EM DEFESA DA SOCIEDADE

Prefeitura conciliação outubro

Botelho sofre derrota na Justiça após tentar deixar PSB

O presidente da ALMT, Eduardo Botelho disse que pretende sair ainda em 2017, pois suas ideias não estão de encontro com a do partido

Poderes

Redação 320 acessos 3

Botelho sofre derrota na Justiça após tentar deixar PSB
Claryssa Arruda

O pedido de liminar do deputado estadual Eduardo Botelho para se desfiliar do PSB foi negado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta segunda-feira (4) e aguarda o julgamento ao mérito ainda em 2018. A decisão foi do juiz membro do Tribunal de Contas, José Antônio Bezerra Silio, que negou a antecipação da saída do parlamentar no partido. 

"Eu entendo que tenho o direito de deixar o partido, uma vez que nossas ideias não estão de encontro com o partido. Então, essa é a minha posição com a liminar. Eu já decidi que vou sair e não tem mais volta", disse.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) declara  que já sabia da possibilidade da liminar ser negada, mas afirma que pretende que julgamento ao mérito seja realizado ainda em 2017 e pretende sair da sigla também ainda este ano.

"Com essa liminar, já tinhamos poucas esperança nela. Eu já tinha discutido com meus advogados e sabíamos que era provável ser negado, mas temos a convicção de que no julgamento ao mérito nós vamos ganhar", disse.

Botelho explicou que não está sendo julgado por algo no partido e que pretende sair pela porta da frente. No documento, o parlamentar citou que sofreu uma atitude arbitrária da direção nacional do partido, além de ser retirado da direção do Estado de Mao Grosso. Além de suas ideias não estarem de acordo com a do partido.

O que dizem sobre isso?

  1. Qualquer que pretende se eleger deputado gasta no mínimo 2 milhão na campanha, de publicidade a cabos eleitorais para se eleger. Recebe 30 mil por mês de salário. 48 meses x 30 mil = Façam as contas. Sempre pessoas ligadas ao agronegócio, ligado a empresas. Se for médico.. é por que é dono de hospital grande PARTICULAR, como também dono de empreiteiras, Todos do cargo eletivo e seus funcionários estão ligados a interesses ou talvez muito provavelmente a corrupção Povo de mato grosso fassan as contas.

  2. Pra que partido deputado já declarou na imprensa que não seria mais candidato. Essa vaga de deputado ninguém quer largar. Salário 30 mil por mês gasto pra se eleger 2 milhões tudo que recebe não paga a conta e ninguém quer largar o osso

  3. tambem esqueceu o partido e ficou a merce do desgastado e inutil taxi

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé