EM DEFESA DA SOCIEDADE

Al Meios abril

Niuan destaca força do PSD para eleger Fávaro ao Senado

Segundo ele, não é descartada a possibilidade de saírem dois candidatos de oposição ao governo

Política

Redação 923 acessos 10

Niuan destaca força do PSD para eleger Fávaro ao Senado

O vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (PSD), disse durante entrevista a uma rádio da capital, na manhã desta sexta-feira (13), que pode deixar a cadeira ao lado de Emanuel Pinheiro para concorrer a uma vaga como deputado estadual, e que apoia a candidatura de Carlos Fávaro (PSD) ao Senado Federal.

Niuan, que após 16 anos de militância dentro do PTB, deixou a sigla para se filiar ao PSD, explicou que optou pela mudança em busca de um novo projeto político, e que já não estava satisfeito com as decisões e o desalinhamento dentro do PTB.

Na entrevista, o vice-prefeito disse que almeja o alinhamento com o PSD por buscar um grupo político onde os agentes tenham voz ativa e as decisões sejam tomadas em conjunto. Ele afirmou que já coloca seu nome à disposição para uma possível candidatura a uma vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Questionado sobre o relacionamento atual com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), especialmente após o anúncio de pré-candidatura a deputado estadual, Niuan disse que o clima é positivo. Ele explicou que comunicou a direção do partido e que, dentro da gestão, teve liberdade para tomar a decisão.

Sobre a possível influência da filiação do ex-secretário de Indústria e Comércio do Estado, Alan Zanatta, ao PTB, em sua decisão pela desfiliação, Niuan preferiu não falar sobre o assunto e se resumiu em desejar sorte a Alan em sua nova trajetória política.

Voltando ao assunto “Carlos Fávaro”, o vice-prefeito afirmou que está entusiasmado com o projeto do ex-vice-governador ao Senado.
“É um cara que vem do agronegócio. No meu ponto de vista, ele representa sim o agronegócio. Pra mim ele pode ser inclusive um sucessor do nosso ministro (Blairo Maggi), representando o agronegócio”, disse ele.

O ex-petebista reforçou que tem na sua ida ao PSD o foco de trabalhar o nome de Fávaro na baixada cuiabana e que além do pré-candidato ao Senado, acredita em outros dois nomes ao pleito deste ano, que são o senador Wellington Fagundes (PR) e o ex-senador e pré-candidato ao Senado, Jayme Campos (DEM).

Ao ser questionado sobre a possibilidade de união entre os grupos de oposição, Niuan reforçou o que foi dito ontem por Wellington Fagundes.

“Sem dúvidas! A gente está trabalhando neste sentido”, afirmou Niuan.

Sobre o projeto alternativo de oposição e os nomes mais direcionados à majoritária, Niuan disse ainda que antes de discutir nomes, os nove partidos de oposição buscam o alinhamento de ideias em busca de um projeto unificado para Mato Grosso. Segundo ele, não é descartada a possibilidade de saírem dois candidatos de oposição ao governo.

“Podem vir duas candidaturas de oposição? Pode. Qual o problema? Lá na frente a gente se encontra. Agora, a gente tem que dar para a população o direito de escolher”, reforçou.

Ainda justificando sua simpatia pelo PSD, o vice-prefeito falou da força política do partido, que tem 24 prefeitos e muitos vice-prefeitos no Estado, além de 6 deputados estaduais, sendo que 4 deles que buscam à reeleição.

Para a presidência da República, o apoio a Geraldo Alckmin (PSDB) sob a possível orientação do presidente do PSD nacional, Gilberto Cassab, foi um dos questionamentos. Niuan respondeu que irá a Brasília se reunir com Cassab e que irá seguir a vontade de Carlos Fávaro, que já tem a autonomia do diretório para direcionar as decisões em Mato Grosso.

Depois de tanto falar sobre projetos políticos em favor da sociedade, Niuan Ribeiro não respondeu quais são suas propostas para um possível mandato na Assembleia Legislativa. Ele apenas reforçou que, apesar das divergências com o prefeito, seu compromisso com a gestão continua.

O vice-prefeito não tem a obrigação, constitucionalmente, de se licenciar do cargo para se candidatar ao parlamento estadual. Ele só deve deixar a gestão, se vencer as eleições e assumir a cadeira como deputado, no início de 2019.

O que dizem sobre isso?

  1. Niuam sem voto , Carlos favaro sem voto !! Onde esses dois bostas irão ??? Favaro um babaca de marca maior imbecíl e niuam nunca trabalhou na vida política nogenta , porca e suja. Dois lixos e bostas querendo bancar os bons

  2. so os puxa saco ai

  3. Niuam Ribeiro grande revelação da política matogrossense é a reoxigenação que precisamos para a nossa politica do bem, conte com meu apoio e de minha família.

  4. Jogada de mestre!!!

  5. Niuan, que bom saber que você será candidato. Está fazendo um ótimo trabalho como Vice-Prefeito e virá a fazer muito mais. Quem critica não conhece o seu trabalho. Precisamos de gente nova na política querendo fazer o diferencial.

  6. Força jovem, ficha limpa, com vontade de fazer a diferença e o novo. To com vc Niuan.

  7. Esse tem meu voto. Isso se não virar prefeito antes o que seria muito bom.

  8. Xau Taques! Vem ai uma oposição de verdade.

  9. Vejo uma luz no fim do túnel. Isso sim é renovação! Niuam e Favaro tem meu voto.

  10. So esqueceram de me avisar .podem ter força política dinheiro pra gastar nas eleição .o povo não é Besta não o povo ja esta mais esclarecido

Comente, sua opinião é Importante!

Pontuando rodapé