EM DEFESA DA SOCIEDADE

Prefeitura conciliação outubro

Sem repasses do Estado, emenda de R$ 30 milhões da ALMT garantirá a saúde em MT

O valor será repassado mensalmente a hospitais filantrópicos pela Comissão de Saúde

Saúde

Redação 471 acessos 3

Sem repasses do Estado, emenda de R$ 30 milhões da ALMT garantirá a saúde em MT
Claryssa Arruda

Repasse no valor de R$ 30 milhões mensais deve ser repassado para hospitais filantrópicos de Mato Grosso pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O valor será destinado de emenda ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa/2018) para garantir a saúde nas unidades e não correrem o risco de paralisações. Segundo o presidente, da Comissão, deputado estadual Dr. Leonardo (PSD), a intenção é ajudar no custeio das entidades que serão indicadas pela Secretária de Saúde.

O presidente da comissão destacou que não se pode correr o risco de ficar com unidades fechadas, que são importantes para a sociedade por falta de repasse do governo do Estado. Ele citou como exemplo o Hospital Santa Helena, que tem 50 anos e é  referência de maternidade em Cuiabá.  “Imagina como ficaríamos sem essas instituições filantrópicas que têm na sua vocação ajudar o próximo”, afirmou.

O diretor do Santa Helena, clínico-geral intensivista Helio Marcelo Sandrin, explica que a unidade realiza mais de 650 partos, 900 atendimentos obstétricos e recebe mais de 1 mil internações via SUS por mês. Sandrin elogia o hospital relatando que é a maior materniadade pública de Mato Grosso, referência em atendimento de parturientes com aplicações ou doenças, mas lamenta por estar passando dificuldades em manter o financeiro sem repasse do Estado que chega a quatro meses.

“Por isso administradores e representantes públicos precisam unir esforços para garantir o direito à continuidade e a melhoria dos serviços de saúde à população que depende principalmente do sistema público”, ressaltou.

Um dos membros efetivos, o deputado estadual Allan Kardec (PT), defende que a Casa de Leis cumpra seu papel de fiscalização, além de buscar soluções aos problemas que a sociedade está revoltada esses últimos meses. 

“Como representantes da sociedade estamos aqui para fiscalizar a aplicação dos recursos públicos e também para cobrar que o Estado cumpra a sua parte”, defendeu.

Comissão

Esta é uma das últimas atividades da comissão neste ano, que só em 2017  realizou outras duas visitas técnicas  a unidades de saúde, sendo ao Hospital Adauto Botelho e ao Pronto Socorro de Cuiabá. O grupo realzia ainda uma audiência pública no dia 13/12 para apresentação do balanço do 2º quadrimestre deste ano.

Compõem a comissão os deputados  Dr. Leonardo(PSD), como presidente; Guilherme Maluf (PSDB), como vice-presidente; Professor Adriano (PSB), Allan Kardec (PT) e Sebastião Rezende (PSC) como membros efetivos;  e  Pedro Satélite (PSD), Baiano Filho (PSDB), Nininho (PSD), Oscar Bezerra (PSB) e Janaina Riva (PMDB) como suplentes.

* Com Assessoria

O que dizem sobre isso?

  1. louvavel se não fosse deproravel esta situação que o estado se encontra, e este senhor Guilherme Maluf foi um dos grandes percursores para afundar a saude no estado, por meio do MT saude que jogava medicação fora no home care, porque não se fazia devolução quando mudava a prescrição do paciente, me lembro muito bem do quanto de material ficava nas casas. agora quer ser papai noel, me poupe. oque ano eleitoral não faz, ate junta PT e PSDB. Alan e Maluf piada.

  2. Está virando poder paralelo.

  3. ATENÇÃO SENHORES ELEITORES: ATÉ QUE LOUVÁVEL A ATITUDE! MAS NÃO PASSA DE AÇÃO ELEITOREIRA! COM A MORAL PRA LÁ DE SUJA, CANDIDATOS DE 2018 FARÃO DE TUDO (TALVEZ SACRIFICAR ATÉ A MÃE! DUVIDAM?) PARA NÃO PERDEREM A BOQUINHA NA TETA DO GOVERNO! POIS TEM MUITOS DESTES AÍ, QUE SE NÃO SE ELEGEREM, OU PENDURAM NUMA DESTAS TETAS OU PASSAM FOME!

Comente, sua opinião é Importante!

Uninter - Banner JPG