EM DEFESA DA SOCIEDADE

AL ago mais 2 com link

Wellington Fagundes é o parlamentar mais influente em Brasília, segundo o DIAP

Senador é o único de MT na lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar

Política

Redação 651 acessos 4

Wellington Fagundes é o parlamentar mais influente em Brasília, segundo o DIAP
PABLO RODRIGO

O senador Wellington Fagundes (PR) é o único mato-grossense na lista dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, em lista elaborada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). 

Na divulgação de “Os ‘Cabeças’ do Congresso Nacional”, considerado o ‘Oscar’ que premia os melhores parlamentares do Brasil, Fagundes se destacou na categoria de “Articuladores/Organizadores” e foi considerado referência nos temas economia e desenvolvimento regional. 

A categoria “Articulador”, segundo o DIAP, é reservada a parlamentares com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso. Como interlocutores dos líderes de opinião, encarregam-se de difundir e sustentar as decisões ou intenções dos formadores de opinião, formando apoio à iniciativa dos dirigentes dos grupos políticos a que pertencem. 

Fagundes é um dos cinco senadores estreantes na publicação, junto com Otto Alencar (PSD-BA), Paulo Bauer (PSDB-SC), Raimundo Lira (PMDB-CE) e Simone Tebet (PMDB-MS). Fagundes é o oitavo político do Estado a receber classificação no DIAP. Antes, figuraram na lista Antero Paes de Barros, Blairo Maggi, Julio Campos, Nilson Leitão, Pedro Henry, Pedro Taques e Rodrigues Palma. 

Líder do Bloco Moderador, que reúne senadores do PR, PTB, PSC, PRB e PTC, Wellington é também vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e da Comissão Senado do Futuro. É membro ativo da bancada ruralista, com atuação destacada na Comissão de Agricultura (CRA). No ano passado, Wellington também foi relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias. 

Entre as atividades do mandato, destaque para a relatoria da Comissão Mista Especial sobre a Lei Kandir, que se encontra em andamento. O colegiado destina-se a oferecer propostas sobre a alteração da Lei no que se refere à compensação da União aos Estados, Distrito Federal e Municípios, por conta da perda de receita decorrente de desoneração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). 

LOGÍSTICA - O senador Wellington Fagundes vem se esforçando na área de transporte e logística para favorecer Mato Grosso no Congresso. "A receita é simples e vem dos países desenvolvidos: melhor logística de transporte, economia forte. E se a economia está forte, o povo tem oportunidades, empregos e vive cada vez melhor” , afirmou 

Para ele, Mato Grosso precisa avançar na Infraestrutura de transporte. Se viabilizada as rodovias, a passagem da ferrovia e a exploração do transporte aquaviário, o Estado se consolidará como uma potência da economia nacional. “Temos terras em abundância e férteis. Gente trabalhadora e disposta a investir mais”, acentua. 

Presidente e coordenador da Frente Parlamentar de Logística de Transporte e Armazenagem, a Frenlog, o novo ‘Cabeça do Congresso’ tem um histórico de trabalho no setor de logística. E considera que o caminho para a consolidação da infraestrutura se dará através das concessões. Mas é preciso corrigir rumos.

Enquanto isso não acontece, Fagundes olha para a miniatura, toca com os dedos em sua estrutura e assegura: “Vamos seguir trabalhando. Podem apostar: não vamos perder o bonde da história. Ou melhor, como em Mato Grosso tudo é grandioso, eu digo: não perderemos a locomotiva do desenvolvimento”. 

Quanto ao fato de ter sido incluído entre os 100 da elite política do Brasil, o mato-grossense economiza nas palavras: “E pelo trabalho. Aumenta a responsabilidade”. 

 

O que dizem sobre isso?

  1. Com certeza! Ele e o responsável de captar e colher os 30% das obras de todo o pais!!!! E o politico mais corrupto do país! Esse e ladrão demais............ Nem LULA-LA bateu nele......

  2. Se o povo acha que Pedro Taques é um governador difícil de se relacionar é porque não conhece Welinton Fagundes.

  3. é pra rir ou pra chorar?

  4. Influente na política = sabe distribuir o que ganha $$$$....Romero Juca é influente pra caramba tb.....ti falar viu.....esse aí é o Riva dos transportes......

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG