Eder Moraes é intimado por MPF | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

PODERES Terça-feira, 05 de Junho de 2018, 10h:03 | - A | + A




OPERAÇÃO ARARATH

Eder Moraes é intimado por MPF

Eder tem até 8 dias para responder intimação que busca aumentar condenação em processo da Operação Ararath.

Por: Redação

Jeferson Schneider, juiz da 5ª Vara Federal em Mato Grosso, intimou Eder Moraes, ex-secretário de Fazenda, para responder em até 8 dias uma apelação do Ministério Público Federal (MPF) que busca aumentar condenação em processo da Operação Ararath.

Conforme os autos, Eder está demorando a dar a resposta. Schneider fez questão de ressaltar no despacho que avaliará possíveis sanções ao réu e aos advogados que o defendem no caso.

“Intime-se mais uma vez a defesa técnica do réu Eder Moraes Dias para que apresente as contrarrazões ao recurso de apelação interposto pelo MPF no prazo de 8 oito dias sob pena de aplicação de sanção processual assim como de expedição de ofício à OAB-MT para fins de apurar eventual infração disciplinar”, despachou o juiz.

O orgão recorreu para aumentar a condenação contra Eder Moraes, sentenciado a mais 24 anos e 8 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato em uma das ações que responde na Operação Ararath.

O MPF não aceita a dosimetria (cálculo) da pena estabelecida pelo juiz Jeferson Schneider, da 5ª Vara Federal. Além da prisão, foi deferido o pagamento de uma indenização no valor de R$ 28,4 milhões por danos causados aos cofres públicos.

A condenação em decorrência da Operação Ararath foi estabelecida numa ação que envolve o empresário José Geraldo de Saboia Campos, da Sabóia Campos Construções Ltda.

O esquema, segundo investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, movimentou cerca de R$ 11 milhões, pagando contas no Bic Banco do grupo criminoso a qual Eder fazia parte.

Diante da condenação, Schneider manteve a indisponibilidade dos imóveis e veículos em nome do ex-secretário de Fazenda, avaliados em R$ 4,3 milhões, para garantir eventual ressarcimento ao erário.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Deputado vai se dedicar aos negócios
Críticos serão indenizados após 10 anos
Deputada deve mudar de lado no segundo mandato
Afirma Nelson Barbudo
Taques avalia que não venceu porque não teve votos

Últimas Notícias
15.10.2018 - 13:23
15.10.2018 - 13:21
15.10.2018 - 13:08
15.10.2018 - 13:04




Informe Publicitário