EM DEFESA DA SOCIEDADE

AL Cidadão abril

Convenção partidária do Psol promete ser uma das mais ‘acaloradas’ de Mato Grosso

Socialistas cuiabanos querem o procurador Mauro. Grupo do interior garante que ele não será candidato ao governo

Política

Redação 889 acessos 6

Convenção partidária do Psol promete ser uma das mais ‘acaloradas’ de Mato Grosso
Marcio Camilo

A confusão está armada no Psol de Mato Grosso. A convenção entre os meses de julho e agosto que definirá o candidato ao governo dos socialistas promete ser movimentada e cheia de debates acalorados entre a turma da capital e a turma do interior.

A turma de Cuiabá garante por A mais B que o procurador Mauro será o candidato ao governo. Já os socialistas do interior juram de pés juntos que o procurador está em outro momento da carreira política e que ele não vem, de jeito nenhum, para o governo: o circo está armado.

O membro do diretório estadual do Psol Wilson Lara de Barros afirma que o partido já fechou questão em torno do nome do procurador Mauro. Ele reconheceu que de fato todos os filiados têm direito de colocar seu nome na disputa, e que a decisão final é tomada na convenção partidária.

Mas conforme Barros - irmão do procurador Mauro - um pré-candidato só possui chances de ganhar a convenção caso ele tenha cadeiras no diretório estadual, e esse não é o caso do professor Alex Aleluia, de Sinop, que se coloca como pré-candidato ao governo pelo grupo dos socialistas residentes no interior do Estado, em cidades como Rondonópolis, Juína, Barra do Garças, Sinop, Comodoro e Nova Xavantina.

Barros elogiou Aleluia dizendo que ele é um ótimo militante do Psol. No entanto, ponderou que o professor é novo no partido, e que se quer houve plenária em Sinop para eleger delegados representantes da cidade na convenção estadual.

Por isso, conforme Barros, as chances de Aleluia contra o procurador Mauro são mínimas durante a convenção: “as chances que ele tem são as mesmas que eu teria como pré-candidato à presidência pelo Psol, numa disputa com o Guilherme Bolos”, sugeriu ao salientar que Aleluia tem todo o direito de se colocar como pré-candidato ao governo.

PSOL DO INTERIOR

Do outro lado a história é bem diferente e o professor Aleluia garante que Mauro não será candidato. Sendo assim, no entendimento dele, é natural que outros nomes se apresentem e que haja uma prévia nas convenções para definir isso.

Os desencontros entre os socialistas apontam para um racha dentro do partido, mas Aleluia afirma que não: “Pelo menos não da nossa parte do interior”.

Ele explica que o seu nome possui apoio amplo entre os diretórios do interior, e que a pré-candidatura é uma forma de “incentivar” o diálogo da Capital com a militância do interior.

Aleluia ressalta que o Psol precisa se expandir no Estado e que o contraditório, bem como o maior número possível de candidatos, ajuda a fomentar a democracia e o amadurecimento do partido.

Mas atualmente, segundo Aleluia, há um certo “conservadorismo” no partido que, aliado à falta de estrutura, impede que o diretório regional tenha maior diálogo com a base no interior, que se sente desassistida pela Capital. 

“Nós queremos é a manutenção do Psol, que ele cresça dentro do Estado e que a minha pré-candidatura como governador na verdade surgiu da ideia de se fazer uma ponte entre o interior e Cuiabá. Para se ter uma ideia, eu nunca conversei pessoalmente com o procurador Mauro”, destaca Aleluia ao enfatizar o distanciamento do diretório estadual com a base do interior.

O que dizem sobre isso?

  1. O Procurador Mauro também seria um ótimo deputado estadual! Ajudaria muito! Deveria pensar a respeito. Precisamos renovar a assembleia!

  2. Procurador Mauro tem que ser candidato a senador!

  3. O PROCURADOR TEM CANDIDATAR A DEP GOV É DIFICIL...DEP ESTSDUAL DEPOOS FZER BOM TRABALHO GOV.

  4. Chega de mesmo se temos que colocar sangue novo no peso novas ideias estamos falando por todo canto que Brasil que queremos .que peso que queremos um peso novo com vontade de qresser ser grande no território nacional,mais ficam com medo de investir em pessoas com ideias avançada,querendo resulcitar defunto que já morrem politicamente com ideias não atingue as classes mais desfavorecidas acorda peso estamos em um Brasil diferente .

  5. Esse professor Alex falou pouco mas falou bonito! Psol em td estado.

  6. Procurador Mauro é laranja do PSDB.

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG