EM DEFESA DA SOCIEDADE

Diário de contas novo (TCE)

Policial civil morre e 3 policiais ficam feridos após viatura capotar em MT

Wilder Botelho Queiroz, de 27 anos, havia ingressado na Polícia Civil na turma que se formou em 2016. Momentos antes do capotamento um disparo acidental feriu outro policial no veículo

Polícia

Redação 246 acessos

Policial civil morre e 3 policiais ficam feridos após viatura capotar em MT
G1

Um investigador da Polícia Civil morreu e outros três policiais civis ficaram feridos depois que uma viatura da polícia capotou, na noite dessa terça-feira (12), em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, Wilder Botelho Queiroz, de 27 anos, morreu no acidente depois que o carro onde os policiais estavam ficou sem controle e capotou.

De acordo com a Polícia Civil, o acidente ocorreu em uma estrada de terra, na região conhecida como São Gonçalo, zona rural do município. Os quatro investigadores, três homens e uma mulher, estavam em uma diligência na região rural, a 60 km de Pontes e Lacerda, quando um disparo acidental atingiu o pé do investigador Dejander de Souza Santos, que precisou ser socorrido para atendimento médico.

Ainda conforme a Polícia Civil, no retorno, por volta de 18h, a viatura com os investigadores perdeu o controle, poucos quilômetros do local da primeira ocorrência, e capotou.

Wilder, que era integrante do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) de Pontes e Lacerda, morreu no local. A velocidade do veículo, segundo apurado, era compatível ao trajeto que eles faziam. A caminhonete também estava com a manutenção em dia.

Os outros três investigadores, sendo um já ferido pelo disparo, tiveram ferimentos pelo corpo. A investigadora sofreu um corte na cabeça, com muito sangramento.

Os policiais conseguiram retornar a Pontes e Lacerda após pedirem socorro e pegarem uma carona. No caminho encontraram com outro veículo da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros Militar, que seguiam ao local para prestar socorro. Todos foram levados para o Hospital Santa Casa de Pontes e Lacerda.

O investigador Wilder Botelho Queiroz, era natural de Mirassol D’Oeste, a 329 km de Cuiabá, havia ingressado na Polícia Civil na turma que se formou em 2016.

De acordo com a Polícia Civil, a caminhonete envolvida no acidente com os investigadores passará por perícia, assim como a arma que disparou acidentalmente. O velório do policial deve ocorrer nesta quarta-feira (13) em Mirassol D'Oeste, ainda sem horário definido.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG