EM DEFESA DA SOCIEDADE

Cuiabá humanizada ago certo

Procurador Mauro Curvo diz que políticos flagrados devem ser afastados dos cargos

Ministério Público está aguardando o compartilhamento das provas do Supremo Tribunal Federal (STF) para agir contra políticos delatados por corrupção.

Opinião

Redação 374 acessos 3

Procurador Mauro Curvo diz que políticos flagrados devem ser afastados dos cargos

O procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, Mauro Curvo, afirmou que, assim como qualquer cidadão, não concorda com a permanência em cargos eletivos dos políticos delatados pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB), caso seja comprovada a veracidade das propinas recebidas.

“Em face da contundência da prova de corrupção explícita gravada em vídeo, acredito que não só eu, mas todos os cidadãos, teremos extrema dificuldade em aceitar a permanência dos filmados recebendo dinheiro ilícito, desviado dos cofres públicos, em cargos públicos”

O ex-chefe de gabinete de Silval, Silvio Correa, filmou diversos políticos, à época deputados estaduais, recebendo dinheiro supostamente ilícito.

Segundo Sílvio, a pressão feita pelos então parlamentares era tanta que, muitas vezes, ele fazia empréstimos com outras pessoas para honrar com a data do pagamento de propina aos deputados. Normalmente, o dinheiro da propina era proveniente das obras do programa MT Integrado e era dado pelas empreiteiras, que faziam parte do esquema, ao então secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), Valdísio Viriato. 

Curvo também afirmou que o Ministério Público está aguardando o compartilhamento das provas do Supremo Tribunal Federal (STF) para agir.

Ele afirma que já manteve contato com a Procuradoria-Geral da República e está confiante que as investigações terão a agilidade e a transparência que a sociedade mato-grossense espera. 

“As imagens veiculadas pelos meios de comunicação apontam indícios fortíssimos de corrupção. A sociedade mato-grossense pode ficar tranquila que o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, dentro de sua atribuição, não se furtará em adotar as medidas cabíveis. Não nos contentaremos apenas com as provas já apresentadas e iremos a fundo nesta investigação para que todos os envolvidos sejam punidos de forma exemplar”

O que dizem sobre isso?

  1. Achei que não existisse o MP no Estado de MT!!!! É tão ineficiente e partidário, que nem quando faz de conta trabalhar, não consegue mais iludir os Matogrossenses!!! Nobre Procurador quando da fundação deste Estado, um interventor ao se despedir dos Matogrossenses , assim o fez""" Até algum dia, Matogrossenses, que de bobo só tem a cara e o jeito de andar!"

  2. ISSO SERIA O MINIMO..

  3. Senhor procurador-geral de justiça Mauro Curvo um exemplo de corrupção foi com o DESMATAMENTO que também vinha sendo a muito tempo uma atividade forte no estado de MT., isso é devido a revogação pelos deputados e governador Silval Barbosa da lei 235 desde 20/12/2012 da fiscalização e identificação de madeiras,atribuição do INDEA,a causa da revogação da LEI foi porque essa atividade de fiscalização incomodava e incomoda a maioria dos deputados o governo e aqueles que insistem em praticar esse crime ambiental que é a madeira, a floresta é para a presente e as futuras gerações. A JUSTIÇA TARDA MAIS NÃO FALHA

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé