EM DEFESA DA SOCIEDADE

Novembro AL Ética

Joaquim diz que Janot cometeu crime ao não incluir Pedro Taques em investigação

Conselheiro detona ex-Procurador, Taques e conselheiros substitutos. (Veja)

Poderes

Redação 2054 acessos 4

Joaquim diz que Janot cometeu crime ao não incluir Pedro Taques em investigação
MUVUCA POPULAR

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), conselheiro Antônio Joaquim, afastado de suas funções por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou o ex-Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pela parcialidade e evidente proteção que deu até então a Pedro Taques, pela proximidade que Janot tem com o governador de Mato Grosso.

Ao MPopular, Joaquim disse estranhar o fato de não acontecer nada com Pedro, que também foi delatado por Silval, e de forma muito mais grave, além de outros delatores que citaram Taques, e a PGR não fez nada. "Eu já ia aposentar quando fui afastado. Será que ele (Janot) sabia disso e o fato de eu ir disputar uma eleição incomodou algum amiguinho dele?

"Pra mim foi uma sacanagem do Janot, principalmente comigo. Uma coisa é pedir busca e apreensção, abrir um inquérito é até obrigatório quando se é citado em uma delação. Outra coisa é essa ação criminosa de proteção a Pedro Taques, que foi citado em Caixa 2, reunião na casa do Mauro pra discutir propina, dinheiro da JBS, coisas muito mais graves, e com ele não há um inquérito. Então que cidadania é essa diferenciada do Pedro e a minha?", questiona Antônio Joaquim.

Substitutos

Sobre os conselheiros substitutos, Joaquim diz que eles nunca serão titulares efetivos, porque essa possibilidade não existe. Eles estão com crise de identidade, vislumbrando uma eventual posse definitiva no cargo", disse em entrevista ao Muvuca Popular e ao jornalista Lúcio Sorge, no jornal do Meio Dia, nesta segunda (26).

“Os conselheiros substitutos tem essa missão de substituir conselheiros titulares, ou de férias, licença saúde ou afastamento. Eles passaram no concurso público para o cargo de conselheiro substituto. Nessa função eles têm todas as prerrogativas. Nós ainda somos conselheiros apesar de afastados. Mas se um dia tiver uma vacância não serão eles que irão substituir serão indicação do Executivo e Legislativo. Eles morrerão conselheiros substitutos”, afirmou.


Veja parte de suas críticas em entrevista a Gazeta:

O que dizem sobre isso?

  1. Mas se são compadres? Do mesmo jeito que vocês não fiscalizaram a fundo as Contas e aprovaram as de 2015 e 2016, deveriam ter sido mais rigorosos, nada disso estaria acontecendo pois ele sofreria impeachment logo no primeiro ano de gestão. Porém vocês foram tão compadres quanto o Janot, deu no que deu, agora chupa esta manga...

  2. concordo plenamente

  3. Essa situação eu já vinha apontando a muito tempo. O cara é denunciado em caixa 2 na delação do tesoureiro de campanha e nada acontece. O cara teve indícios na apuração dos fatos da SEDUC e nada acontEce. o CARA É SUSPEITO DE MENTORIA NO CASO DE GRAMPO E NADA ACONTECE. Só vai ter um jeito da Cuiabania saber quem é Pedro Taques. O dia que ele perder as prerrogativa do cargos ai vai acontecer o que aconteceu som Silval.

  4. Joaquim bae duro, merecia se candidatar ao governo e enfrentar Pit Bitoca

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé