Jean Wyllys se solidariza com Felipe Neto: "Não está só" | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

ENTRETENIMENTO Quarta-feira, 29 de Julho de 2020, 13h:20 | - A | + A




FAMOSOS

Jean Wyllys se solidariza com Felipe Neto: "Não está só"

"Querido @felipeneto, toda solidariedade a ti. Eu fui intensamente e sigo sendo vítima dessa rede de criminosos que buscam destruir nossas vidas com calúnia tão grave! Sei do imenso sofrimento que isso te causa e à tua família, mas se mantenha firme. Você não está só!", escreveu o jornalista e ativista político Jean Wyllys no Twitter.

A mensagem de solidariedade foi em resposta a um post do youtuber mais bem-sucedido do Brasil, no qual revelou a identificação de centenas de vídeos difamatórios contra ele em redes sociais. A hashtag #TodosContraFelipeNeto entrou para o ranking de assuntos mais comentados do Twitter. O influenciador com 39 milhões de inscritos no YouTube afirma ser vítima do "gabinete do ódio" associado a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Após o ataque em massa suscitado a por um falso tweet com apologia à pedofilia, Felipe Neto recebeu o apoio de 37 entidades, entre elas a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e a ABI (Associação Brasileira de Imprensa). Vários artistas da TV também se manifestaram em defesa do youtuber, como os atores Alexandre Nero e Patrícia Pillar e o apresentador Luciano Huck.

Na avaliação de Jean Wyllys, que alegou receber ameaças de morte ao renunciar ao terceiro mandato de deputado federal e deixar o País, Felipe Neto passou a ser bombardeado online em razão das críticas feitas recentemente por ele a Jair Bolsonaro no 'The New York Times', considerado o jornal mais influente do planeta.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Jedae - 10-08-2020 10:44:29

Um sodomita é outro incentivador de pedofilia. Onde o pt busca apoio???

Responder

0
0


tio preocupado - 31-07-2020 10:56:00

o problema é q a midia da voz a essa galera q representa 0,0000000001% da população brasileira. esses meninos aí fazem fortuna para defender certas bandeiras q a maioria da população discorda. o q nos resta? desligar a televisão ! restringir acesso das nossas crianças a alguns conteúdos no youtube. educar verdadeiramente nossas crianças. o problema é q essa geração millenium estão mandando em seus pais. n impoem limites, nem dao educacao. vivem para pagar boletos d tanta coisa q compram e parcelam pra seus filhos, ipads,iphones,videogames... pois é, c esta preocupado com o q o felipe neto esta falando em seu canal do youtube, n esta sendo pai ou mae verdadeiramente. educacao é obrigacao de pai e mae, nao da escola muito menos da faculdade. escola e faculdade formam "PROFISSIONAIS" e não PESSOAS! as pessoas sempre questionam "QUE MUNDO DEIXAREMOS PARA NOSSOS FILHOS" ? . nesse vício maldito de sempre querer "ter direitos", esquecemos d nos perguntar "QUE FILHOS DEIXAREMOS PARA NOSSO MUNDO?" . Enquanto tiverem pais q dao tudo para seus filhos, mimam seus filhos ao extremo, não os educam, sempre existirão felipe's neto q "cegam" seus filhos...

Responder

4
0


Fabio - 29-07-2020 20:18:38

J W antes só do que mal acompanhado. Kkkkkk

Responder

7
0


3 comentários

coluna popular
Tenente-coronel Rubia
Situação preocupante
Partido terá que escolher entre senado e prefeitur
Bino do Galpão
Aprovados em concurso

Últimas Notícias
14.08.2020 - 09:29
14.08.2020 - 09:17
14.08.2020 - 08:27
14.08.2020 - 08:10
14.08.2020 - 06:26




Informe Publicitário