Quem duvida, perde a vida | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

ARTIGOS Segunda-feira, 20 de Julho de 2020, 12h:36 | - A | + A




Quem duvida, perde a vida

Quem duvida, perde a vida

A pandemia do coronavírus, decretada há mais de quatro meses (parece que vai durar mais ainda, enquanto não surgir uma vacina e pelo jeito como muitos a estão tratando), certamente ensinou, reforçou algumas lições, mas também expôs, mais uma vez, a face cruel da humanidade.

 

A que leva as pessoas a disseminar informações falsas, descabidas e criminosas, levando ingênuos e/ou fanfarrões a enfrentá-la de peito aberto, como se fosse uma gripezinha. Uma roleta russa, pendendo para o suicídio, mesmo que involuntário.

 

Li nesta semana em um jornal português sobre um caso deste, acontecido nos Estados Unidos. Um ingênuo negacionista, de 30 anos de idade, participou de uma festa onde todos acreditavam que o vírus não fosse real.

 

Infelizmente, a realidade nestes casos costuma ser implacável. Quando se deu conta do erro cometido, já não havia mais retorno. Transformou-se em mais uma vítima fatal.

 

Alienação, desinformação, analfabetismo crônico ou funcional (ou, ainda, pura teimosia). O que faz uma pessoa desacreditar da existência de uma doença que já infectou mais de 14 milhões de pessoas, com mais de 600 mil mortos em todo o mundo?

 

São números divulgados em todo momento por TVs, rádios, jornais, sites, redes sociais... Além das informações sobre sua letalidade, forma de propagação, meios de evitá-lo, etc., etc.. Portanto, é muito difícil não saber de sua existência. Só mesmo renegando-a, para agir desta forma.

 

Ainda bem que, contrapondo aos kamikazes, há quem tenha bom senso e prefira não se opor à ciência e aos especialistas da área. Estão com ouvidos e mentes fechadas a baboseiras, mesmo que partam de autoridades constituídas, o que, infelizmente, tem ocorrido com constância neste Brasil, até algum tempo atrás menos senil.

 

Mesmo com todas as dificuldades, preferem o isolamento social a correr a o risco de contrair o vírus e se transformar em mais uma estatística. Resumindo; evitar dar chance para o azar.

 

Infelizmente, há os que insistem em sobrepor a economia à vida humana. Claro que o trabalho é necessário, mas há sempre um limite. Além disso, os poucos muito ricos do Brasil e do mundo, que detêm bem mais da metade da riqueza produzida, poderiam tranquilamente ajudar quem não pode, até que a situação se normalize.

 

Embora muitos estejam ajudando, para a grande maioria, este tipo de proposta não passa de uma quimera, uma utopia. A avareza ofusca a solidariedade.

 

Jairo Pitolé jornalista em Cuiabá. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Saúde em 1º lugar
Corona nas eleições
Distribuição de absorventes 
Lucas do Rio Verde
Atingidos pelo fogo

Últimas Notícias
01.10.2020 - 13:49
01.10.2020 - 13:49
01.10.2020 - 13:40
01.10.2020 - 13:21
01.10.2020 - 12:44


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário