EM DEFESA DA SOCIEDADE

TCE Fevereiro

''Não seremos tratados como idiotas e retardados'', disse Janaina após pedido de vista do PEC

Deputada Janaina Riva declarou que ficou 'surpresa' com o ato do deputado Saturnino Masson, após pedir vista do projeto, pois ele teria fugido do acordo

Opinião

Redação 1494 acessos 3

''Não seremos tratados como idiotas e retardados'', disse Janaina após pedido de vista do PEC

“Nós vamos levar essa discussão no tom que a base do governo exige”, disparou a deputada Janaina Riva (PMDB) contra o governador Pedro Taques (PSDB), que criou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC). A parlamentar disse que ficou ‘surpresa’ com o pedido de vista do deputado Saturnino Masson (PSDB) e declarou que não deixará os deputados de oposição serem tratados como ‘idiotas e nem como retardados’.

Para a deputada o pedido de vista teria que ser feito para ver um melhoramento da proposta da PEC e que ainda se entristeceu com o ocorrido, uma vez que os deputados teriam entrando em um acordo. Segundo Janaina, ficou acordado entre os deputados para não fazerem o pedido de vista, até que fosse discutido por todos e entrarem em acordo de atender a necessidade dos parlamentares que apresentaram emendas.

“Havia um acordo para que nenhum deputado pedisse vistas durante as negociações, o que impede o andamento das conversas, mas isto não foi cumprido, talvez visando que a nossa participação fosse excluída. Pois aviso que agiremos da mesma forma agora, não seremos feitos de idiotas durante esse debate da PEC do Teto, e se preciso pediremos vistas também, assim com a base do Governo vem fazendo”, declarou em sua rede social ‘Facebook’.

O Projeto de Emenda Constitucional (PEC) trata de congelar o orçamento do Estado em uma década (10 anos), economizando cerca de R$ 1 bilhão. Na semana passada, foram aprovadas 26 emendas apresentadas pelos deputados Janaina Riva (PMDB), Zeca Viana (PDT) e Valdir Barranco (PT), sendo aprovadas apenas 11.

A deputada não se intimidou com o colega e disparou que os deputados de oposição não são ‘burros’. Ressaltou ainda que “não é legal que você [Saturino Masson] faça um pedido de vista para que não dê o direito do outro contribuir com a PEC”.

“Quero dizer a vossa excelência, a imprensa, os servidores da CCJ, que nós não seremos tratados como idiotas e nem como retardados. Que não subestimem a inteligência dos deputados. Esse jogo de três cantos, já vimos lá atrás e não dá certo”, disse.

Revoltada com o ato do deputado Saturnino, concluiu repetindo sua visão contra o parlamentar que era pra ser discutido antes com todos antes do pedido de vista.

“Acho que se tivesse discutido isso antes conosco, nós não precisaríamos passar por alguns constrangimentos, como vamos passar daqui pra frente. O que aconteceu aqui [pedido de vista] me pegou de surpresa, achei que tínhamos madurecidos após discussão do RGA”, concluiu.

O que dizem sobre isso?

  1. Essa deputada é linda e competente. ...

  2. Ela não tem nada a ver com os erros do pai, com o patrimônio que tem. Ela é uma deputada que atende a sociedade qualquer hora do dia e sempre está pronta para ajudar no que preciso.

  3. Não serão tratados como retardados? Conta aí qual a origem da fortuna amealhada deputada. Tai uma coisa que a senhora não é. Consegue enganar o povão, ávido por idolatria. Mas explicar de onde veio o patrimonio, aí não ne?

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé