Após uma semana, as 'branquelas' das ruas do Rio reencontram poodle de pelúcia sequestrado | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

ENTRETENIMENTO Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019, 10h:12 | - A | + A




BOA AÇÃO

Após uma semana, as 'branquelas' das ruas do Rio reencontram poodle de pelúcia sequestrado

Uma saudade que durou sete dias e que comoveu milhares de pessoas na internet. Após serem assaltadas na última sexta-feira, em Nilópolis, Baixada Fluminense, e terem o poodle de pelúcia sequestrado pelos bandidos, as "Branquelas" finalmente reencontraram o cachorrinho na manhã desta sexta-feira, em Nova Iguaçu. E quem possibilitou esse momento foi Josa Matos, aposentada de 65 anos que resgatou o animal em cima de um viaduto de Nilópolis.

As Branquelas recuperam seu poodle de pelúcia

 A minha tia chegou lá em casa com o cachorrinho para a minha filha, toda feliz, depois de sair de um culto na igreja. Ela disse que tinha encontrado na rua. Aí eu lembrei do sequestro do poodle, tinha visto a história na internet. Então eu procurei as branquelas pelo Instagram para devolver o cão  diz a balconista Michele Medeiros da Silva, de 35 anos, sobrinha de Josa.

Os artistas de rua Thiago Reis, de 32 anos, e Lucas Rafael, de 25, que interpretam as Irmãs Wilson nas ruas e nos trens do Rio, foram assaltados na noite da última sexta-feira. Eles estavam indo trabalhar quando homens armados abordaram os amigos assim que desceram da van. Na hora que reencontraram o "animal", os amigos tiveram certeza que era o poodle da dupla.

 É ele, é ele! Ai, que lindinho! Que emoção estou sentindo — comemorou Lucas, que interpreta Tifanny, a irmã de Britanny: — Eu tenho certeza que é o nosso cachorrinho porque ele adora ficar dentro dessa nossa bolsa Prada. Só ele tem uma casinha linda e poderosa assim — brinca o artista de rua.

O reencontro foi marcado para o calçadão de Nova Iguaçu e reuniu dezenas de pessoas que acompanharam a história e estavam preocupadas com o sequestro. A comoção foi tamanha que o comércio da região parou para ver o reencontro, mesmo com o calor registrado nesta sexta-feira.

Elas são incríveis, não podiam ficar sem o poodle. Eu sou fã do filme e acompanho todas as publicações que elas fazem. E também tenho um cachorrinho, sei a falta que nosso bichinho faz, nem importa se é de verdade ou se é de pelúcia — afirma a vendedora Luciana Ferreira, de 26 anos.

Os amigos moram no bairro Cabuçu, em Nova Iguaçu. Há dois meses, eles criaram o grupo Anima Trem. Vídeos da dupla têm mais de cem mil visualizações nas redes sociais. Além do cachorrinho de pelúcia, o figurino conta com saia colorida, sapato, blusa, blazer, luvas, peruca loura, bolsa, maquiagem e lentes de contato azuis — tudo comprado no comércio popular de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, e bastante parecido com os itens originais.

Estrelado por Shawn Wayans e Marlon Wayans, "As Branquelas" conta a história de Kevin e Marcus Copeland, irmãos que trabalham desastrosamente como agentes do FBI e são incumbidos de proteger duas socialites de um provável atentado. A ideia então é deixá-las escondidas num hotel de luxo e se disfarçarem como elas próprias para realizar a missão. Uma sequência da produção foi confirmada este ano, mas ainda sem previsão de estreia nas telonas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Dr João ressalta importância da cultura do estado
Vereador não sabe diferenciar poderes
Expediente irá funcionar normalmente
Pela segunda vez
Prefeitura de VG

Últimas Notícias
11.12.2019 - 18:47
11.12.2019 - 18:19
11.12.2019 - 17:46
11.12.2019 - 17:24
11.12.2019 - 16:40




Informe Publicitário