TV exibe assassino do ator Bruno Candé sendo imobilizado | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

ENTRETENIMENTO Segunda-feira, 27 de Julho de 2020, 12h:22 | - A | + A




VIOLÊNCIA

TV exibe assassino do ator Bruno Candé sendo imobilizado

O canal TVI mostrou imagens de celular do momento em que um homem de 80 anos é imobilizado no chão por cidadãos anônimos poucos minutos após matar com quatro tiros à queima-roupa o ator português Bruno Candé. O crime aconteceu na tarde de sábado (25), em um calçadão de Moscavide, vilarejo ao norte de Lisboa. Várias pessoas testemunharam o homicídio. Acionada, a PSP (Polícia de Segurança Pública) prendeu o homicida.

A vítima chegou a ser socorrida por pedestres. "Tentaram estancar-lhe a hemorragia, mas quando a ambulância chegou, ele já estava morto", disse uma mulher entrevistada pela emissora. "Na origem do crime está uma discussão, na quarta-feira passada, com contornos racistas", informou a reportagem da TVI. De acordo com uma testemunha, o idoso e o ator tiveram discussão ruidosa e precisaram ser separados para evitar confronto físico.

Bruno Candé fez vários espetáculos de sucesso e sonhava consolidar carreira na TV
 
Bruno Candé fez vários espetáculos de sucesso e sonhava consolidar carreira na TV
Foto: Reprodução
 

Bruno Candé completaria 40 anos em setembro. Nasceu em Lisboa, filho de imigrantes de Guiné-Bissau, País da costa ocidental da África. Ele iniciou a carreira artística no teatro. Participou de montagens de peças de Heiner Müller, Shakespeare e vários autores portugueses. Na televisão fez a novela A Única Mulher, da TVI. O ator deixa três filhos, com idades entre 3 e 6 anos.

O assassinato à luz do dia, motivado por possível crime de ódio, gerou repercussão na mídia. Telejornais de vários países europeus e africanos noticiaram a morte do ator. Os canais portugueses, inclusive a SIC, parceira da Globo, fazem ampla cobertura do caso. Vários artistas de TV, como André Nunes e Nuno Markl, prestaram solidariedade à família de Bruno Candé, criticaram o recrudescimento do racismo em Portugal e exigiram ação rápida da Justiça.

 

O idoso acusado do crime foi impedido de fugir enquanto outras pessoas tentavam salvar a vítima

O idoso acusado do crime foi impedido de fugir enquanto outras pessoas tentavam salvar a vítima

Foto: Reprodução

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Saúde em 1º lugar
Corona nas eleições
Distribuição de absorventes 
Lucas do Rio Verde
Atingidos pelo fogo

Últimas Notícias
01.10.2020 - 15:05
01.10.2020 - 14:15
01.10.2020 - 14:07
01.10.2020 - 14:03
01.10.2020 - 13:49


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário