Eu nunca torci contra | MUVUCA POPULAR

Domingo, 21 de Julho de 2019

ARTIGOS Quinta-feira, 09 de Maio de 2019, 13h:55 | - A | + A




Eu nunca torci contra

Eu nunca torci contra

Eu nunca torci contra

Sim, eu nunca torci contra. Mais uma semana normal em um governo tipicamente Tupiniquim, em meio há mais um conjunto de loucuras e incoerências de decisões politicas (aos olhos desenvolvimentistas, humano e social pregado no mundo contemporâneo), se é que podemos chamar de decisões, conjunto de revanche e achismo, entre um post e outro, de pessoas, jornais ou revistas (a qual nem gasto mais energia comentando) estava fazendo alguns prognósticos e previsões (dessas coisas de gurus e astrólogos), mas que no meu caso, parafraseando, é parte do meu trabalho.

Eu só queria dizer que NUNCA TORCI CONTRA (contrariando muitas mentes próximas), até porque torcida é só no esporte, politica é estratégia pura. Não é minha "energia" negativa que fará o chefe de estado maior brasileiro dar ou não, certo. Se tem uma coisa que eu fiz de janeiro pra cá (e as vezes de coração gélido) é torcer pelo atual governo. Sim, torcer! Embora ele não tenha apresentado propostas na corrida de campanha, iremos considerar então suas falas de campanha.

Torcer para que todas as suas falas se concretizassem em ação, uma vez que cada uma das suas ações diárias dentre esses 5 meses (de muita polêmica) retrataram exatamente o que ele havia pregado ao longo da sua vida pública (homem de palavra), alem de muita incapacidade (a qual também já demonstrava).

Dentro de um processo democrático, o Brasil optou por isso. Na época da corrida presidencial ia-se discutir politica com um "bolsominion" (nome popular a apoiadores mais emotivos do governo), quando se chegava nas falas de promessas de campanha, o que um "bolsominion" mais falava era "ele não vai fazer isso não".

Aí se questionava - mas é ele quem diz! mas ele não vai fazer isso não. Elegeram uma promessa mas que não iria fazer o que ele pregava (negação dos fatos).

Ou seja, após eleito, seu eleitor é quem deveria torcer contra, certo? Pois bem, eu quase sempre sou uma figura realista, e a parte de "torcer" a favor ficou pra minha conta. Sim, diante dos fatos eu sou a favor do governo (embora não compactue), pois os fatos analisados anteriormente me levaram a crer que chegaríamos onde estamos, e isso não acaba aqui. Sem querer discutir ponto a ponto cada decisão do executivo, o que não é o propósito da reflexão, cabe entender que sim, eu sou a parte favorável mesmo sendo contra.

Tudo que ele pregou em campanha esta sendo colocado em prática, ponto a ponto. Presidente, eu torço pelo seu governo (mesmo suas decisões impactando no meu bolso todos os dias), e diante dos fatos até aqui posso dizer que Vossa Excelência é um homem de palavra, e vem cumprindo a risca todas as promessas de campanha. Diante de tantos fatos eu odiaria estar errado.

Há, já ia me esquecendo da indignação coletiva de uma esmagadora parte do seu colegiado.

Vocês estão tendo uma explicação prática daquilo que foram alertados. Mas como o Brasil sempre sofreu com baixa referencia de educação e cultura, no período de eleição é a parte teórica que vocês tanto sofrem e abominam. Depois de eleito vem-se a parte prática e didática de explicar o que antes havia sido dito.

Bruno Medeiros da Costa estudou Finanças e Controladoria na Universidade Federal de Mato Grosso e trabalha como consultor do Sebrae.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários