EM DEFESA DA SOCIEDADE

TCE Fevereiro

Inscrições para as atividades do programa Siminima 2018 já estão abertas

O programa atende a meninas de 07 a 14 anos, matriculadas ou não na rede de ensino

Release

Redação 193 acessos

Inscrições para as atividades do programa Siminima 2018 já estão abertas

As inscrições para as atividades do programa Siminina deste ano já estão abertas e podem ser efetivadas em um dos 16 polos da Capital.  Meninas de 7 a 14 anos, matriculadas ou não na rede de ensino educacional, podem participar das diversas atividades desenvolvidas no Siminina, que buscam a inclusão social das crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade.

Para efetivar a inscrição, o responsável pode comparecer à unidade de atendimento de sua região, munido de algum documento de identificação da criança ou adolescente, e do Número de Identificação Social (NIS) -, caso não possua o NIS, o responsável deve se dirigir a um Centro de Referência Social (Cras) mais próximo para efetuar o cadastro.

De acordo com a coordenadora do Siminina, Dalma Breatriz Monteiro, as inscrições podem ser feitas durante o ano todo, mas que a equipe realiza esse chamamento no começo do ano, para alinhar com o período de voltas às aulas. “O programa recebe nossas meninas durante todo ano, com processo contínuo de inscrições, sem limite de vagas,” explica Dalma.

O Siminina, em atividade há mais de 20 anos, atende atualmente mais de 900 meninas e tem a meta de alcançar mais 600 durante 2018, expandindo as atividades pelas quatro regiões da Cuiabá. Atividades educacionais, entretenimento, atendimento psicológico, médico, workshops voltados para o mercado de trabalho, são desenvolvidas dentro do programa.

“Assumimos o desafio junto com a primeira-dama de transformar o Siminina em referência nacional, com políticas de prevenção cada vez mais desenvolvidas, sempre acompanhando os avanços do Brasil e do mundo. Assim, é fundamental cuidarmos do programa, fortalecendo aquelas ações que renderam bons frutos e contribuindo cada vez mais com novas propostas desta gestão para que essas meninas recebam o que há de melhor na formação educacional e social”, frisa a coordenadora.

As atividades do Siminina retornam a partir do dia 15 de fevereiro. Para este ano, o programa ganhará novos cursos e atividades. recretivas. A proposta é de aulas de balé, informática, flauta doce e Kumon. Dentro dessa proposta, os cursos serão adequados para cada faixa etária, facilitando o desenvolvimento de cada menina assistida pelo programa.

 

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG