Disque-denúncia de agressões ao meio ambiente começa a tramitar na AL | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

GERAL Segunda-feira, 13 de Janeiro de 2020, 14h:02 | - A | + A




FISCALIZAÇÃO

Disque-denúncia de agressões ao meio ambiente começa a tramitar na AL

A proposta é para facilitar ao cidadão o acesso aos órgãos governamentais para reprimir ações criminosas


redacaomuvuca@gmail.com

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do projeto de lei (PL 1259/2019) que institui o serviço de disque-denúncia de agressões ao meio ambiente de Mato Grosso. De acordo com o parlamentar, trata-se de um mecanismo para facilitar a atuação dos órgãos de prevenção e fiscalização ao meio ambiente de Mato Grosso.  

“Pela extensão do nosso território e pela falta de recursos humanos para desenvolver um trabalho mais efetivo e com resultados mais expressivos, vejo, através desta proposição, uma alternativa na qual a população poderá auxiliar os órgãos estatais que combatem a degradação do meio ambiente a efetuarem um controle mais pontual e direcionado, atingindo êxito no desenvolvimento dessa atividade”, diz um dos trechos da justificativa.

Apesar das regras impostas pelo Estado, Mato Grosso veio a decretar situação de emergência em 2019 por conta do alto índice de incêndios florestais. Com o disque-denúncia, o cidadão vai ter facilidade em acionar órgãos governamentais para reprimir crimes ambientais.

O projeto de lei foi apresentado no dia 5 de dezembro de 2019. Atualmente, está na Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais para emissão de parecer sobre o mérito.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Irá armazenar corpos das vítimas de covid-19
Falta de internet
Auxílio emergencial
Pior mês
Cumpre isolamento social

Últimas Notícias
01.07.2020 - 21:59
01.07.2020 - 20:13
01.07.2020 - 19:09
01.07.2020 - 18:00
01.07.2020 - 17:11




Informe Publicitário