Guedes diz que dólar alto é bom: ‘empregada doméstica estava indo para Disney, uma festa danada’ | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 07 de Julho de 2020

BRASIL Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020, 13h:46 | - A | + A




ECONOMIA

Guedes diz que dólar alto é bom: ‘empregada doméstica estava indo para Disney, uma festa danada’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira que o dólar mais alto é “bom para todo mundo”. Ele afirmou que, com o dólar mais baixo, “todo mundo” estava indo para a Disney, nos Estados Unidos, inclusive “empregada doméstica”. E recomendou que os brasileiros viajem pelo Brasil.

O câmbio não está nervoso, (o câmbio) mudou. Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí. Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita. Vai para Cachoeiro do Itapemirim, vai conhecer onde o Roberto Carlos nasceu, vai passear no Brasil, vai conhecer o Brasil. Está cheio de coisa bonita para ver — disse o ministro, durante um evento em Brasília.

Dólar a R$ 4,35:até onde vai a cotação da moeda americana?

Nesta quarta-feira, o dólar bateu o quarto recorde consecutivo em relação ao real. A moeda americana encerrou o dia vendida a R$ 4,3505, em alta de 0,55%. Para Guedes, o mix de juros baixos e câmbio alto é bom, porque aumenta as exportações e substitui importações, inclusive no turismo.

Analítico:As empregadas não irão à Disney, mas o BC vai ao mercado

Ao continuar o discurso, Guedes afirmou:

 Antes que falem: “Ministro diz que empregada doméstica estava indo para Disneylândia”. Não, o ministro está dizendo que o câmbio estava tão barato que todo mundo está indo para a Disneylândia, até as classes sociais mais…

Na sequência, o ministro da Economia recomendou outros pontos turísticos para serem visitados no Brasil.

 Todo mundo tem que ir para a Disneylândia conhecer um dia, mas não três, quatro vezes por ano. Porque com dólar a R$ 1,80 tinha gente indo quatro vezes por ano. Vai três vezes para Foz do Iguaçu, Chapada Diamantina, conhece um pouquinho do Brasil, vai ver a selva amazônica. E, na quarta vez, você vai para a Disneylândia, em vez de ir quatro vezes ao ano — disse o ministro.

AnalíticoSe Bolsonaro adiar reforma administrativa, mercado continuará com Paulo Guedes

Guedes afirmou que o Brasil passou pelo momento de dólar baixo e juro alto — a Selic está em 4,25% ao ano. Para o ministro, é melhor "quatro com quatro" (dólar na casa de R$ 4 e juro na casa de 4%) do que dólar a R$ 1,80 com juros a 14%.

 O juro é um pouco mais baixo, o que é bom para todo mundo. E ao mesmo tempo, um câmbio um pouquinho mais alto, o que é bom para todo mundo. Mais exportação, mais substituição de exportações, inclusive em turismo — disse ele.

 

Na semana passada, Guedes comparou servidores públicos a parasitas. Depois, disse que foi tirado de contexto e pediu desculpas. Nesta quarta, Guedes disse que levou bronca até da mãe.

 Meu primo, minha madrinha e até minha mãe, que foi funcionária pública me escreveu (criticando), disseram que trabalhavam. Mas não falei dos indivíduos, as pessoas que são sérias e merecem todo respeito — justificou.

Saiba:como planejar viagens, intercâmbio e compras com dólar acima de R$ 4

A fala de Guedes foi feita durante o Seminário de Abertura do Ano, organizado pelo grupo “Voto”. Integrantes do governo, como o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, participaram do encontro, em momentos diferentes.

Na plateia, estavam empresários, como Jorge Gerdau.

Viu isso? Crise empurra mais 200 mil pessoas para o trabalho na rua

Em outro trecho do discurso, Guedes comentou os “modos” do presidente Jair Bolsonaro. Para ele, o que importa é o conteúdo:

Não estou ligando muito para os maus modos do presidente, eu tenho maus modos também, vivo falando besteira. A forma a gente erra, mas o importante é o conteúdo.

 

 

 

 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Oi? - 13-02-2020 15:03:51

E a gente ainda paga por isso. Sem modos e sem conteúdo - servem para que? Embora defendam a tal meritocracia, que se saiba, nenhum deles foi empregado de alguma grande empresa. Não servem de exemplo pra ninguém, pois pregam algo que nunca exerceram. Os brasileiros estão muito mal servidos, e pagando uma conta altíssima.

Responder

12
1


alex r - 14-02-2020 15:01:38

E cada incompetente e mau caráter desse governo... Estou louco pra ver a cara dos idiotas dos brasileiros quando esse povo sair...Se o PT roubou esse grupo não só vai nos roubar tbm como vão vender o que temos e darão conta para os nossos bis netos pagarem... Tamanho será o rombo! Preparem-se!

Responder

5
2


2 comentários

coluna popular
Não cumprimento acarreta em multa
Ficou à espera de UTI
Agendada para 15 de julho
Disseminou
Combate à violência contra mulher

Últimas Notícias
07.07.2020 - 14:04
07.07.2020 - 13:58
07.07.2020 - 13:51
07.07.2020 - 13:47
07.07.2020 - 13:13




Informe Publicitário