UFMT sedia a IV Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019

GERAL Terça-feira, 15 de Outubro de 2019, 17h:03 | - A | + A




UFMT sedia a IV Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso


redacaomuvuca@gmail.com

Com o objetivo de debater e refletir sobre o protagonismo dos negros nas produções audiovisuais, inicia nesta quarta-feira (16), a IV Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso. A abertura do evento acontece às 18h30, com uma apresentação de capoeira e, em seguida, exibição de filmes. Com programação entre os dias 16 e 18, o evento será realizado no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Nesta edição, além das apresentações cinematográficas, a Mostra terá um “Debate sobre Temporada”, com integrantes do Coletivo Negro Universitário da UFMT e apresentações musicais com DJ Smile e Luísa Lamar.

“O evento é essencial para a região, pois temos pouquíssimos festivais e mostras de cinema em Mato Grosso. Uma mostra realizada com poucos recursos revela seu valor quando consegue reunir de 21 a 25 filmes em um mesmo espaço e de forma gratuita. E, além disso, é um incentivo para produzir, contar nossas histórias e tornar o audiovisual realmente democrático. Outro ponto é a visibilidade a essas obras. Cria-se uma janela de exibição, que se consolida. Tanto que tivemos 80 inscrições em 2018, e neste ano, foram 136”, afirmou um dos curadores da Mostra, Wuldson Marcelo.

De acordo com Wuldson, a Mostra é um momento para revelar a arte negra e a cultura do país, com diversidade artística e ampliação das vozes. “Há um documentário sobre capoeira, alguns sobre música. Tudo é matéria para o cinema. Outra questão, e não menos importante, é o entretenimento. A ideia é tornar a mostra ainda mais atrativa, convocando e reunindo novos públicos. A arte tem o poder do encontro, seja entre suas expressões ou entre pessoas”, disse.

A Mostra ainda terá o professor Celso Luiz Prudente como convidado especial. O docente tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia das Populações Afro-Brasileiras, e atua principalmente em temas como cinema, reconhecimento dos realizadores, cultura, cinema novo; negro e filme, cinema e poesia.

Toda a programação será gratuita. A Pró Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (PROCEV) emitirá um certificado com a carga horária de 10h aos participantes.

Confira a programação completa na página oficial do evento no Facebook 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários