EM DEFESA DA SOCIEDADE

Conciliação prefeitura

Medeiros não apoiará projeto de reeleição de Taques ao governo

O presidente da sigla, senador José Medeiros, avalia política de Taques como desastrosa na área de Saúde e no relacionamento com o servidor público

Política

Redação 1707 acessos 3

Medeiros não apoiará projeto de reeleição de Taques ao governo
Marcio Camilo

O Podemos não irá apoiar o governador Pedro Taques (PSDB) numa eventual reeleição do tucano ao Palácio Paiaguás.

Segundo apurou o site MPopular, o senador José Medeiros, presidente da legenda, não concorda com os rumos políticos que Taques tem tomado, principalmente nas áreas de Saúde e funcionalismo público.

Medeiros avalia que o governador não teve jogo de cintura em questões delicadas e estabeleceu uma péssima relação com os servidores do Estado.

O senador do Podemos chegou ao Congresso em 2015 como primeiro suplente de Taques, o que em tese estabeleceria certo compromisso de Medeiros com o governador.

Mas o Mpopular apurou que Medeiros entende não estar amarrado a esse compromisso, já que ele foi convidado pelo PPS para ser o primeiro suplemente da coligação partidária que elegeu Taques como senador: a ‘Mato Grosso Melhor Pra Você’, composta pelos partidos PDT, PPS, PSB e PV.

Na época Medeiros pretendia ser deputado federal, mas ele abriu mão da disputa para aceitar a primeira suplência. Taques saiu para disputar o governador, venceu as eleições e consequentemente Medeiros, como primeiro suplente, assumiu a cadeira no senado.

Em relação às investigações da Polícia Federal (PF), que apura uma suposta fraude na elaboração das atas que definiram Medeiros como o primeiro suplente, o senador também estaria tranquilo, pois ele não teria participado do processo de construção da ata, já que ele foi convidado pelo PPS.

Além de não concordar com a política de Taques na área de Saúde, e criticar a postura dele com os servidores, Medeiros também guarda outras mágoas do governador.

Na época que o senador era do PSD, ele sempre viu uma falta de espaço dentro do grupo político de Taques. Medeiros tentou se entrosar, se aproximar mais do governador, mas o retorno não era recíproco. Ao perceber essa situação, ele decidiu se desfilar do PSD e seguir seu caminho que culminou na criação do Podemos.

O que dizem sobre isso?

  1. Paulo kkkkklkk vou rir até 2019 com essa

  2. Antonio não será necessário apagar a luz no final! Pois estará CORTADA por falta de pagamento!

  3. Todo mundo abandonado o barco. O último q sair apague a luz q tá caraa

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé