA            Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  32. ANNA PAULA GOMES DE FREITAS          Juiz(a) de Direito             71.636,47           
  33. ANTÔNIA SIQUEIRA GONÇALVES RODRIGUES  Desembargador(a)         113.477,13         
  34. ANTONIO CARLOS PEREIRA DE SOUSA JUNIOR Juiz(a) de Direito             65.156,74
  35. Antônio Fábio da Silva Marquezini          Juiz(a) Substituto            97.996,30
  36. ANTÔNIO VELOSO PELEJA JÚNIOR         Juiz(a) de Direito             78.816,25           
  37. ARISTEU DIAS BATISTA VILELLA               Juiz(a) de Direito             78.816,25           
  38. Aroldo José Zonta Burgarelli      Juiz(a) Substituto            97.996,30           
  39. AROM OLÍMPIO PEREIRA            Juiz(a) de Direito             68.313,53           
  40. Arthur Moreira Pedreira de Albuquerque          Juiz(a) Substituto            52.412,24
  41. AUGUSTA PRUTCHANSKY MARTINS GOMES     Juiz(a) de Direito             68.313,53           
  42. BRUNO CÉSAR SINGULANI FRANÇA      Juiz(a) Substituto            38.579,84           
  43. BRUNO DOLIVEIRA MARQUES  Juiz(a) de Direito             75.012,68           
  44. CARLOS ALBERTO ALVES DA ROCHA      Desembargador(a)         52.534,91           
  45. CARLOS AUGUSTO FERRARI      Juiz(a) de Direito             71.461,73           
  46. CARLOS EDUARDO DE MORAES E SILVA               Juiz(a) Substituto            38.579,84
  47. CARLOS JOSÉ RONDON LUZ       Juiz(a) de Direito             46.186,76           
  48. CARLOS ROBERTO BARROS DE CAMPOS              Juiz(a) de Direito             92.333,97           
  49. CAROLINE SCHNEIDER GUANAES SIMÕES          Juiz(a) de Direito             63.935,80
  50. CÁSSIO LEITE DE BARROS NETTO             Juiz(a) de Direito             42.188,37           
  51. CÁSSIO LUIS FURIM       Juiz(a) de Direito             71.636,47           
  52. CELIA REGINA VIDOTTI CESARO               Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  53. CHRISTIANE DA COSTA MARQUES NEVES           Juiz(a) de Direito             75.134,31            -
  54. CLARICE CLAUDINO DA SILVA   Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          98.241,57
  55. CLÁUDIA ANFFE NUNES DA CUNHA      Juiz(a) de Direito             68.359,79           
  56. CLAUDIA BEATRIZ SCHMIDT      Juiz(a) de Direito             75.134,31           
  57. CLÁUDIO DEODATO RODRIGUES PEREIRA          Juiz(a) de Direito             42.188,37
  58. CLAUDIO ROBERTO ZENI GUIMARÃES  Juiz(a) de Direito             46.186,76           
  59. CLEBER LUIS ZEFERINO DE PAULA           Juiz(a) de Direito             75.375,54           
  60. CLEUCI TEREZINHA CHAGAS PEREIRA DA SILVA               Desembargador(a)         52.534,91          
  61. CLÓVIS MÁRIO TEIXEIRA DE MELLO       Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial               46.329,48           
  62. Conrado Machado Simão            Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Sapezal - 1ª Entrância               99.646,76           
  63. CRISTHIANE TROMBINI PUIA BAGGIO  Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de São José do Rio Claro - 2ª Entrância       68.313,53
  64. CRISTIANE PADIM DA SILVA      Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Alto Araguaia - 2ª Entrância               68.339,31           
  65. CRISTIANO DOS SANTOS FIALHO            Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Lucas do Rio Verde - 3ª Entrância            71.636,47           
  66. DAIANE MARILYN VAZ Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Aripuanã - 1ª Entrância               38.579,84           
  67. DAIENE VAZ CARVALHO GOULART         Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Rio Branco - 1ª Entrância            38.579,84           
  68. DANIEL DE SOUSA CAMPOS      Juiz(a) Substituto            1ª Vara da Comarca de Porto Alegre do Norte - 1ª Entrância            38.579,84           
  69. DANTE RODRIGO ARANHA DA SILVA     Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Cotriguaçu - 1ª Entrância            38.579,84           
  70. DARWIN DE SOUZA PONTES      Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Canarana - 2ª Entrância               68.359,79           
  71. DEBORA ROBERTA PAIN CALDAS             Juiz(a) de Direito             2ª Vara Criminal da Comarca de Sinop - Entrância Especial           46.186,76           
  72. Diego Hartmann              Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Guarantã do Norte - 1ª Entrância               97.996,30           
  73. DIRCEU DOS SANTOS    Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  74. DOUGLAS BERNARDES ROMÃO               Juiz(a) de Direito             5ª Vara da Comarca de Alta Floresta - 3ª Entrância            44.136,30           
  75. EDLEUZA ZORGETTI MONTEIRO DA SILVA           Juiz(a) de Direito             5ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                           79.114,60           
  76. EDNA EDERLI COUTINHO            Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Mirassol DOeste - 2ª Entrância               68.359,79           
  77. EDNEI FERREIRA DOS SANTOS  Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Rosário Oeste - 1ª Entrância               66.811,33
  78. EDSON DIAS REIS            Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Primavera do Leste - 3ª Entrância               75.134,30           
  79. EDUARDO CALMON DE ALMEIDA CEZAR             Juiz(a) de Direito             Vara Esp. de Violência Dom. e Fam. contra Mulher da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial          81.165,05
  80. ELMO LAMOIA DE MORAES       Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Vila Bela da Santíssima Trindade - 1ª Entrância 38.579,84           
  81. ELZA YARA RIBEIRO SALES SANSÃO        Juiz(a) de Direito             4ª Vara Cível da Comarca de Tangará da Serra - 3ª Entrância                       71.636,47           
  82. EMANUELLE CHIARADIA NAVARRO MANO        Juiz(a) de Direito             5ª Vara da Comarca de Sorriso - 3ª Entrância            44.136,30           
  83. EMERSON LUIS PEREIRA CAJANGO        Juiz(a) de Direito             4ª Vara Cível (Antiga 21ª Vara Cível) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                104.081,85
  84. ÉRICO DE ALMEIDA DUARTE      Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Sorriso - 3ª Entrância               44.136,30           
  85. ESTER BELÉM NUNES    Juiz(a) de Direito             1ª Vara Cível da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial               46.186,76
  86. EULICE JAQUELINE DA COSTA SILVA CHERULLI Juiz(a) de Direito             3ª V. Esp. Família e Sucessões da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial               75.134,31
  87. EVANDRO JUAREZ RODRIGUES                Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Peixoto de Azevedo - 2ª Entrância       73.538,56           
  88. EVINER VALÉRIO             Juiz(a) de Direito             5ª Vara da Comarca de Primavera do Leste - 3ª Entrância               71.636,47           
  89. FABIO ALVES CARDOSO               Juiz(a) Substituto            2ª Vara da Comarca de Paranatinga - 2ª Entrância               54.062,70           
  90. FABIO PETENGILL           Juiz(a) Substituto            3ª Vara da Comarca de Colíder - 2ª Entrância     97.996,30           
  91. FABRÍCIO SÁVIO DA VEIGA CARLOTA    Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Juara - 2ª Entrância               70.142,29           
  92. FERNANDO DA FONSÊCA MELO              Juiz(a) de Direito             Vara Esp. dos Juizados Especiais da Comarca de Barra do Garças - 3ª Entrância   44.136,30           
  93. Fernando Kendi Ishikawa           Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Nova Canaã do Norte - 1ª Entrância                            99.646,76           
  94. FLÁVIA CATARINA OLIVEIRA DE AMORIM REIS Juiz(a) de Direito             Vara Especializada de Execução Fiscal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial          104.281,86         
  95. FLÁVIO MALDONADO DE BARROS          Juiz(a) de Direito             1ª Vara Cível da Comarca de Tangará da Serra - 3ª Entrância                       71.636,47           
  96. FLÁVIO MIRAGLIA FERNANDES               Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 1º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           46.186,76
  97. FRANCISCO ALEXANDRE FERREIRA MENDES NETO         Juiz(a) de Direito             13ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial   75.134,31
  98. FRANCISCO JUNQUEIRA PIMENTA BARBOSA SANDRIN               Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Novo São Joaquim - 1ª Entrância       38.579,84           
  99. FRANCISCO NEY GAÍVA               Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Jaciara - 2ª Entrância               72.621,93           
  100. FRANCISCO ROGÉRIO BARROS Juiz(a) de Direito             1ª Vara Esp. da Fazenda Pública da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           75.134,31           
  101. GABRIEL DA SILVEIRA MATOS   Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Campo Novo do Parecis - 2ª Entrância    41.388,37           
  102. GABRIELA CARINA KNAUL DE ALBUQUERQUE E SILVA  Juiz(a) de Direito             Juizado Especial da Fazenda Pública de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial  70.756,58           
  103. GERALDO FERNANDES FIDELIS NETO     Juiz(a) de Direito             2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial        75.134,31           
  104. GERARDO HUMBERTO ALVES DA SILVA JÚNIOR              Juiz(a) de Direito             5ª Vara da Comarca de Lucas do Rio Verde - 3ª Entrância            71.636,47           
  105. GILBERTO GIRALDELLI   Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  106. GILBERTO LOPES BUSSIKI            Juiz(a) de Direito             9ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial               75.134,31           
  107. GILPERES FERNANDES DA SILVA              Juiz(a) de Direito             4ª V. Esp. Família e Sucessões da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                                79.114,60
  108. GIOVANA PASQUAL DE MELLO Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial               46.427,99           
  109. GISELDA REGINA SOBREIRA DE OLIVEIRA ANDRADE      Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Colíder - 2ª Entrância     42.188,37           
  110. GISELE ALVES SILVA       Juiz(a) de Direito             6ª Vara da Comarca de Lucas do Rio Verde - 3ª Entrância            71.636,47           
  111. Glauber Lingiardi Strachicini       Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Nova Ubiratã - 1ª Entrância            54.062,70           
  112. GLEIDE BISPO SANTOS  Juiz(a) de Direito             1ª V. Esp. da Infância e Juventude da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         79.114,60           
  113. GLEIDSON DE OLIVEIRA GRISOSTE BARBOSA     Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Lucas do Rio Verde - 3ª Entrância        71.636,47           
  114. GLENDA MOREIRA BORGES       Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Primavera do Leste - 3ª Entrância            71.636,47           
  115. GONÇALO ANTUNES DE BARROS NETO                Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 8º Juizado Especial Cível da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial             75.134,31           
  116. GRACIENE PAULINE MAZETO CORREA DA COSTA            Juiz(a) de Direito             2ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância                         71.636,47           
  117. GUIOMAR TEODORO BORGES  Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          113.477,13         
  118. GUSTAVO CHIMINAZZO DE FARIA          Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Nova Xavantina - 2ª Entrância    42.188,37           
  119. HANAE YAMAMURA DE OLIVEIRA GABRIEL        Juiz(a) de Direito             5ª Vara da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância    71.636,47           
  120. HELENA MARIA BEZERRA RAMOS           Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          53.486,13           
  121. HELÍCIA VITTI LOURENÇO            Juiz(a) de Direito             1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância            71.636,47           
  122. HENRIQUETA FERNANDA CHAVES ALENCAR FERREIRA LIMA     Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Mirassol DOeste - 2ª Entrância                        42.188,37
  123. HILDEBRANDO DA COSTA MARQUES     Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 1º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         89.988,99           
  124. HUGO JOSÉ FREITAS DA SILVA  Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Lucas do Rio Verde - 3ª Entrância            71.636,47           
  125. ÍTALO OSVALDO ALVES DA SILVA            Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Campinápolis - 1ª Entrância        38.579,84           
  126. IVAN LÚCIO AMARANTE             Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de São Félix do Araguaia - 1ª Entrância                       66.894,06           
  127. JACOB SAUER   Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Sorriso - 3ª Entrância      71.636,47
  128. JAMILSON HADDAD CAMPOS   Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito da 1ª Vara Esp. de Violência Dom. e Fam. contra Mulher da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                75.134,31
  129. JANAÍNA CRISTINA DE ALMEIDA             Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Ribeirão Cascalheira - 1ª Entrância            38.579,84           
  130. JANAÍNA REBUCCI DEZANETTI  Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Alta Floresta - 3ª Entrância            80.803,20
  131. JEAN GARCIA DE FREITAS BEZERRA        Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Comodoro - 2ª Entrância            42.188,37           
  132. JEAN LOUIS MAIA DIAS                Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Itiquira - 1ª Entrância            65.156,74           
  133. Jean Paulo Leão Rufino Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Terra Nova do Norte - 1ª Entrância            97.996,30           
  134. JEVERSON LUIZ QUINTEIRO       Juiz(a) de Direito             2ª V. Esp. de Violência Dom. e Fam. contra Mulher da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         76.099,23           
  135. JOÃO ALBERTO MENNA BARRETO DUARTE        Juiz(a) de Direito             4°Juizado Esp. Cível de Cuiabá (Morada da Serra) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial   75.134,31           
  136. JOÃO BOSCO SOARES DA SILVA               Juiz(a) de Direito             Juizado Especial Cível - Cristo Rei da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial                               75.134,31
  137. JOÃO FERREIRA FILHO  Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          78.816,25           
  138. JOAO FILHO DE ALMEIDA PORTELA        Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Barra do Bugres - 2ª Entrância    72.667,72           
  139. JOÃO FRANCISCO CAMPOS DE ALMEIDA            Juiz(a) de Direito             Vara Única Criminal da Comarca de Tangará da Serra - 3ª Entrância          71.636,47           
  140. JOÃO MANOEL PEREIRA GUERRA           Juiz(a) de Direito             3ª Vara Criminal da Comarca de Sinop - Entrância Especial           79.114,60           
  141. JOÃO THIAGO DE FRANÇA GUERRA       Juiz(a) de Direito             8º Juizado Especial (Antigo J.E. Parque Cuiabá) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         78.816,25
  142. JONES GATTASS DIAS    Juiz(a) de Direito             2ª V. Esp. Fazenda Pública da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        108.919,19         
  143. JORGE ALEXANDRE MARTINS FERREIRA               Juiz(a) de Direito             11ª Vara Criminal (J.Militar) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                                46.180,72
  144. Jorge Hassib Ibrahim     Juiz(a) Substituto            1ª Vara da Comarca de Paranatinga - 2ª Entrância               99.646,76           
  145. JORGE IAFELICE DOS SANTOS    Juiz(a) de Direito             3ª Vara Esp. Direito Bancário da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         75.134,31           
  146. JORGE LUIZ TADEU RODRIGUES               Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                                81.049,81           
  147. JOSÉ ANTONIO BEZERRA FILHO                Juiz(a) de Direito             1ª V. Esp. Família e Sucessões da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial                               75.134,31           
  148. JOSÉ ARIMATÉA NEVES COSTA Juiz(a) de Direito             3ª Vara Esp. Direito Bancário da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         75.134,31           
  149. JOSÉ EDUARDO MARIANO         Juiz(a) de Direito             3ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância            71.636,47           
  150. JOSÉ LUIZ LEITE LINDOTE             Juiz(a) de Direito             1ª V. Esp. Fazenda Pública da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        75.134,31           
  151. JOSÉ MAURO NAGIB JORGE      Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Jaciara - 2ª Entrância               68.313,53           
  152. JOSÉ ZUQUIM NOGUEIRA          Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  153. JOSEANE CARLA RIBEIRO VIANA QUINTO           Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância    71.636,47           
  154. Juliano Hermont Hermes da Silva            Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Nova Monte Verde - 1ª Entrância      99.646,76           
  155. JÚLIO CÉSAR MOLINA DUARTE MONTEIRO        Juiz(a) de Direito             2ª Vara Cível da Comarca de Barra do Garças - 3ª Entrância   44.136,30           
  156. JURANDIR FLORÊNCIO DE CASTILHO JÚNIOR     Juiz(a) de Direito             14ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                   75.277,03           
  157. JUVENAL PEREIRA DA SILVA      Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  158. KÁTIA RODRIGUES OLIVEIRA     Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Poconé - 1ª Entrância            65.156,74
  159. LAMISSE RODER FEGURI ALVES CORRÊA              Juiz(a) de Direito             Primeira Turma Recursal Temporária da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial 75.134,31
  160. LAURA DORILÊO CÂNDIDO         Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Tapurah - 1ª Entrância            65.156,74           
  161. LEILAMAR APARECIDA RODRIGUES        Juiz(a) de Direito             2ª Vara Cível da Comarca de Tangará da Serra - 3ª Entrância                        71.636,47
  162. Lener Leopoldo da Silva Coelho               Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Feliz Natal - 1ª Entrância       97.996,30           
  163. LEONARDO DE ARAUJO COSTA TUMIATI             Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Pontes e Lacerda - 2ª Entrância                               70.055,20           
  164. LEONARDO DE CAMPOS COSTA E SILVA PITALUGA        Juiz(a) de Direito             2ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial 75.134,31           
  165. LEONÍSIO SALLES DE ABREU JÚNIOR      Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Pontes e Lacerda - 2ª Entrância                   68.313,53           
  166. LIDIANE DE ALMEIDA ANASTÁCIO PAMPADO   Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Primavera do Leste - 3ª Entrância           71.636,47           
  167. LIDIO MODESTO DA SILVA FILHO             Juiz(a) de Direito             4ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial        75.134,31           
  168. Lílian Bartolazzi Laurindo              Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Porto Esperidião - 1ª Entrância            97.996,30           
  169. LÚCIA PERUFFO               Juiz(a) de Direito             1º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         79.114,60           
  170. LUCIANA BRAGA SIMÃO TOMAZETTI    Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Dom Aquino - 1ª Entrância    80.048,08           
  171. LUCIANA DE SOUZA CAVAR MORETTI   Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Nova Mutum - 2ª Entrância       68.313,53           
  172. LUCIENE KELLY MARCIANO ROOS           Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Nova Xavantina - 2ª Entrância    47.459,66           
  173. LUÍS APARECIDO BORTOLUSSI JÚNIOR Juiz(a) de Direito             V.Esp. Ação Civil Publica e Ação Popular da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial          75.134,31           
  174. LUÍS AUGUSTO VERAS GADELHA            Juiz(a) de Direito             5ª Vara Criminal (Antiga 6ª Vara Criminal) da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial     46.186,76           
  175. LUIS FELIPE LARA DE SOUZA      Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Arenápolis - 1ª Entrância            65.156,74
  176. LUIS FERNANDO VOTO KIRCHE Juiz(a) de Direito             5ª V. Esp. Família e Sucessões da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         75.134,31           
  177. LUIS OTÁVIO PEREIRA MARQUES            Juiz(a) de Direito             3ª Vara Cível da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        75.134,31           
  178. LUIZ ANTONIO SARI       Juiz(a) de Direito             1ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial               79.114,60           
  179. LUIZ CARLOS DA COSTA               Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          78.816,25
  180. LUIZ FERREIRA DA SILVA              Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          78.816,25
  181. LUIZ OCTÁVIO OLIVEIRA SABOIA RIBEIRO           Juiz(a) de Direito             3ª Vara Cível (Antiga 20ª Vara Cível) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial             74.438,52
  182. MARCELO SEBASTIÃO PRADO DE MORAES         Juiz(a) de Direito             2º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           75.134,31           
  183. MARCELO SOUSA MELO BENTO DE RESENDE     Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Comodoro - 2ª Entrância             68.313,53           
  184. MARCEMILA MELLO REIS PENNER          Juiz(a) de Direito             3ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial        50.167,05           
  185. MÁRCIO APARECIDO GUEDES   Juiz(a) de Direito             2ª V. Esp. Fazenda Pública da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         52.072,25           
  186. MÁRCIO ROGÉRIO MARTINS     Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Pedra Preta - 1ª Entrância            40.337,84
  187. MÁRCIO VIDAL Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  188. MARCO ANTÔNIO CANAVARROS DOS SANTOS               Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Chapada dos Guimarães - 2ª Entrância                 44.136,30           
  189. MARCOS ANDRÉ DA SILVA         Juiz(a) Substituto            2ª Vara da Comarca de Porto Alegre do Norte - 1ª Entrância       38.579,84           
  190. MARCOS FALEIROS DA SILVA    Juiz(a) de Direito             11ª Vara Criminal (J.Militar) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         91.537,92
  191. MARCOS MACHADO     Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          48.345,14            -
  192. MARCOS TERENCIO AGOSTINHO PIRES                Juiz(a) de Direito             5ª Vara Cível da Comarca de Tangará da Serra - 3ª Entrância                 71.636,47           
  193. MARIA APARECIDA FERREIRA FAGO      Juiz(a) de Direito             12ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         50.167,05           
  194. MARIA APARECIDA RIBEIRO      Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02
  195. MARIA DAS GRAÇAS GOMES DA COSTA              Juiz(a) de Direito             6ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           75.134,31           
  196. MARIA EROTIDES KNEIP BARANJAK       Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          338.017,41         
  197. MARIA HELENA GARGAGLIONE PÓVOAS            Desembargador(a)         Tribunal de Justiça               287.759,17         
  198. MARIA LUCIA PRATI      Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Campo Verde - 2ª Entrância               68.313,53           
  199. MARIA MAZARELO FARIAS PINTO          Juiz(a) de Direito             2ª Vara Esp. da Fazenda Pública da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial 79.114,60
  200. MARIA ROSI DE MEIRA BORBA Juiz(a) de Direito             8ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           79.114,60           
  201. MARILSEN ANDRADE ADDARIO               Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  202. MARILZA APARECIDA VITÓRIO Juiz(a) de Direito             2ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        50.167,05           
  203. Marina Carlos França     Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Nortelândia - 1ª Entrância               97.996,30           
  204. MARIO AUGUSTO MACHADO   Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial               75.277,03           
  205. MÁRIO ROBERTO KONO DE OLIVEIRA   Juiz(a) de Direito             Juizado Especial Criminal Unificado da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                180.136,56         
  206. MAURÍCIO ALEXANDRE RIBEIRO              Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Campo Novo do Parecis - 2ª Entrância     65.156,74           
  207. MELISSA DE LIMA ARAÚJO         Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Barra do Bugres - 2ª Entrância            42.188,37           
  208. MICHELL LOTFI ROCHA DA SILVA             Juiz(a) de Direito             1ª Vara Cível da Comarca de Barra do Garças - 3ª Entrância     71.636,47           
  209. MILENA RAMOS DE LIMA E SOUZA PARO            Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Alta Floresta - 3ª Entrância   71.636,47           
  210. MILENE APARECIDA PEREIRA BELTRAMINI         Juiz(a) de Direito             3ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           75.134,31           
  211. MIRKO VINCENZO GIANNOTTE                Juiz(a) de Direito             6ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial           46.186,75           
  212. MOACIR ROGÉRIO TORTATO     Juiz(a) de Direito             3ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        75.134,31           
  213. MONICA CATARINA PERRI SIQUEIRA     Juiz(a) de Direito             1ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial        104.081,86         
  214. MURILO MOURA MESQUITA     Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Chapada dos Guimarães - 2ª Entrância             75.134,30           
  215. MYRIAN PAVAN SCHENKEL        Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Poxoréu - 2ª Entrância               68.313,53           
  216. NILZA MARIA PÔSSAS DE CARVALHO    Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  217. OLINDA DE QUADROS ALTOMARE CASTRILLON               Juiz(a) de Direito             11ª Vara Cível (Antiga 3ª Vara Esp. Família) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                               75.134,31
  218. ONIVALDO BUDNY         Juiz(a) de Direito             1ª V. Esp. Fazenda Pública da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           83.006,02           
  219. ORLANDO DE ALMEIDA PERRI   Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02
  220. OTÁVIO VINICIUS AFFI PEIXOTO             Juiz(a) de Direito             1ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial        75.134,31           
  221. PATRICIA CENI DOS SANTOS      Juiz(a) de Direito             8º Juizado Especial (Antigo J.E. Parque Cuiabá) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial          75.134,31
  222. PATRICIA CRISTIANE MOREIRA Juiz(a) de Direito             4ª Vara da Comarca de Primavera do Leste - 3ª Entrância            71.636,47
  223. PAULA SAIDE BIAGI MESSEN MUSSI CASAGRANDE        Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Sorriso - 3ª Entrância     71.435,95           
  224. PAULO DA CUNHA         Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          102.050,47          -
  225. PAULO DE TOLEDO RIBEIRO JUNIOR      Juiz(a) de Direito             4ª Vara Esp. Direito Bancário da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                89.728,70           
  226. PAULO MÁRCIO SOARES DE CARVALHO              Juiz(a) de Direito             4ª V. Esp. Fazenda Pública da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                                83.006,02           
  227. PAULO MARTINI             Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial               36.184,44           
  228. PAULO SERGIO CARREIRA DE SOUZA     Juiz(a) de Direito             1ª Vara Esp. Direito Bancário da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                50.167,05           
  229. PEDRO DAVI BENETTI    Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Água Boa - 2ª Entrância               68.313,53           
  230. PEDRO FLORY DINIZ NOGUEIRA               Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Alto Taquari - 1ª Entrância    40.337,84           
  231. PEDRO SAKAMOTO        Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  232. PIERRO DE FARIA MENDES         Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Alto Araguaia - 2ª Entrância            68.313,53           
  233. RACHEL FERNANDES ALENCASTRO MARTINS    Juiz(a) de Direito             Vara Especializada de Direito Bancário( Antiga 5ª Vara Criminal) da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial   75.134,31           
  234. RAFAEL DEPRA PANICHELLA      Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Tabaporã - 1ª Entrância            38.579,84           
  235. RAFAEL SIMAN CARVALHO        Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Marcelândia - 1ª Entrância            38.579,84           
  236. RAMON FAGUNDES BOTELHO  Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Água Boa - 2ª Entrância               68.313,53           
  237. RAUL LARA LEITE             Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Juína - 2ª Entrância               71.223,97           
  238. RENAN CARLOS LEÃO PEREIRA DO NASCIMENTO            Juiz(a) de Direito             4ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial                 75.134,31           
  239. RENATA DO CARMO EVARISTO PARREIRA          Juiz(a) de Direito             9ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         75.134,31           
  240. RENATO JOSÉ DE ALMEIDA COSTA FILHO            Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Araputanga - 1ª Entrância           65.156,74           
  241. RHAMICE IBRAHIM ALI AHMAD ABDALLAH        Juiz(a) de Direito             5ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           75.134,31           
  242. RICARDO ALEXANDRE RICCIELLI SOBRINHO        Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância    71.636,47           
  243. RICARDO FRAZON MENEGUCCI               Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Colniza - 1ª Entrância            38.579,84           
  244. Ricardo Nicolino de Castro          Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Porto dos Gaúchos - 1ª Entrância                       54.062,70           
  245. RITA SORAYA TOLENTINO DE BARROS   Juiz(a) de Direito             2ª Vara Esp. Direito Bancário da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                75.134,31           
  246. ROBERTO TEIXEIRA SEROR          Juiz(a) de Direito             5ª V. Esp. da Fazenda Pública da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                         75.134,31           
  247. RODRIGO ROBERTO CURVO       Juiz(a) de Direito             V. Esp. do Meio Ambiente da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         75.134,31           
  248. ROGER AUGUSTO BIM DONEGA             Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Juína - 2ª Entrância            70.142,29           
  249. RONDON BASSIL DOWER FILHO               Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          83.006,02           
  250. ROSÂNGELA ZACARKIM DOS SANTOS   Juiz(a) de Direito             1ª Vara Criminal da Comarca de Sinop - Entrância Especial           75.134,30           
  251. RUBENS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO     Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          256.522,45         
  252. RUI RAMOS RIBEIRO      Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          78.816,25           
  253. Sabrina Andrade Galdino            Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Nobres - 1ª Entrância            79.133,92           
  254. SEBASTIÃO BARBOSA FARIAS    Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          78.816,25
  255. SEBASTIÃO DE ARRUDA ALMEIDA           Juiz(a) de Direito             6° Juizado Especial Cível de Cuiabá (Porto) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial          126.159,06         
  256. SEBASTIÃO DE MORAES FILHO  Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          52.534,91           
  257. SELMA ROSANE SANTOS ARRUDA          Juiz(a) de Direito             7ª Vara Criminal(Antiga Esp. Crime Organizado). da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial              75.134,31           
  258. SERGIO VALÉRIO             Juiz(a) de Direito             2ª V. Esp. Família e Sucessões da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           50.167,05           
  259. SERLY MARCONDES ALVES         Desembargador(a)         Tribunal de Justiça          52.534,91           
  260. SILVANA FERRER ARRUDA          Juiz(a) de Direito             5ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           82.258,65           
  261. SILVIA RENATA ANFFE SOUZA  Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Chapada dos Guimarães - 2ª Entrância             68.313,53           
  262. SÍLVIO MENDONÇA RIBEIRO FILHO        Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Barra do Bugres - 2ª Entrância    68.313,53           
  263. SINII SAVANA BOSSE SABOIA RIBEIRO  Juiz(a) de Direito             10ª Vara Cível (Antiga 13ª Vara Cível) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial          75.134,31           
  264. Suelen Barizon Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Matupá - 1ª Entrância               75.990,20           
  265. SUZANA GUIMARÃES RIBEIRO ARAÚJO               Juiz(a) de Direito             6ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         75.134,31           
  266. TATIANE COLOMBO       Juiz(a) de Direito             6ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial               46.186,76           
  267. TATYANA LOPES DE ARAÚJO BORGES   Juiz(a) de Direito             4ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           75.134,31           
  268. Thalles Nóbrega Miranda Rezende de Britto      Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Querência - 1ª Entrância              99.646,76
  269. THATIANA DOS SANTOS              Juiz(a) de Direito             Vara Única da Comarca de Cláudia - 1ª Entrância            65.156,74           
  1. TIAGO SOUZA NOGUEIRA DE ABREU     Juiz(a) de Direito             7ª Vara da Comarca de Sinop - Entrância Especial           75.134,30           
  2. TIBÉRIO DE LUCENA BATISTA     Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Apiacás - 1ª Entrância            38.579,84           
  3. TULIO DUAILIBI ALVES SOUZA  Juiz(a) de Direito             2ª V. Esp. da Infância e Juventude da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial                  75.134,31           
  4. VAGNER DUPIM DIAS   Juiz(a) de Direito             3ª Vara da Comarca de Juína - 2ª Entrância               73.625,64           
  5. VALDECI MORAES SIQUEIRA      Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 4° Juizado Esp. Cível de Cuiabá (Morada da Serra) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial    79.994,60           
  6. VALMIR ALAÉRCIO DOS SANTOS             Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 2º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial         75.134,31            -
  7. VALTER FABRÍCIO SIMIONI DA SILVA     Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Jaciara - 2ª Entrância            68.313,53            -24.432,11           43.881,42
  8. VANDYMARA GALVÃO RAMOS PAIVA ZANOLO              Juiz(a) de Direito             4ª Vara Cível (Antiga 21ª Vara Cível) da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           83.006,02            Victor Lima Pinto Coelho               Juiz(a) Substituto            Vara Única da Comarca de Brasnorte - 1ª Entrância        99.646,76            
  9. VIVIANE BRITO REBELLO ISERNHAGEN Juiz(a) de Direito             Juizado Especial Cível - Jd. Glória da Comarca de Várzea Grande - Entrância Especial               44.136,30           
  10. WAGNER PLAZA MACHADO JUNIOR     Juiz(a) de Direito             3ª Vara Cível da Comarca de Barra do Garças - 3ª Entrância     71.636,47     
  11. WALTER PEREIRA DE SOUZA      Juiz(a) de Direito             Juiz de Direito do 3º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá - Entrância Especial           75.134,31         
  12. WALTER TOMAZ DA COSTA        Juiz(a) de Direito             1ª Vara da Comarca de Colíder - 2ª Entrância               71.636,47        
  13. WANDERLEI JOSÉ DOS REIS        Juiz(a) de Direito             1ª Vara Especializada de Família e Sucessões da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial    75.134,31   
  14. WLADYMIR PERRI           Juiz(a) de Direito             1ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis - Entrância Especial           46.186,76            
  15. WLADYS ROBERTO FREIRE DO AMARAL                Juiz(a) de Direito             2ª Vara da Comarca de Cáceres - 3ª Entrância    71.636,47           

O que dizem sobre isso?

  1. “DENÚNCIA”: AO EXCELÊNTISSIMO MINISTRO JOÃO OTAVIO DE NORONHA CORRGEDOR NACIONAL DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. PEDIDO DE PROVIDÊNCIA URGENTE. NOTICIA-CRIME. AÇÃO PÚBLICA INCONDICIONADA. AUREO MARCOS RODRIGUES, brasileiro, pecuarista, convivente, portador do CPF. 042.823.658.89, RG. 15.410.904 SSP/SP, residente a FAZENDA CHARCO GRANDE, com endereço para correspondência a Rua Ernesto da Silva n°. 14, na Cidade de Porto Esperidião, MT. CEP 78.240.000, já qualificados, nos autos das RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR e nos autos dos PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS sob. o nº. 000627.87-2007, 0002877-54.2011, 0003921-74.2012, 0005308-72.2012, 0002894-22.2013, 0005819-88.2013, 0005805-07.2013, 0002227-02.2014, 0005456-67.2014 e 0004098-72.2011.2.00.0000” em tramite junto o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, vem a VOSSA EXCELÊNCIA, com base no artigo 5º inciso, X, XI, XXXV, LIV, LV e LXXVIII, todos da Constituição Federal, e com fundamento no artigo 39 do CPP, e com fundamento no artigo 22 da RESOLUÇÃO 135/2011CNJ, e com fundamento no art.103-B, § 4º, III, da Constituição Federal, e arts. 72 e seguintes do Regimento Interno do Conselho Nacional de Justiça, apresentar, RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR, em desfavor do “TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO”, pelos fatos e fundamento que passo a EXPOR e no final REQUERER: DOS FATOS: Senhor Ministro João Otavio de Noronha, Corregedor Nacional, se o pagamento de VERBA, ainda é objeto de investigação em Mato Grosso através da PORTARIA 104 DE 10 DE MARÇO, requer que, Vossa Excelência, apure com celeridade também o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA sob. o nº. “0004098-72.2011.2.00.0000”, em tramite junto o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, onde figura como parte investigado o “CNJ, CGJ-TJ-MT e TJ-MT”, por violação a RESOLUÇÃO 135/2011-CNJ, que foi instaurado com base nas DENÚNCIAS formuladas na RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR sob. o nº. “0000627-87.2007 e 0002877-54.2011.2.00.0000”, onde figura como RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES, pois o CORREGEDOR NACIONAL anterior o “MÃO DE FERRO”, MINISTRO FRANCISCO FALCÃO, prevaricou, no cumprimento do seu dever funcional e incidiu nos crimes descritos dos artigos 13, 288, 299, 317 e 319 todos do Código Penal, que deverá ser apurado, pela Corregedoria Nacional, dentro do próprio feito 0004098-72.2011.2.00.0000. Requer, também que seja revisto, as RECLAMAÇÃO e os PEDIDO DE PROVIDÊNCIA sob. o nº. . 000627.87-2007, 0002877-54.2011, 0003921-74.2012, 0005308-72.2012, 0002894-22.2013, 0005819-88.2013, 0005805-07.2013, 0002227-02.2014 e 0005456-67.2014, em tramite junto essa CORREGEDORIA NACIONAL, que foram arquivados de forma parcial, e apure o desvio funcional desses CORREGEDORES. Pois o Delegado da POLICIA FEDERAL, DIÓGENES GOMES CURADO FILHOS, por diversas vezes provocou a Ministra NANCY ANDRIGHI Corregedora do CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, através do PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº. “0005456-67.2014.2.00.0000”, informando que já havia levado esses fatos criminosos, ao conhecimento do CNJ e do TJ-MT, através das CORREGEDORIAS, que tem competência para abrir procedimento criminal, contra Autoridade que tem foro privilegiado e nenhuma providência foi tomada, em relação aos fatos criminosos ali relatados, e a resposta da CORRREGEDORA NACIONAL NANCY ANDRIGHI, sempre foi parcial, alegando, que não tinha, nada a “PROVER”. (Prova verificar PP 0005456-67.2014 no site Pje do CNJ). Devo informar, que essa OMISSÃO da CORREGEDORA NACIONAL NANCY ANDRIGHI, fez a Ministra, prevaricar, no cumprimento do seu dever funcional e incidiu nos crimes descritos dos artigos 13, 288, 299, 317 e 319 todos do Código Penal, que deverá ser apurado, pela Corregedoria Nacional, dentro do próprio feito 0004098-72.2011.2.00.0000. DEMORA: Devo informar, ainda que essa demora, em apurar os fatos criminosos na portaria 104 de 10 de março de 2009, levou o RECLAMANTE a impetrar quatro novas EXCEÇÃO de SUSPEIÇÃO em desfavor do TJ-MT, com objetivo de proteger a VIDA do RECLAMANTE e de sua Família, sob. o nº. “180068/2015, 17413/2016, 1003594-66.2016.8.11.0000 e 1003576-45.2016.8.11.0000”, com base no artigo “223, 224 do REGIMENTO DO TJ-MT” e com base no “artigo 102 incisos I, letra “n” da Constituição Federal”, isso quer dizer, que todos os DESEMBARGADORES DO TJ-MT, são “SUSPEITO” e estão “IMPEDIDOS” de apreciar e julgar a EXCEÇÃO. Devo informar, que a “JUIZA LILIAN BARTOLAZZI LAURINDO E O PROMOTOR ALEXANDRE BALAS” DA COMARCA DE PORTO ESPERIDIÃO-MT, está agindo em conluio com “BANDIDO” e continua dando seguimento nos atos ilícitos, para condenação do RECLAMANTE, dentro de vários feitos para favorecer “BANDIDO”, dentro de processo CIVIL e CRIMINAL, pois a a Juíza despreparada determinou o arquivamento da REPRESENTAÇÃO código 31598/2011 e 56619/2015, onde figura esses BANDIDOS COMO REPRESENTADO, “alegando não existir nenhum indícios mínimo que possa dar início a ação penal”. ATO ILICITO: Devo informar que é abito da “Juíza LILIAN BARTOLAZZI LAURINDO”, desqualificar as palavras das vítimas, de vários Policias e do Ministério Público e “colhe pedido de advogado de bandido, para soltar “BANDIDO LADRÃO ASSASINO”, com base nos próprios depoimentos dos CRIMINOSOS”, basta acessar os andamentos dos feitos, código “56441/2015 e 56442/2015” em tramite na Comarca de Porto Esperidião e no feito “19012/2017” em tramite junto o TRIBUNAL DE JUSTIÇA, para constatar as IRREGULARIDADE, que o Juiz Leopoldino morreu DENUNCIANDO. PROVIDÊNCIAS: Devo informar, que contra esse ato criminosos da Juíza LILIAN BARTOLAZZI LAURINDO, foi posto duas exceções de suspeição sob. o n. “59609/2017 e 60094/2017”, que está para ser processada e julgada, quando a conduta ilícita do “PROMOTOR ALEXANDRE BALAS” da Comarca de Porto Esperidião-MT, foi posto EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO sob. o código “61203/2017” em tramite junto a Comarca de Porto ESPERIDIÃO-MT, e foi feito REPRESENTAÇÃO CRIMINAL em desfavor do promotor ALEXANDRE BALAS, direcionada ao PROCURADOR GERAL “MAURO CURVO” e PROTOCOLADA na PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO sob. o n. 108661 datada de 16/08/2017 PERSEGUIÇÃO: Pois não é justo, o RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES ser incriminado o morto dentro do seu próprio domicilio, por perseguição e Omissões de Desembargadores, Juízes, Promotores, Delegados e Traficantes Corruptos, pelo fato do CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA ter usado a Reclamação disciplinar nº. 2007/1000006271, (0000627-87.2007) do RECLAMANTE, para fazer uma inspeção no TJ-MT, que levou o afastamento dos dez Magistrados Corrupto através da Portaria 104 de 10 de março de 2009. Devo informar que a Reclamação foi levada ao conhecimento do Corregedor ORLANDO PERRI, através do feito 50/2008 CGJ no ano de 2008, através do Corregedor Cesar Asfor Rocha, com os seguintes despachos. A saber: O TEOR DA PRIMEIRA DECISÃO: ”(...) Conselho Nacional de Justiça. Corregedoria. Classe: Reclamação Disciplinar n. 20071000006271. RECLAMANTE: Áureo Marcos Rodrigues. RECLAMADO: Emerson Luís Pereira Cajango – Juiz de Direito. Assunto: Apuração de Infração Disciplinar. DECISÃO: Conforme se verifica das informações prestadas nos autos, os fatos aqui narrados já forram apurados pela Corregedoria-Geral do Estado de Mato Grosso. A reclamação disciplinar no âmbito do Conselho Nacional de Justiça não se presta investigação de fatos já apurados nos órgãos censores estaduais e federais, restando aberto, nessa hipótese, apenas o caminho da revisão disciplinar, desde que atendidos os seus requisitos específicos de admissibilidade. Em razão disso, determino o arquivamento do presente expediente. Expeça-se oficio á Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, comunicando. Dê-se ciência ás partes. Brasília, 27 de maio de 2008. MINISTRO CESAR ASFOR ROCHA. Corregedor Nacional de Justiça (...). Devo informar que toda a Magistratura do Estado e Mato Grosso é “SUSPEITA e encontra IMPEDIDA”, para julgar as causas que envolvem o RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES, pois foi a Reclamação 20071000006271 (0000627-87.2007) em desfavor do Juiz Emerson Luís Pereira Cajango, que foi encaminhada para “dentro” do Tribunal de Justiça ao conhecimento do Corregedor Orlando Perri no feito 50/2008 CGJ, que originou a “PORTARIA 104 de 10 de março de 2009”, Veja o TEOR DA SEGUNDA DECISÃO do CNJ, na RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR, que originou a PORTARIA 104 DE 10 DE MARÇO DE 2009. Teor da segunda decisão do CNJ: DESPACHO: “(...) A decisão proferida nesta reclamação disciplinar, em que figura como suscitado o magistrado Emerson Luís Pereira Cajango, Juiz de direito do Tribunal de justiça do Estado de Mato Grosso, foi encaminhada ao conhecimento Corregedor-Geral de justiça daquele Estado. Versando a hipótese sobre fatos já apurado pelo órgão censor local. A provocação, neste ambiente, restou sumariamente arquivada. Comunique-se a digna autoridade solicitante. Após, retorne ao arquivo. Brasília, 07 de agosto de 2008. MINISTRO CESAR ASFOR ROCHA. (...). MOTIVAÇÃO: Devo informar, que foi a Reclamação do RECLAMANTE que motivou o CNJ a baixar a portaria 104 de 10 de março de 2009, para fazer uma inspeção no TJ-MT, pois a Reclamação na época foi encaminhada pelo CNJ sem a “DECISÃO” para dentro do TRIBUNAL violando a RESOLUÇÃO 135/2011 CNJ, e não foi “resgatada” e está até hoje enterrada dentro do Tribunal de Justiça aguardando ser “resgatada com as providências pelo CNJ”, através do PP. 0004098-67.2011.2.00.0000. Devo informar que esses fatos “mostram e provam” que o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, estava “habilitado” a entrar na época no TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO para fazer a inspeção e punir todos os seus infratores, pois a CORREGEDORIA GERAL DE JUSTIÇA DO TJ-MT, já havia prevaricado (art. 319 do Código Penal) e tinha arquivado os processos Administrativos nº. 520/2006 e 1/2007 que apurava a conduta do Magistrado Emerson Luís Pereira Cajango. Devo informar, que a ação impetrada pela Associação dos Magistrados Brasileiros em desfavor do CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA no ano de 2011, com objetivo de acabar com o poder do CNJ, para voltar os dez Magistrados Corruptos afastados, sobre alegação que o CNJ, era subsidiário e só poderia atuar, após os fatos serem apurado pelo próprio Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, “foi inconstitucional e criminosa”, pois a Reclamação do RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES, que está até hoje enterrada dentro do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, “MOSTRA E PROVA” que o CNJ estava habilitado para fazer a inspeção e punir os infratores. Esses são os motivos de tanta PERSEGUIÇÃO, OMISSÃO e COVARDIA feita pela MAGISTRATURA em conluio com um BANDO DE CRIMINOSOS contra o RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES e o CNJ. Agora as Autoridades FISCALIZADORAS que está fazendo frente da “AÇÃO PENAL”, tem o dever de afastar todos os Magistrados corruptos e punir no rigor da Lei, se isso não acontecer deverão voltar os dez Magistrados afastados ao “CARGO”, pois todos são iguais perante as Leis, pois “JUSTIÇA se faz com ética, dignidade e imparcialidade”. MANDATO DE SEGURANÇA: Devo informar que o RECLAMANTE já trancou ação penal através do MANDADO DE SEGURANÇA Código 416/2007 que tramitou junto a 2ª TURMA RECURSAL, e até hoje não pode usar seus direitos Constitucionais assegurado na Constituição Federal, que foi deferido por uma DECISÃO JUDICIAL, devido essa perseguição de Desembargadores, Juízes, Promotores e Delegados corruptos e do lobista BENEDITO BRAGA com seu bando de traficante. ATO CRIMINOSOS: Devo informar que as “IRREGURALIDADES” aqui no Estado de Mato Grosso, é tão grande, que empossou uma “PATRULHEIRO DA PRF CORRUPTO”, para exercer a função de Delegado, para confrontar com a VITIMA AUREO MARCOS RODRIGUES, pois esses fatos, foi confirmado pelo próprio falso Delegado WILSON SOUZA SANTOS, quando ele fez depoimento na ação penal código 55321/2015 em tramite junto a Comarca de Porto Esperidião, que motivou o RECURSO no TJ-MT, sob. o n. 150497/2015 e motivou também o RECURSO NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (STJ) sob. o n. AREsp 1006916/MT (2016/0281691-5), onde o falso Delegado, afirmou em Juiz as seguintes palavras: “(...) Quando eu estava sendo empossado como Delegado, falaram para mim, você vai ter problema com um fazendeiro (...)”. Devo informar ainda que o falso Delegado WILSON SOUZA SANTOS, não tinha competência administrativa (curso) para exercer a função de Delegado, para invadir o Domicilio da VITIMA AUREO MARCOS RODRIGUES, sem mandato judicial, a noite quando os relógios marcavam 19h40min, para atender os pedidos do TRAFICANTE APARECIDO RODRIGUES na litispendência código 52869/20013 em tramite junto a Comarca de Porto Esperidião-MT. PLAZO DECORRIDO: Devo informar, que está havendo OMISSÃO por parte do Estado de Mato Grosso, em manter um DELEGADO, que não passou no concurso público, para tal CARGO, pois o Estado figura como Parte Requerida no feito código 182784/2015 em tramite junto a Quarta Vara Civil da Comarca de Cáceres e até agora não se manifestou na CERTIDÃO DE DECURSO DE PRAZO, que foi descrita nos seguintes termos: “ (...) Certidão de Decurso de Prazo CERTIFICO, para os devidos e legais efeitos, que transcorreu “in albis” o prazo para que o requerido atendesse à intimação retro, quedando-se inerte. Assim, com fulcro no artigo 152, inciso VI do CPC/15, faço os autos conclusos à MM. Juíza de Direito, permanecendo está Secretaria no aguardo de ulteriores deliberações (...)”. AÇÃO DENEGATORIA: Pois do conforme se observa, no extrato do feito código 182784/2015 em tramite junto a QUARTA VARA CIVIL DO FORUM DA COMARCA DE CACERES e o extrato da Decisão judicial do feito “REEXAME NECESSÁRIO Nº 5280/2014 – em tramite junto a QUARTA VARA CIVIL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO”, a pessoa de WILSON SOUZA SANTOS prestou concurso para provimento de cargo de Delegado de Polícia Civil, regido pelo Edital nº 002/2009 – SAD/2009, sendo que foram eliminados na prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, por não atingirem a pontuação necessária para correção da prova dissertativa. Devo informar que o acusado Wilson Souza Santos, recorreu administrativamente, contudo os recursos foram indeferidos, razão pela qual eles impetraram mandado de segurança em Juiz, buscando a anulação da questão nº 31 da prova objetiva. Devo informar que, o mandado de segurança foi impetrado com o objetivo de declarar a nulidade da questão objetiva, de número 31, do concurso público para provimento do cargo efetivo de Delegado de Polícia, regido pelo Edital nº 002/2009. O Magistrado de primeiro grau entendendo que houve erro material na formulação da questão nº 31, concedeu a segurança vindicada, anulando-a e atribuindo ao acusado o ponto a ele equivalente, onde a pessoa de WILSON SOUZA SANTOS, assumiu a função de Delegado de Polícia na Comarca de Porto Esperidião e Cáceres. DECISÃO DA PROCURADORIA: A Procuradoria-Geral de Justiça, no parecer de fl. 350, da lavra do Dr. Luiz Eduardo Martins Jacob, opina pela ratificação da sentença. DECISÃO DO TRIBUNAL: Na decisão do dia 04 de abril de 2015 e na decisão do dia 02 de fevereiro de 2016, do feito “REEXAME NECESSÁRIO Nº 5280/2014 – em tramite junto a QUARTA VARA CIVIL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO”, o Tribunal de Justiça, após a análise detida da questão debatida pelo acusado, entendeu, que está não padece de vícios, que chegue às raias da ilegalidade, a justificar a correção pelo Judiciário, e “RETIFICOU” a sentença em reexame, para o fim de denegar a segurança vindicada ao falso Delegado WILSON SOUZA SANTOS E OUTROS. A ementa foi nos seguintes termos: E M E N T A REEXAME NECESSÁRIO - MANDADO DE SEGURANÇA - CONCURSO PÚBLICO DE PROVIMENTO PARA CARGO DE DELEGADO DE POLÍCIA - ANULAÇÃO DA QUESTÃO Nº 31 – APRECIAÇÃO PELO JUDICIÁRIO LIMITADAÀ ANÁLISE DE FLAGRANTE ILEGALIDADE – NÃO OCORRÊNCIA - SENTENÇA RETIFICADA – SEGURANÇA DENEGADA. Em regra, não compete ao Poder Judiciário apreciar critérios de formulação e correção de provas. A excepcionalidade, admitida pelo Superior Tribunal de Justiça, é para os casos em que se verifica flagrante ilegalidade, como ausência de observância às regras prevista no edital, com base no Princípio da Legalidade, o que não se verifica. ESCLARECIMENTO: Devo informar que esses fatos ilícitos foram levados ao conhecimento da Juíza LILIAN BARTOLLAZZI LAURINDO, através do feito código N 590-98.2017.811.0098 Código: 60386 Número/Ano: 0/2017 para tomar as PROVIDÊNCIAS, para afastar o falso Delegado de suas funções e RESPONSABILIZAR CRIMINAMENTE, para dar nulidades nos seus atos praticado contra a VITIMA AUREO MARCOS RODRIGUES. Devo informar também que esses fatos criminosos, foram levados também ao conhecimento do GOVERNADOR PEDRO TAQUES, através do Protocolo sob. o n. 440788/2017, onde o a VITIMA AUREO MARCOS RODRIGUES, pede de forma Equitativa ao GOVERNADOR A “EXONERAÇÃO DA FUNÇÃO DE CARGO DE DELEGADO” e outras providências, para que a lei seja aplicada, de forma EQUITATIVA, como vem sendo aplicada nos demais Servidores, que tem praticado ilícito penal, que ficara sobre a “FISCALIZAÇÃO DA SOCIEDADE MATOGROSSENSE E DA IMPRENSA”. PROFISÃO ILEGAL: Devo informar, que exercer qualquer profissão regulamentada por lei sem ter a formação específica (curso) e sem ter a habilitação legal (Inscrição/Registro no Conselho de Classe), o exercício ilegal é considerado crime, e caracteriza-se inobservância ao art. 47 da Lei de Contravenções Penais (Lei nº 3.688/41), art. 2º da Lei nº 7.498/86 (que regulamenta a profissão) e incide nos crimes descrito no artigo 205, 330, 324, 328 e 359, pois o falso Delegado WILSON SOUZA SANTOS, está ciente das duas decisão judicial DENEGATÓRIA e até agora não pediu seu afastamento voluntariamente, pois pretende ficar “RECEBENDO SALARIO GORDO DE DELEGADO”, sem estar habilitado, para tal CARGO, pois o Juiz Leopoldino ficou (9) nove anos mostrando as IRREGURALIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO, e hoje todas as DENUNCIAS do MAGISTRADO MORTO, “PROCEDE”, esse é o nosso Mato Grosso de hoje, cheio de corrupção, nos três Poderes. ESCLARECIMENTO: Senhor Ministro Corregedor Nacional, JOÃO OTAVIO DE NORONHA, para a contra minuta de INFORMAÇÃO DA RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR PÚBLICA, não ficar enorme e “REPETITIVA”, para Vossa Excelência entender melhor os fatos, em parte e ter uma informação mais precisa, para PROVAR que houve ABUSO DE PODER e ILEGALIDADE e violação em vários dispositivos de Lei Federal e violação em vários dispositivos Constitucional, para VOSSA EXCELÊNCIA dar uma DECISÃO, dentro da ética, dignidade e imparcialidade, calçadas em provas robustas e documentadas, requer que, primeiramente aprecie autos das RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR e nos autos dos PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS sob. o nº. 000627.87-2007, 0002877-54.2011, 0003921-74.2012, 0005308-72.2012, 0002894-22.2013, 0005819-88.2013, 0005805-07.2013, 0002227-02.2014 e 0005456-67.2014 já em tramite junto o CONSELHO NACIONA DE JUSTIÇA, pois dentro dos procedimentos citados, tem os CDs contendo o INTERROGATÓRIO do Juiz Emerson Luís Pereira Cajango e o INTERROGATÓRIO da vítima AUREO MARCOS RODRIGUES, e tem também o CD em áudio e vídeo, denominado VENDA DE SENTENÇA NO MATO GROSSO e em sequência aprecie o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA em tramite junto o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, sob. o nº. 0004098/72/2011 e os demais documentos, que se encontra nessa CORREGEDORIA NACIONAL e em sequência aprecie os PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS PÚBLICOS, que encontra publicado nas áreas de comentários em vários sites de IMPRENSA, para confirmar, que esses fatos são de competência dos ORGÃO CORRECIONAIS, quer dizer, são deveres do Poder Público, que já recebe os impostos e seus salários do Contribuinte, para fiscalizar essas IRREGURALIDADES, que o Juiz Leopoldino Marques do Amaral, morreu denunciando. Pois tais documentos foram juntados, e estão sendo esclarecido, para Vossa Excelência saber que as PROVAS da vítima AUREO MARCOS RODRIGUES, não vão ser enterrada, como as provas do Juiz Leopoldino Marques do Amaral, pois foram juntadas para VOSSA EXCELÊNCIA, entender melhor, e ter uma informação mais precisa em parte, para saber como e quando começaram, essas INJUSTIÇAS, para dar uma DECISÃO justa, dentro da ética, dignidade e imparcialidade, calçadas em provas robustas e documentada. Pois dentro das petições e dos CDs, está condensada toda a reclamação relacionada a todos os fatos que levam a entender a tendenciosidade e as armações ilícitas e criminosas feitas pelo MINISTERIO PÚBLICO, em conluio com o GRUPO DE DEMANDANTE autores da ação 30799/2011, 52869/2013, 53330/2013, 53840/2014 e várias Autoridades do Poder Judiciário, que teve inicios no ano de 2006 no processo código 23280/2010, onde fez surgir os processos administrativos, código 520/2006, 1/2007, 707/2007 e 50/2008, que tramitou junto a CORREGEDORIA GERAL DE JUSTIÇA, onde figura o Magistrado EMERSON CAJANGO como DENÚNCIADO, sendo que foram esses fatos que motivou a Ministra ELIANE CALMON, alegar que tinha BANDIDO DE TOGA dentro do Poder Judiciário e levou a Ministra a autuar o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA sob. o nº. 0004098-72.2011, onde figura como parte investigado o CNJ, CGJ-TJ-MT e TJ-MT, por violação a RESOLUÇÃO 135/2011-CNJ. ESCLARECIMENTO: Devo informar, que esses são os motivos de tanta OMISSÃO e PERSEGUIÇÃO feito pela MAGISTRATURA, contra o RECLAMANTE AUREO MARCOS RODRIGUES, pois de início foi determinada, na Portaria n. 104, de 10.03.2009, pelo então Corregedor Nacional de Justiça, a “suspensão dos pagamentos de valores relativos a competências anteriores aos magistrados no âmbito do Tribunal de Justiça do Mato Grosso”. Devo informar, que essa determinação foi providência necessária diante da gravidade dos achados documentados na Correição Ordinária nº 0003146-64.2009 e na Inspeção nº 0000896-58.2009, que envolviam diversas irregularidades e inconsistências em concessão de vantagens, apurações de créditos e declarações de créditos de Magistrados e Servidores do TJ-MT em períodos anteriores a 2009, e cuja apuração ainda não foi ultimada. MATERIA DE IMPRENSA: CNJ nega autorização e manda TJ suspender super salários de juízes de MT Oitenta e quatro magistrados receberam mais de R$ 100 mil no mês de julho Da Redação Devo informar, que esses fatos, foram motivos de matéria de “IMPRENSA”, nos últimos dias, pois o Ministro Corregedor João Otávio de Noronha do CNJ, foi que questionou posicionamento do TJ-MT, a polêmica sobre os pagamentos foi levantada nesta semana após a divulgação de que 84 magistrados receberam verbas “vultosas” do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), em um caso superando os R$ 500 mil, a título de créditos sobre substituições de entrância (quando um juiz acumula mais de uma comarca) entre 2005 a 2009. DOS PEDIDOS: Diante do exposto, com base no artigo 5º inciso, X, XI, XXXV, LIV, LV e LXXVIII, todos da Constituição Federal, e com fundamento no artigo 39 do CPP, e com fundamento no artigo 22 da RESOLUÇÃO 135/2011CNJ, e com fundamento no art.103-B, § 4º, III, da Constituição Federal, e arts. 72 e seguintes do Regimento Interno do Conselho Nacional de Justiça, requer os seguintes pedidos: 1)-Requer que o Ministro Corregedor JOÃO OTAVIO DE NORONHA, faça uma inspeção no TJ-MT e na Comarca de Porto Esperidião-MT, para constatar as “IRREGURALIDADE” e seja aberto a AÇÃO PENAL, obedecendo todas as normas do ´Código de Processo Penal e as Normas da Resolução 135/2011 CNJ, para que todos os DESEMBARGADORES DO TJ-MT, que julgaram as EXCEÇÕES DE SUSPEIÇÃO sob. o n. 134291/2012, 114076/2014, 7551/2015, 130616/2014, 180068/2015, 17413/2016, venha responder pelos crimes descritos nos artigos: 13, 121, 150, 155, 171, 288, 299, 317, 319, 333 e 339 todos do Código Penal Brasileiros, pois o dolo e a má-fé, ficou configurado e esses dois requisitos, são os elementos para o processamento e o julgamento da ação penal. 2)-Requer, que que seja apreciado pelo, MINISTRO CORREGEDOR JOÃO OTAVIO DE NORONHA, o PP 0002227-02.2014.200.0000, e seja apurada o desvio de conduta do Ministro Corregedor “mão de ferro”, Francisco falcão dentro do feito sob. o n. 0004098-72.2011.2.00.0000, pois houve dolo e má-fé, por parte do “EX-CORREGEDOR, mão de ferro”, pois o RECLAMANTE, não poderia ser encarcerado na Cadeia Pública de Cáceres, por um período de seis meses em situação desumana, por força da LITISPENDÊNCIA, sob. o n. 52869/2013 e por força da ação penal código 55321/2015, pois o PP: 0002227-02.2014.200.0000, prova que o RECLAMANTE, pediu SOCORRO, por várias vezes ao “Corregedor mão de ferro”, pois essa omissão, faz o “MÃO DE FERRO”, a incidir nos crimes descrito nos artigo: 13, 288, 299, 317 e 319 todos do Código Penal Brasileiro. 3)- Requer, que que seja apreciado pelo, MINISTRO CORREGEDOR JOÃO OTAVIO DE NORONHA, o PP: 0005456-67.2014, que foram arquivados de forma parcial, e apure o desvio funcional da EX-CORREGEDORA NACIONAL NANCY ANDRIGHI, pois o Delegado da POLICIA FEDERAL, DIÓGENES GOMES CURADO FILHOS, por diversas vezes provocou a Ministra NANCY ANDRIGHI, através do PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº. “0005456-67.2014.2.00.0000”, informando que já havia levado esses fatos criminosos, ao conhecimento do CNJ e do TJ-MT, através das CORREGEDORIAS, que tem competência para abrir procedimento criminal, contra Autoridade, que tem foro privilegiado e nenhuma providência foi tomada, em relação aos fatos criminosos ali relatados, e a resposta da CORRREGEDORA NACIONAL NANCY ANDRIGHI, sempre foi parcial, alegando, que não tinha, nada a “PROVER”, pois essa omissão, faz a EX-CORREGEDORA, a incidir nos crimes descrito nos artigo: 13, 288, 299, 317 e 319 todos do Código Penal Brasileiro. (Prova verificar PP 0005456-67.2014 no site Pje do CNJ). 4)- Requer que a “IMPRENSA”, e toda “SOCIEDADE BRASILEIRA”, toma as PROVIDÊNCIAS, para, que essa, RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR, chegue ao conhecimento do CORREGEDOR NACIONAL, JOÃO OTAVIO DE NORONHA, de forma “PÚBLICA”, para as providências, não deixe essa família morrer diante dos olhos da “SOCIEDADE BRASILEIRA”. DAS PROVAS: DAS PROVAS: Para demonstração do alegado, requer como prova os autos das RECLAMAÇÃO DISCIPLINAR e os autos dos PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS sob. o nº. 000627.87-2007, 0002877-54.2011, 0003921-74.2012, 0005308-72.2012, 0002894-22.2013, 0005819-88.2013, 0005805-07.2013, 0002227-02.2014, 0005456-67.2014 e “0004098-72.2011.2.00.0000 que tramita junto ao CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. a)- Requer, que seja ACESSADO o site da página olhar jurídico com o tema: “JUIZ CONSEGUE NA JUSTIÇA BLOQUEIO DE VIDEOS QUE O ACUSAM DE VENDA DE SENTENÇA”, ou acesse o Site da página do ENOCK com o tema: “JUIZA EDILEUZA ZORGETTI MANDA RETIRAR VÍDEOS CONTRA JUIZ CAJANGO”. ou acesse a página do ENOCK, com o tema: “PAIXÕES DAS RUAS NÃO DEVEM ENCONTRAR GUARIDA NO MP” ou acesse o Site da página do BLOG DO ANTERO com o tema: PEDRO SAKAMOTO PEDE QUE ADVOGADO SEJA INVESTIGADO, ou acesse o Site da página da FOLHA-MAX, com o tema: “Janot pede apoio de procuradora de MT para novas fases da Operação Ararath”, para o Ministro CORREGEDOR JOÃO OTAVIO DE NORONHA, ver na área de comentário os últimos PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS feitos publicamente ao Procurador Geral “RODRIGO JANOT, para esclarecimentos e providência, que o caso requer. PEDE E ESPERA AS PROVIDÊNCIA. PORTO ESPERIDIÃO-MT, 20 DE AGOSTO DE 2017. AUREO MARCOS RODRIGUES. Reclamante.

  2. No Brasil existe desigualdade em todas as áreas sociais: Os tres poderes são classe privilegiadas!!!! Tudo e o poder pelo poder. Os brasileiros não tem representatibilidade. Como disse o Dr. Joaquim Barbosa ex Ministro do STF . Isso é uma vergonha Nacional.

  3. Já dizia um certo ex-senador e atual governador do Mato Grosso:"Não existe jantar grátis, ou de graça". Parece que ele já está pagando por tudo que está devendo ao judiciário matogrossense, que tem mais de 30 componentes na lista de processados do CNJ. E perigo de ir contra los togados é acabar como um certo Leopoldino Marques do Amaral. Vôte!

  4. Brasil país do escandalo. O cara estuda uma faculdade de direito, trabalha, estuda mais ainda consegue dificilmente passar num concurso pra juiz. Corre risco de vida não deixa um segundo se quer de estar revisando os livros e lidando com casos que causariam extremo espanto as pessoas e que assustariam bem mais do que salários expressivos. Sinceramente mérito deles. Se recebessem mal ninguém buscaria esse caminho além de que são no mínimo muito inteligentes. Taxar o agronegócio? Pelo amor de Deus se tem algo que sustenta o Brasil as duras penas é o agronegócio é a soja é o boi. O problema do Brasil é único: EDUCAÇÃO. Por isso temos um bando de pilantra nos governando e gente mais burra ainda votando neles. Continuem aí resmungando...

  5. esse ano de 2016 foi de muita decepção, nunca fui a favor da volta a Ditadura Militar, mas mudei de opinião por ver tanta roubalheira em cima dos brasileiros. EU QUERO A DITADURA MILITAR, para acabar com esses políticos ladrão que estamos vendo todos os dias no noticiário, acabar com a regalias deles e quero ver muitos desses políticos correndo para outros países pedindo asilo político....

  6. Por que será que promotores estaduais e federais deram recurso pra campanha ao senado em 2010 ao Taques? Pode ser legal, mas.....por que será que judiciário recebeu o RGA? Por que será que o judiciário tem tantas regalias? Por que será que Taques e Temer retiram diteitos dos trabalhadores e não mexe nos privilégios do judiciário?

  7. Olha eu conheço oficial de justiça que recebe mais de vinte mil reais liquidos. E olhando o histórico de pagamentos dele há pagamentos de até setenta mil reais! Tem apenas nível superior, mas entrou com nível médio. Eu sou professora, tenho quase o mesmo tempo de serviço que ele e já entrei no seviço público com pós-graduação e ganho pouco mais de três mil reais liquidos. Esses tiveram um natal gordo... Nós do executivo tivemos um "natal branco" passado em branco ... sem neve ... Os interinos (contratados) não receberam nem 13° salário. Será que é justo um oficial de justiça ganhar quase dez vezes o salário de um professor? Por isso a sociedade amarga greves e péssimos serviços públicos, muito dinheiro na mão de uma "casta" de semi-deuses? As contas de casa todas atrasadas, hoje acabou o meu gás, mas só irei receber amanhã enquanto isso aquele meu conhecido oficial de justiça posta fotos de lanchas, viagem à Miami, praias do nordeste , almoços em restaurantes do RJ, compras em shoppings da av. paulista etc. Aqui hoje almoçaremos sanduiche de mortadela porque não tenho como comprar o gás (não tenho mais cartão de crédito) e amanhã todos voltaremos à escola para encerrar o ano letivo de 2016, por causa do RGA, que depois de descontados a previdência e o imposto de renda talvez aumentasse uns 250,00 meu salário. Já dava para comprar um botijão de gás de reserva. Que maravilhoso mês de janeiro esses funcionários do judiciário devem estar tendo, muito dinheiro e dias de folga e sol. Deus conserve. E tenha misericórdia da ralé!

  8. Com esta crise política em que passa o país, veio a tona, os privilégios do poder judiciários. Os super salários e uma infinidade de regalias, enquanto a maioria da população sobrevive( tenta viver) com um salário mínimo. Por isso, quando os trabalhadores fazem greve por melhores salários e condições dignidade de trabalho, quase sempre os patrões ganham na justiça. Agora mesmo, o salário mínimo era pra ser sem o golpe da direita de 968 reais, mas com o golpe ficou em 937 reais. Parece que não é nada, mas 31 reais falta muita falta, principalmente aos aposentados. Os três poderes haje de forma articulada, sempre para retirar direitos, ou seja, na interpretação da lei, quem paga a conta são os trabalhadores.

  9. Sem contar as verbas "extras" oficiais sempre recebidas declaradamente com direitos a depositos, teds ou malas. Os advogados assossiados da turminha ai só no caviar. E o resto do MT que se ... Não há Justiça nesse Estado quando se trata de grandes "causas e causos." Há perseguiçoes e decisōes completamente descabidas. Isso há décadas. Absurdo.

  10. É muita disparidade os altos salários desta elite de toga que vivem do sangue do pobre e do trabalhador! O povo está cansado desta ditadura do Judiciário que legisla em causa própria e mata o povão aos poucos! Ainda resta a justiça divina! Um dia o caos alcançará a todos! Ninguém está acima da Lei divina!

  11. é realmente muita sacanagem esses salários exorbitantes e aviltantes para com a grande maioria dos servidores do executivo, que fica chupando o dedo, pois toda ação destes que vai para o tribunal de justiça é barrado a mando do ditador, não sai nada lá para o funcionalismo, nem URV, nem verba indenizatória, nem RGA, nem porra nenhuma. sabe estou me cansando de ser honesto, parece que sou um trouxa, idiota, palhaço desse governador e de seus protegidos, muitos desses revestidos de "senhores da lei". parece que o estado de mato grosso foi feito só para o poder judiciário e o agronegócio, o resto são uns bestões, a serviço de uma sociedade injusta, hipócrita e revoltante.

  12. URV, valores não pagos na data por isso o valor alto no mês de dezembro, tudo isso não ameniza gente que defende. Tentem mais uma vez. O discurso é de crise. A URV não foi paga ainda para o executivo, RGA de 2016 nada, apenas uma parcela de miséria. E para quem está vendo a reportagem pela primeira vez, perderam de ver a foto dos "togas", muvuca foi orientado para tirar, ou foi ordem. Não sei.

  13. URV? Continua interessante. Não tira o mérito da reportagem. Aliás servidor pode nos dizer qdo sai o URV do executivo?

  14. Apenas para esclarecimento, esses valores são receitas eventuais e não salários. Em dezembro houve pagamento de passivos referentes a URV... lá de 1994. São valores acumulados em 22 anos por isto os valores expressivos. Não existem casos de salários acima do teto no TJMT.

  15. Esse que intitulou como falsa notícia ou é um membro do judiciário ou parente ou puxa-saco, não sou advogado do Muvuca ou parente, mas voçe não teve a coragem de por seu nome, então não tem moral para criticar ninguém.....Brasil mostre a sua cara, Agora eu acho que é muito dinheiro para pouco que eles fazem!!!

  16. Muvuca vc é um falso jornalista! Divulgue de forma correta os passivos trabalhistas pagos e nao fique falando meias verdades! Todos tem direitos e è obvio qur qunde violadis direitos de cargos da Lta adimjstracao logico que os valores saomais elevados! Se nao se pagou mo momento certo por isso se acumulou! Mas como vc é sensacionalista nunca vai divulgar a verdade!!! Materia sensacionalista e barata!

  17. Povo de Mato Grosso em alerta em 2017 ********** VOCÊ SABIA? Mato Grosso deixa de arrecadar R$ 7 bilhões por ano com as commodities*********** O Caminho é único: TAXAR O AGRONEGOCIO*********** Convido a População a entrar nessa Campanha de #QUEREMOS A TAXAÇÃO DA SOJA, QUEREMOS A TAXAÇÃO DO AGRONEGÓCIO****************** --> SEM TAXAÇÃO - Caos na Saúde onde um familiar teu irá morrer por falta de atendimento ou viverá a humilhação da espera! A criminalidade aumentando e vai adentrar na sua casa e bandidos irão roubar, matar, estuprar! Estradas esburacadas provocando acidentes onde uma hora um familiar teu será a vítima. O desemprego atingirá você ou um familiar ou um amigo. ********** PARTICIPE! 1º VAMOS PRA RUA EM FEVEREIRO 2017 - Mês de Carnaval, vamos formar o maior bloco de manifestação contra a Corrupção e a Crise em Mato Grosso********** Aguardem o anuncio da data a serem informadas pelos Sindicatos, Clubes de Serviços, Associações, ações voluntárias********** COBREM A MANIFESTAÇÃO PARA SUA CIDADE INFORMANDO A DATA, HORA E LOCAL ******************CUIABÁ – Concentração as 17 horas 1º Ponto: praça Alencastro, em frente ao prédio da Prefeitura até a o Viaduto da Miguel Sutil ---------------------- 2º Ponto: Viaduto da Av. Fernado Correa até a o Viaduto da Miguel Sutil --------------------- 3º Ponto: Viaduto da Rodoviária até a o Viaduto da Miguel Sutil ---------------------- 4º Ponto: Em frente ao Shopping Pantanal até a o Viaduto da Miguel Sutil ******************* VARZEA GRANDE – Viaduto do VLT/Aeroporto/Rotatória – maior roubo da história de Mato Grosso *********** RONDONOPOLIS - Rua Fernando Corrêa da Costa ************** SINOP – na Praça da Bíblia REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS DO WHATSAPP

  18. Povo de Mato Grosso em alerta em 2017 VOCÊ SABIA? Mato Grosso deixa de arrecadar R$ 7 bilhões por ano com as commodities O Caminho é único: TAXAR O AGRONEGOCIO Convido a População a entrar nessa Campanha de #QUEREMOS A TAXAÇÃO DA SOJA, QUEREMOS A TAXAÇÃO DO AGRONEGÓCIO SEM TAXAÇÃO - Caos na Saúde onde um familiar teu irá morrer por falta de atendimento ou viverá a humilhação da espera! A criminalidade aumentando e vai adentrar na sua casa e bandidos irão roubar, matar, estuprar! Estradas esburacadas provocando acidentes onde uma hora um familiar teu será a vítima. O desemprego atingirá você ou um familiar ou um amigo. PARTICIPE! 1º VAMOS PRA RUA EM FEVEREIRO 2017 - Mês de Carnaval, vamos formar o maior bloco de manifestação contra a Corrupção e a Crise em Mato Grosso Aguardem o anuncio da data a serem informadas pelos Sindicatos, Clubes de Serviços, Associações, ações voluntárias COBREM A MANIFESTAÇÃO PARA SUA CIDADE INFORMANDO A DATA, HORA E LOCAL CUIABÁ – Concentração as 17 horas 1º Ponto: praça Alencastro, em frente ao prédio da Prefeitura até a o Viaduto da Miguel Sutil 2º Ponto: Viaduto da Av. Fernado Correa até a o Viaduto da Miguel Sutil 3º Ponto: Viaduto da Rodoviária até a o Viaduto da Miguel Sutil 4º Ponto: Em frente ao Shopping Pantanal até a o Viaduto da Miguel Sutil VARZEA GRANDE – Viaduto do VLT/Aeroporto/Rotatória – maior roubo da história de Mato Grosso RONDONOPOLIS - Rua Fernando Corrêa da Costa SINOP – na Praça da Bíblia REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS DO WHATSAPP

  19. REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS Neste Domingo, repasse essa mensagem aos seus grupos e contatos CONSCIENTIZAÇÃO TOTAL - O POVO UNIDO EM 2017 Povo de Mato Grosso em alerta em 2017 VOCÊ SABIA? Mato Grosso deixa de arrecadar R$ 7 bilhões por ano com as commodities - O Caminho é único: TAXAR O AGRONEGOCIO Convido a População a entrar nessa Campanha de #QUEREMOS A TAXAÇÃO DA SOJA, QUEREMOS A TAXAÇÃO DO AGRONEGOCIO SEM TAXAÇÃO - Caos na Saúde onde um familiar teu irá morrer por falta de atendimento ou viverá a humilhação da espera! A criminalidade aumentando e vai adentrar na sua casa e bandidos irão roubar, matar, estuprar! Estradas esburacadas provocando acidentes onde uma hora um familiar teu será a vítima. O desemprego atingirá você ou um familiar ou um amigo. REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS MARAJAS - Os megas hiper salários existem em Mato Grosso REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS ATENÇÃO - PARTICIPE! 1º VAMOS PRA RUA EM FEVEREIRO 2017 - Mês de Carnaval, vamos formar o maior bloco de manifestação contra a Corrupção e a Crise em Mato Grosso Aguardem o anuncio da data a serem informadas pelos Sindicatos, Clubes de Serviços, Associações, ações voluntárias – COBREM A MANIFESTAÇÃO PARA SUA CIDADE INFORMANDO A DATA, HORA E LOCAL CUIABÁ – Concentração as 17 horas 1º Ponto: praça Alencastro, em frente ao prédio da Prefeitura até a o Viaduto da Miguel Sutil 2º Ponto: Viaduto da Av. Fernado Correa até a o Viaduto da Miguel Sutil 3º Ponto: Viaduto da Rodoviária até a o Viaduto da Miguel Sutil 4º Ponto: Em frente ao Shopping Pantanal até a o Viaduto da Miguel Sutil VARZEA GRANDE – Viaduto do VLT/Aeroporto/Rotatória – maior roubo da história de Mato Grosso RONDONOPOLIS - Rua Fernando Corrêa da Costa SINOP – na Praça da Bíblia REPASSE ESSA MENSAGEM AOS GRUPOS

  20. O poder executivo recebe seus salários quando dá e não tem seu RGA, porque apesar de trabalharem não tem o poder de defender " gente honesta" de seus crimes. Morram e nasçam de novo para vestirem toga.

  21. Assim, não dá! O moribundo Brasil não aguenta! Tem que aumentar os impostos!

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé