EM DEFESA DA SOCIEDADE

TCE abril

Partidos se organizam para lançar frente oposicionista ao atual governo do Estado

O bloco se estrutura no sentido de se apresentar como uma espécie de terceira via nas eleições deste ano

Política

Redação 1446 acessos 1

Partidos se organizam para lançar frente oposicionista ao atual governo do Estado
Marcio Camilo

O Podemos e os partidos nanicos realizam uma série de reuniões com o objetivo de definir as coligações para as disputas proporcionais e majoritárias nas eleições de outubro deste ano. O bloco se estrutura no sentido de montar uma frente oposicionista ao atual governo, mas isso ainda não é consenso entre as lideranças partidárias.

No início desta semana houve a quinta reunião do grupo formado pelo Podemos, PHS, Pros, PSDS, PNN, PSL e PRB. No encontro foram discutidas alianças, estratégias, bem como os nomes de candidatos às eleições proporcionais de deputado estadual e federal.

Enquanto há avanço nas discussões para as proporcionais, a disputa às eleições majoritárias está indefinida. De concreto mesmo só a pré-candidatura do senador José Medeiros, presidente do Podemos que buscará a reeleição. Já outra vaga de senador pela coligação está em aberto.

Desse grupo de partidos liderado pelo Podemos, uma parte entende que a coligação deve apoiar a possível candidatura à reeleição do governador Pedro Taques; já a outra parte entende que o grupo deve partir para a oposição.

O Podemos, inclusive, defende oposição ao atual governo de Mato Grosso. Essa premissa tem haver com a orientação nacional do partido, que tem como pré-candidato à presidência da república o senador Álvaro Dias. Dessa forma, o Podemos entende que os diretórios regionais precisam lançar candidaturas majoritárias aos governos dos estados.

O que dizem sobre isso?

  1. Sei não, na hora que bater no cocho e as moedas tilintarem se reagrupam tudo no colo do capeta

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé