EM DEFESA DA SOCIEDADE

Diário de contas novo (TCE)

Filantrópicos devem fechar as portas na sexta-feira por falta de repasse

Secretário de saúde critica hospitais e reafirma que Estado não tem obrigação com hospitais.

Saúde

Redação 836 acessos 2

Filantrópicos devem fechar as portas na sexta-feira por falta de repasse
Daffiny Xavier

A dívida entre o Governo do Estado e os hospitais filantrópicos de Cuiabá, credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS), somam o montante de R$ 12,7 milhões. Com isso os hospitais devem fechar as portas na próxima sexta-feira (18).

As unidades dos hospitais Geral Universitário, Santa Helena e Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá já deixaram de receber novos pacientes que necessitam de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) devido à falta de recursos para manutenção do serviço.

A dívida é referente ao aporte financeiro acordado com o ex-secretário de Estado de Saúde, Eduardo Bermudez, e mantido pelo seu sucessor João Batista Pereira da Silva, que deixou de ser pago em fevereiro deste ano.

O secretário de Estado de Saúde, Luiz Soares, criticou a direção dos hospitais filantrópicos do Estado, após a ameaça de fechamento das unidades, ele disse que o Executivo não tem obrigação de auxiliar as unidades.

E afirmou que os R$ 7,5 milhões que o Estado repassou para as unidades, no início do ano, foram entregues em razão de um acordo, que foi cumprido integralmente.

"Querer que o governador se sinta na obrigação ou fazer a ameaça de fechar o hospital, daquilo não é pactuado, não foi combinado. E mais, quem tem contrato com os hospitais filantrópicos, Hospital de Câncer, HGU, Hospital Santa Helena, é o Município de Cuiabá”, afirmou.

Malabarismo Financeiro

Ao afirmar que o Estado não tem obrigação com os hospitais, o secretário de Saúde disse que o dinheiro que o governo vinha passando aos filantrópicos estavam sendo tirados dos hospitais regionais de Mato Grosso.

“Essa ajuda que o governador deu, de R$ 7,5 milhões, tirando de onde não tinha, ele deixou de pagar, no ano passado, as dívidas dos hospitais regionais de Colíder e de Alta Floresta, que são do Estado, que tinham o mesmo valor repassado aos filantrópicos”, completou  Luiz Soares.

O que dizem sobre isso?

  1. Pedro Taques nunca mais

  2. Que Estado é esse onde o governo não tem obrigação com a saúde? É uma palhaçada mesmo em... cada coisa que somos obrigados a ver.

Comente, sua opinião é Importante!

Cuiabá humanizada banner