Adultos Cangurus: Saiam da barra da mamãe e da sombra do papai  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 04 de Dezembro de 2020

ARTIGOS Terça-feira, 03 de Novembro de 2020, 14h:42 | - A | + A




Adultos Cangurus: Saiam da barra da mamãe e da som

Adultos Cangurus: Saiam da barra da mamãe e da sombra do papai

Há um certo tempo li uma reportagem do Jornal El país, reproduzido em inúmeros veículos de comunicação nacionais, tais como Gauchazh, entre outros, o título autoexplicativo é: “ Geração canguru, os jovens que escolheram não sair da casa dos pais”[1], descrevendo que 1 a cada 4 jovens de 25 a 34 anos, ainda vive com a família.

O nome canguru é para descrever as características do marsupial, o qual literalmente carrega o filhote após o nascimento e é uma imagem que melhor representa esse fenômeno social. Aqui caro leitor não estou me referindo a uma família de classe média ou baixa, cuja pressão econômica e características sociais e econômica impõe o convívio familiar. Este artigo de opinião e a matéria do periódico tratam de “filhinhos de papai”, cuja síndrome de Peter Pan e comodismo impedem de sair da casa dos pais.

Mas gostaria de acrescentar algo, além do simples fato de conviverem juntos, por não querer crescer, tal PRÍNCIPE barbudo e crescido não tem desafios e vitórias, vivem à sombra do pai e do sucesso da própria família. Escolhem profissões e cursos caríssimos, baseados muito mais no status e prestígio social, sendo que sequer os exercem, “não me encontrei no curso”, o desperdício de tempo, dinheiro e dedicação faz imaginar que vivem como se fosse em um “jogo eletrônico”, com 1.000 “vidas” e jogando no modo “fácil”.

Uma interessante palestra do escritor Jordan B.Peterson, trata de adultos criados como crianças mimadas e como tornam-se adultos que não conseguem lidar com as adversidades da vida, pois tiveram TUDO e não aprenderam NADA

[2] [1]<https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/05/politica/1496687911_980154.html#:~:text=O%20fen%C3%B4meno%20em%20crescimento%20no,necessidade%20de%20sair%20de%20casa.> [2] < https://www.youtube.com/watch?v=Q9ayRzyfvRw>

 

Qual desafios destes adultos cangurus? Quais vitórias, fracassos e batalhas são realmente seus? Nenhum, aqui eu cito o personagem Tyler Durden[1]: “Eu vejo todo esse potencial desperdiçado...somos os filhos no meio da história, sem propósito, sem lugar, nós não temos Grandes Guerras, nem Grandes Depressões.

Nossa Grande Guerra é a Guerra Espiritual, nossa Grande Depressão é a nossa vida. ” Qual seu propósito? Qual marca deixará para a humanidade? Quais sua história? Além de ser uma sombra na história e vitórias de seus pais. Por fim deixo uma poesia, para alegrar nossas vidas em um presente muitas vezes duro, mas real, do Advogado Francisco Otaviano: “Quem passou pela vida em branca nuvem E em plácido repouso adormeceu, quem não sentiu o frio da desgraça, quem passou pela vida e não sofreu, foi espectro de homem, e não homem, Só passou pela vida, não viveu” Se você não se encontrou nos versos, LAMENTO dizer, mas você é um espectro de homem! Saia, tenham suas próprias batalhas, derrotas e vitórias, mas que sejam suas. Rale o joelho, pare de ser criado a base de leite de pera e Ovomaltine.  Sinta o sofrimento, aprenda com ele e não viva apenas de “alegria” e “prazeres” que o doce conforto do colinho da mamãe, o mundo não é sua redoma de cristal protegido e quentinho. Você é espectro de homem?

                                                                                                                              [1] < https://www.youtube.com/watch?v=DHo91Zl0swc >

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

mario oliveira - 16-11-2020 07:38:17

nunca li tanta idiotice .. vc certamente tem traumas e não sabe o que é amor de família ,, perdi meu tempo lendo essa bosta

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
O contribuinte paga a conta
Governador amplia base na ALMT
Documento possui aval da Casa Civil
Campanha atende 50 mil famílias
R$ 3 milhões em cocaína

Últimas Notícias
03.12.2020 - 22:28
03.12.2020 - 22:02
03.12.2020 - 22:00
03.12.2020 - 21:12
03.12.2020 - 19:53




Informe Publicitário