Servidora que acusou presidente da Sinjusmat foi demitida por envolvimento com tráfico de drogas | MUVUCA POPULAR

Sábado, 14 de Dezembro de 2019

GERAL Domingo, 17 de Novembro de 2019, 17h:11 | - A | + A




Bomba!

Servidora que acusou presidente da Sinjusmat foi demitida por envolvimento com tráfico de drogas

Rosemar da Silva que está na chapa da oposição foi presa e demitida a bem do serviço público


Muvuca Popular

O conflito entre as chapas que concorrem à diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (Sinjusmat) ganha um novo capítulo. O presidente da Sinjusmat, Rosenwal Rodrigues, que foi acusado pela servidora Rosemar da Silva Santos de estar há 18 anos no poder e não prestar contas, afirmou que a colega mentiu para tentar ganhar a eleição.

Documento encaminhado para a redação demonstra, também, que a servidora é desprovida de lisura e legitimidade, pois foi demitida da Polícia Militar de Cáceres por envolvimento com tráfico na região da fronteira mato-grossense, conforme portaria nº 29/CD/Correg/PM/2008. (Veja documento abaixo, na íntegra)

Em entrevista exclusiva ao MPopular, Rosemar da Silva Santos, que é membro da chapa de oposição e concorre à diretoria da instituição, fez várias denúncias contra o atual presidente. Inclusive, afirmou que ele nem deveria fazer parte do sindicato, pois trabalha como oficial de justiça e essa categoria não faz parte da associação  (Leia aqui). 

Contudo, o líder sindical afirmou que o Tribunal Superior do Trabalho (processo de nº 1000531-83.2019.5.00.0000), com relatoria do ministro Renato de Lacerda Paiva, estabelece o Sinjusmat como única e legítima entidade representativa dos servidores do poder judiciário mato-grossense, dentre estes os oficiais de justiça, sendo o seu caso.

O sindicalista também ressaltou que a atual diretoria do Sinjusmat foi eleita democraticamente pela maioria dos votos dos servidores filiados, obedecendo as normas estabelecidas no Estatuto da entidade. “O Estatuto sempre foi fielmente observado nas últimas eleições do sindicato, e nessa não será diferente. Se há reeleição é porque assim o Estatuto permite e a categoria elege com o voto de cada um dos servidores filiados”, pontua Rosenwal.

Já em resposta a acusação de não prestar contas há 18 anos, o presidente informou que elas são apresentadas uma vez no ano nas assembleias gerais. Além disso, ressaltou que os documentos estão a disposição dos filiados na sede do sindicato.

Nova diretoria

Até que a eleição da nova diretoria do Sinjusmat seja realizada, em 5 de dezembro, uma briga judicial será travada entre as chapas. O grupo de oposição, liderado por Rosimar afirmou que está construindo uma ação com todas as irregularidades que o presidente vem cometendo.

Já Rosenwal Rodrigues informou que, junto com a assessoria jurídica, está tomando toas as medidas contra as denúncias da servidora.

Veja abaixo documento demostrando processo de expulsão da opositora:

PageFlips: Processo contra servidora

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(17) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Jovelina - 18-11-2019 22:20:44

Vamos deixar claro senhores! Atingir um membro da nossa chapa não diminui nossa garra de lutar por um sindicato justo transparente e atuante em prol de todos os servidores do poder. Então que venham os desafios estamos prontos e de braços abertos para todos servidores que querem um Sindicato com União ????????

Responder

4
2


Jovelina - 18-11-2019 22:18:15

Vamos deixar claro senhores! Atingir um membro da nossa chapa não diminui nossa garra de lutar por um sindicato justo transparente e atuante em prol de todos os servidores do poder. Então que venham os desafios estamos prontos e de braços abertos para todos servidores que querem um Sindicato com União ????????

Responder

4
2


Celso da Silva - 18-11-2019 12:35:00

Lamentável a exposição de parte de um todo. Eu quem fui condenado; Ela não teve partipação alguma; Não assumi para livrar-se; Fui eu quem a convidei e desviei do itinerário pre anunciado, ao invés de Cuiabá passei direto para Rondonópolis, inclusive ela acordou quando fui abordado pela PF que me monitorava clandestinamente. Não devo a justiça e ela, desde o princípio. Na época o Comandante empenhou em excluí-la por ela não ter cedido a seu assédio anterior. Ela não quis, por pura besteira retornar e preferiu assumir outro concurso. Faço este registro pela injustiça da exposição e merece repúdio porque o objetivo é de injuriar, de ofender o íntimo dela; Tenho uma filha com ela, 14 anos, mas não amizade, mas, diante aos fatos resolvi manifestar e me disponho a ratificar. Inclusive tenho copia da sentença que a isenta. Discordo da sentença inicial e não sei se ela apelou porque ela não contribuiu absolutamente em nada com as minhas ações, em tese ilícita tanto quanto do Estado que usou do ilícito para chegar a mim como primeira ação, a escuta clandestina.

Responder

8
2


Celso da Silva - 18-11-2019 17:08:37

Quero aqui complementar: Na época, há 11 anos, o assédio sexual ainda que, com a devida Queixa o destino era a gaveta por conta do corporativismo, mas na corregedoria há procedimento a respeito. Parou depois que tive um partícular com o oficial e posteriormente aproveitou da oportunidade e a excluíram sem razão.

Responder

3
2


Filiado - 18-11-2019 06:32:57

Essa Rose só sabe atacar. Explique-se agora mulher!

Responder

3
8


Rosemar - 18-11-2019 02:57:06

Espero mesmo q ele esteja tomando providências, começando por responder a todos os requerimentos, q esse jornal tem conhecimento, pois nenhuma denúncia foi feita de forma leviana, mas pautada em documentos, diferente dele.

Responder

11
2


Célia Cristina - 17-11-2019 22:30:51

Sugiro que o site, verifique as acusações que esse.senhor vez, pois são inverídicas, e podem responder por isso. A servidora citada hoje é servidora pública e isso se dá justamente por ela ter uma conduta ilibada, caso contrário, jamais assumiria tal concurso, ao qual foi aprocada. No mínimo de um amadorismo juvenil. Rosemar está incomodando quem sera? + isso NÃO pára por aí, pois a justiça, ao qual ambos trabalham, pelo menos ela eu sei q trabalha, essa tarda, + não falha e não vai falhar pra amparar a amiga Rosemar, que conheço desde a infância, pois éramos vizinhas, e tudo se esclarecerá e esses covardes pagarão por essa insanodade q estão cometendo contra a Rosemar, Rose come é conhecida por muitos, aqui em Cáceres.

Responder

15
2


Rosemar - 18-11-2019 08:27:14

Obrigada Célia, mas tirando a nossa amizade , vc como diretora de um sindicato explica para este senhor como se faz gestão e como se presta contas, não é favor é obrigação . Creio q me atacar foi a única saída q encontrou para fugir de sua obrigação. E outra como um presidente macula a imagem de uma sindicalizada por cobrar ações, se um dos princípios do sindicato é proteger seus sindicalizados.

Responder

3
0


Célia Cristina - 18-11-2019 14:54:07

Convido todos os filiados ao Sinjusmat à entrarem no site do SISMA/MT, Sindicato dos servidores da saúde de MT, e vejam como são jeitas as nossas prestacoes de contas, assim podem fazer um comparativo com as prestações de conta, do sindicato de vcs. Estamos há 5 anos à frente do nosso sindicato, que vinha de uma gestão "calada", inoperante, não atuante no q condiz com as questões financeiras da entidade. Hoje fazemos as prestações trimestalmente, + com alimentação de planilha financeira, quase q mensalmente. Já construímos entregamos 2 subsedes sociais, uma em Rondonópolis e a outra, no último dia 09/11, aki em Cáceres, já participamos de manifestações em Brasilia, contra a ReformaTrabalhista, já fizemos o 1° Congresso do.Trbalhador dA saúde, Congressoesse finalista no prêmio do Inonasus, já ajudamos a pratrocinar o 8a Conferência Estadual de Saude/MT, fazemos anualmente as festas de confraternização dos filiados, nas 23 Unidades de saude e hospitas regionais, que temos representantes, ajudamos e patrocinamos eventos da saúde em todo o Estado de Mato Grosso, bem como eventos esportivos ,para incentivar a prática esportiva de nossos filiados e seu bem estar e vida saudável, enfim, nossa gestão está totalmente voltada ao filiado e defesa incondicional de seus difeitos comstitucionalmente adquiridos . Novamente, convido-vos a entrarem o nosso site e acompanhar não só nossas prestações de conta como tbm nossas lutas e ações. Obrigada

Responder

6
0


Paulinha - 17-11-2019 22:22:35

Sou sindicalizada e quero ver com o que tem sido gasto nosso investimento no Sinjusmat. Queremos a divulgação, a publicação DAS CONTAS DO SINJUSMAT JÁ!!! É um direito nosso saber com o que está sendo gasto nosso dinheiro.

Responder

12
1


Paulinha - 17-11-2019 22:13:52

Sou sindicalizada e quero ver com o que tem sido gasto nosso investimento no Sinjusmat. Queremos a divulgação, a publicação DAS CONTAS DO SINJYSMAT JÁ!!! É um direito nosso saber com o que está sendo gasto nosso dinheiro.

Responder

8
1


Fausto - 17-11-2019 21:22:45

Ja que informou na materia: "-ressaltou que os documentos estão a disposição dos filiados na sede do sindicato". Veremos amanha se esta a disposicao msm. Aguardem cenas dos proximos capitulos.

Responder

9
0


ROSE - 17-11-2019 19:41:47

Isso só me faz crer que AS PRESTAÇÕES DE CONTAS QUE NÃO FORAM FEITAS por esse Presidente de Sindicato, são mesmo CABELUDAS... Eu já tinha ouvido sobre essa história, mas sei que a Servidora Rosemar, de Cáceres, não era o alvo das investigações, à época (quase 10 anos atras) pelo contrário, e QUE FOI TOTALMENTE ABSOLVIDA DAS ACUSAÇÕES. E, convenhamos, como que ela teria ingressado posteriormente, como SERVIDORA EFETIVA (CONCURSADA) DO PODER JUDUCIÁRIO, se tivesse alguma acusação em seu nome??? Agora, vamos ver quem pode provar o quê, contra quem, daí teremos a VERDADE!! ALIÁS, SOBRE AS PRESTAÇÕES DE CONTAS NÃO FEITAS EU SEI QUE É VERDADE!! Basta ir no site do SINJUSMAT - Sindicato em que Rosenwal é Presidente e vcs não irão encontrar NADA lá... Pq fazer Edital de Assmebléia de Prestação de Contas, sem divulgação, e aprovar contas só com um documento assinado por um Conselho Fiscal de relações estreitas com o Presidente, não vale!! É preciso mostrar RECEITA e DESPESAS, no mínimo!! Né???

Responder

19
1


Beto - 17-11-2019 17:53:34

Aff que moral tem uma pessoa dessa pra criticar alguém... traficante!

Responder

2
23


Sevidor - 17-11-2019 19:51:13

Eu como servidor do TJMT conheço bem Rose... ela foi absolvida desse processo... mas será que o atual presidente do sindicato será absolvido da bomba que está pra explodir dele? Desafio o MP a abrir a caixa preta do Sinjusmat!

Responder

18
1


ROSE - 17-11-2019 23:06:56

Bem ridículo esse seu comentário, né, Betooo!? Fica aí assistindo o que acontece com caluniador que não presta contas do que faz e acusa os outros sem nenhuma responsabilidade, NO INTUITO DE MUDAR O FOCO DA CONVERSA!! Eu já sabia que esse tal Presidente aí é "desprovido de inteligência", mas agora ele ganhou medalha, hein!! kkkkkkk Vai vendo!! kkkkk

Responder

7
2


Rosemar - 18-11-2019 08:31:40

A moral q eu tenho é q contribuo mensalmente é tenho direito de saber onde está indo o meu dinheiro. E cuidado Beto , deveria pesquisar e certificar-,se antes de afirmar q seja traficante, pois vc respondera juntamente com p Rosenwal por isso, vc tem razão com a moral e imagem de alguém não se brinca, isso é muito sério. P jornal deveria ter tido o cuidado de checar as fontes antes de escrever algo tão grave de alguém. Mas já q está feito, vamos as responsabilizacoes, eu consigo provar minha conduta e o seu presidente consegue?? Veremos.

Responder

3
0


17 comentários

coluna popular
Blairo Maggi e Silval Barbosa
121 instituições foram contempladas
Parte será destinado à creche Irmã Hylda
Apostou a favor de Selma
Um mês e meio de férias

Últimas Notícias
14.12.2019 - 15:56
14.12.2019 - 12:28
14.12.2019 - 11:56
14.12.2019 - 10:40
14.12.2019 - 09:35




Informe Publicitário