EM DEFESA DA SOCIEDADE

Assembleia março LEI

Taques dá mais um calote na Assembleia e deputado quer entrar na justiça

Estado deve para legislativo R$ 48 milhões por excesso de arrecadação

Parlamento

1041 acessos 5

Taques dá mais um calote na Assembleia e deputado quer entrar na justiça
Diário

Os componentes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa não estão entrando em um consenso quando o assunto é excesso de arrecadação. Enquanto o primeiro-secretário, deputado estadual Ondanir Bortolino (PSD), defende que a Casa impetre com uma ação contra o Governo do Estado, o presidente da Casa de Leis, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) prega maior diálogo com o Executivo.

Conforme levantamento da Assembleia, o Executivo Estadual deixou de repassar cerca de R$ 48 milhões em excesso de arrecadação. O montante diz respeito aos anos de 2015 e 2016.

Para o deputado Nininho, a Mesa deve ingressar com uma ação na Justiça exigindo este repasse, tendo em vista, principalmente, a situação financeira a qual a Casa se encontra por conta do atraso no repasse do duodécimo.

De acordo com ele, a lei obriga o Parlamento Estadual a notificar o Estado. O parlamentar afirma que, se isso não for feito, os integrantes da Mesa podem ser penalizados no final do mandato. “Temos saldo a receber que, por lei, eu vou ser obrigado a acionar o governo. É lei e não irei descumprir”, explica.

Guilherme Maluf, por sua vez, acredita que o diálogo pode resolver a situação. Para ele, uma ação judicial prejudicaria o processo. “Excesso de arrecadação existe sim, mas acredito que isso pode ser resolvido no diálogo. A crise está aí e todos nós estamos sentindo. Uma ação judicial tumultuaria o processo, talvez, um acordo, um TAC para evitar a judicialização. A falta de repasse não é só para a Assembleia. Outros Poderes também têm direito”, argumentou.

Apesar de não concordar com a juidicialização do tema, o tucano afirma que compreende o posicionamento de seu companheiro de Mesa.

O que dizem sobre isso?

  1. Rapaz de todos os vagabundo nosso povo é o pior! Todos são vagabundos , sim se discorda o que os senhores estão fazendo que deixam estas aberrações acontecerem? Então somos todos vagabundos.

  2. excesso de arrecadação! ENTÃO POR QUE ESSA MISÉRIA? excesso de arrecadação! ENTÃO POR QUE A FALTA DE DINHEIRO NA SAÚDE? excesso de arrecadação! ENTÃO POR QUE O CAOS NA EDUCAÇÃO? excesso de arrecadação! ENTÃO POR QUE O NÃO PAGAMENTO DO RGA AOS SERVIDORES? excesso de arrecadação! ENTÃO POR QUE OS SINDICATOS NÃO FISCALIZAM MELHOR AS APLICAÇÕES DO DINHEIRO ARRECADADO?

  3. Concordo com os dois comentários

  4. Seu Paulo Roberto, o que tem em haver deputado e pastor de igreja? O vaticano e a igreja católica roubou muito dinheiro, vendeu terreno no céu, cobrou pelo perdão de pecados cometidos e os que ainda iriam ser cometidos, matou muitos inocentes na "santa inquisição", tem papamóvel, avião do papa, tem um país independente para não ter que recolher imposto ao governo... e você vem me falar de pastor evangélico? Vagabundo tem em todo lugar. Teve um entre os 12 discípulos de Jesus, tem médico vagabundo, tem pastor vagabundo, tem padre pedófilo vagabundo, tem professor vagabundo, tem vendedor agiota dono de garagem de veículos vagabundo, político vagabundo nem se fala, tem ministro vagabundo, tem juiz vagabundo... e por aí vai...

  5. Como gosta de dinheiro público esse deputado Nininho, ele está parecendo pastor de certa igreja evangélica......Caracas meu!!!!! Trabalhar mesmo que é bom.....Em prol do povo, nada!!!

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG