EM DEFESA DA SOCIEDADE

Prefeitura junho

Vereadores voltam atrás e decidem não reajustar salários

Mesa Diretora pede devolução do projeto aprovado em dezembro; aumento ficará para 2020.

Política

Redação 689 acessos

Vereadores voltam atrás e decidem não reajustar salários

Após veto do prefeito e mobilização popular, vereadores decidem voltar a trás no reajuste salarial. Segundo assessoria a Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá solicitou ao prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) a devolução do Projeto de Lei aprovado em dezembro do ano passado, que reajusta o salário dos vereadores de Cuiabá em 23,5% - de R$ 15,3 mil para R$ 18,9 mil.

Conforme o presidente do Legislativo, vereador Justino Malheiros (PV) - que chegou a defender o aumento -, o propósito da iniciativa é fazer com que este assunto seja debatido apenas em 2020, deixando para vigorar na próxima Legislatura (2021/2024).

“O reajuste é legal, mas houve uma forte reação popular, pois, o Brasil atravessa uma grave crise econômica. Portanto, o momento não é de defender reajuste salarial diante da péssima situação financeira em que se encontra a maioria do povo brasileiro”, afirmou.

O vereador Diego Guimarães (PP), que é segundo vice-presidente da Câmara Municipal, ressaltou que a atual legislatura pretende ouvir os anseios da população, e que a mobilização pedindo para que fosse revisto o reajuste do salário dos parlamentares foi importante para a solicitação da devolução do projeto.

“Somos os representantes de todos os cuiabanos. É nossa obrigação ouvir as ruas, o desejo da população. Penso que foi o melhor caminho que a Câmara tomou em relação a este assunto”, disse.

Uma manifestação popular contra o aumento do salário dos vereadores por Cuiabá, vem sendo marcada pela rede social facebook. O protesto foi agendado para esta sexta-feira (10) as 18 horas em frente à Câmara Municipal. O ato tem adesão de mais de cinco mil pessoas. Além de serem contra o reajuste o movimento solicita o fim dos privilégios dos parlamentáres. 

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé